Inteligência britânica usou receita de cupcake para enrolar terroristas que queriam construir bomba

Por , em 6.02.2019

Em 2011, membros da Al-Quaeda da península Árabe criaram uma revista online em inglês para recrutar novos terroristas. O nome da publicação era Inspire, e ela continha instruções para fazer bombas em casa. No final das contas, os leitores da revista acabaram inspirados para fazer cupcakes ao invés de bombas.

Antes da publicação do PDF de 67 páginas, as agências de inteligência dos Estados Unidos e do Reino Unido conseguiram colocar as mãos no material. Muitas discussões entre as duas agências aconteceram para tentar chegar a um acordo sobre o que fazer com o documento.

O primeiro plano do Comando Cyber dos EUA foi colocar vários vírus no PDF para atacar o computador de quem tentasse baixar a revista. O plano, porém, foi impedido pela CIA, que determinou que interferir na revista iria “expor fontes e métodos e atrapalhar fontes de inteligência importantes”, de acordo com The Telegraph.

Como o processo foi paralisado nos EUA, agentes do Reino Unido decidiram seguir em frente sozinhos. Com a ajuda de receitas maravilhosas de bolinhos.

Na época do lançamento da revista, o serviço secreto de inteligência MI6 e a agência de comunicação do governo hackearam os computadores que iriam distribuir o PDF e alteraram o texto. Eles removeram matérias sobre Osama bin Laden e deletaram uma reportagem chamada “O que esperar do Jihad”. Além disso, outros textos foram substituídos por códigos sem sentido.

Uma das matérias sabotadas se chamava “Faça uma bomba na cozinha da sua mãe”, que explicava como fazer uma bomba que continha açúcar como um de seus ingredientes. Essa matéria foi trocada por uma receita de cupcake chamada “Os melhores cupcakes dos Estados Unidos”, que originalmente vinha do site da Ellen DeGeneres.

A página continha receitas de cupcakes dos sabores mojito, rum e baunilha, além de caramelo e maçã. Nada mal.

Os editores da revista só perceberam a sabotagem duas semanas depois, e restauraram a versão original da revista.

Talvez teria sido mais eficiente sabotar a receita de bomba de forma mais discreta, alterando alguns materiais e proporções de forma que as “bombas” produzidas fossem inofensivas. Assim os editores da revista levariam ainda mais tempo para perceber a alteração.

Os agentes de inteligência também poderiam ter incluído algum ingrediente muito peculiar nas instruções, para poderem ficar de olho em quem comprou o ingrediente e investigar possíveis terroristas lobos solitários.

Revistas para todos os gostos

Caso você tenha achado estranha a ideia de uma organização terrorista investir em uma revista, saiba que há muitas outras publicações hiperespecializadas por aí, embora muito mais inofensivas que a Inspire. Confira lista:

Sheep!
Esta revista é especializada em carneiros. “A revista entrega matérias aprofundadas e informações factuais para tornar cada pastor mais sábio e mais capaz de criar um rebanho saudável e produtivo para lucro e satisfação”, diz a descrição da revista.

Girls and Corpses Magazine
Revista Garotas e Cadáveres. Esta é a primeira revista de comédia sobre a morte, fundada em 2002. É uma mistura de Playboy com filme de terror trash, e foi eleita a revista mais ridícula pelo Buzzfeed.

Fashion Doll Magazine
Já esta parece uma revista de moda comum, mas ao invés de trazer celebridades e modelos de pele e osso, tem bonecas tipo Barbie posando como se fossem pessoas. Entre os assuntos abordados nela estão a evolução de bonecas de colecionadores e acessórios de todos os tipos, como casas de boneca e roupinhas.

PRO: Portable Restroom Operator
O público-alvo desta revista é operadores de banheiros químicos. Ela anuncia novos produtos e dá orientações sobre como conseguir contratos com prefeituras. Ela até mostra modelos de banheiros portáteis de luxo, em formato de trailer.

Twin Magazine
Esta revista é especializada em gêmeos e existe desde 1984. Ela traz dicas para mães cuidarem de seus filhos e guias para adolescentes com irmãos gêmeos “sobreviverem ao ensino médio”.
[Forbes, Mental Floss, Mandatory]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (13 votos, média: 4,62 de 5)

Deixe seu comentário!