Encontrada a mais velha tumba mexicana

Por , em 19.05.2010

Arqueólogos encontraram uma tumba de 2700 anos no sul do México. Como foi encontrada dentro de uma pirâmide mortuária, pode ser o mais velho “funeral” documentado naquela região da América.

A tumba continha um homem que, quando morreu, devia ter cerca de 50 anos. Ele foi enterrado com objetos valiosos (colares com pedras preciosas e vasos de cerâmica), então a suspeita é que ele tenha sido um nobre. Segundo os arqueólogos que fizeram a descoberta, o mexicano bateu as botas entre 700 e 500 antes de Cristo.

Segundo os especialistas, poderia ser a primeira vez em que uma pirâmide foi construída para servir de jazigo no México antigo. Normalmente, as pirâmides, por lá, serviam como templos, verdadeiras escadas para o paraíso.

A tumba foi encontrada em um sítio arqueológico em Chiapa de Corzo, 7 metros abaixo do pico de uma pirâmide.

Junto com o homem estavam enterrados uma criança de não mais que um ano de idade e um rapaz com cerca de 20 anos – especialistas acreditam que, talvez, eles tenham sido uma espécie de sacrifício, feito no funeral do nobre. [MSNBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

Deixe seu comentário!