Tumba brasileira tem ventilação, comida, TV e comunicação

Por , em 3.11.2008

Um brasileiro de Hidrolândia, Goiás, tem tanto medo de ser enterrado vivo que criou uma tumba com televisão e sistema de ventilação para evitar que o seu pior pesadelo vire realidade.

Ironicamente o homem que se chama Freud, 73, não consegue se livrar de sua fobia e diz que ser enterrado vivo é um pensamento que o atormenta constantemente e o tornou notícia recente no jornal estadunidense The Wall Street Journal.

A sua cripta também tem água corrente, alimentos e um sistema rudimentar de comunicação com tubos plásticos e “megafones” cônicos, caso ele precise pedir por socorro.

Freud é proprietário de um hotel fazenda e foi político na região onde mora. Ele sofre de uma condição rara chamada de tafofobia: o medo doentio de ser sepultado vivo: “Eu tenho terríveis, terríveis pesadelos em que tento cavar para sair debaixo da terra”, disse Freud.

Apesar da fobia do Sr. Freud ser exagerada, o medo de enterro prematuro é um dos mais comuns, com contos fantásticos sobre o assunto desde os tempos da Grécia antiga em que se dizia pessoas que se levantavam em seus próprios funerais. Com os avanços da ciência o risco de ser enterrado vivo é muito pequeno.

Freud não se lembra quando sua fobia começou. Esta já é a segunda tumba construida por ele que dão a possibilidade de escape. Ele já está trabalhando em um terceiro projeto, ainda mais avançado.

Mas o medo de Freud não evitou que ele se tornasse prefeito de Aparecida, uma cidade próxima, e tivesse o seu hotel-fazenda de 3 mil acres com várias atrações turísticas.

Equipes de televisão correram para a inauguração da sua última cripta, apesar de alguns repórteres irem embora bem menos animados: um repórter desmaiou depois de apenas alguns segundos na tumba. [The Wall Street Journal>]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

5 comentários

  • Bruna:

    Adorei o artigo.
    Tive a sorte de visitar lá pessoalmente.

  • André:

    Legal, César… fica muuuito mais sinistro um maluco andando o tempo todo com uma cápsula de cianureto na boca… (naturalmente, em caso de morte aparente, o cara não vai conseguir colocar a cápsula na boca, então só funciona se a cápsula estiver sempre lá…)

    Imagina, um cara com essa fobia resolve andar com uma cápsula de cianureto na boca o tempo todo… Aí ele conhece uma gata estonteante, rola um beijo selvagem…

  • adelço xavier de farias filho:

    cruz credo,ave maria,sai de tu nicolau…juventino cadê o céu?

  • César:

    É mais barato levar uma cápsula de cianureto na boca.

  • Kk:

    Ó outro que tem o mesmo medo que o teu!!!
    E repara bem no nome dele, hahahahaha…..

Deixe seu comentário!