Formigas são mais espertas que crianças da quinta série?

Por , em 14.04.2011
Quando se trata de matemática, um novo estudo publicado na revista “Comportamento” sugere que as formigas são mais inteligentes do que muitas crianças de escola primária. Os testes mostram que os insetos têm propensão para a matemática e até podem realizar operações aritméticas simples.

“As formigas são mais inteligentes do que um aluno de quinta série, elas conseguem fazer cálculos!”, empolga-se Els van Egmond do editor da revista.

Para o estudos, os cientistas Zhanna Reznikova e Boris Ryabko pesquisaram em uma grande variedade de espécies diferentes sua capacidade de contar e realizar tarefas matemáticas básicas. Os pesquisadores afirmam que espécies de formigas conseguem comunicar informações sobre números para membros da colônia e também realizar operações aritméticas simples.

Reznikova, da Univesidade Estadual de Novosibirsk, Rússia, e Ryabko, do Universidade Estadual de Telecomunicações e Ciência da Computação da Sibéria têm estudado as habilidades matemática da formiga já há algum tempo.

Para algumas de suas experiências anteriores sobre as formigas, os pesquisadores montaram várias estruturas em forma de labiribto e esconderam comida em lugares específicos. Aqui estão alguns esboços mostrando como os objetos pareciam (Crédito: Zhanna Reznikova e Boris Ryabko).

Os experimentos foram feitos com o objetivo de impossibilitar a comunicação entre as formigas, não abrindo margem para elas deixarem uma trilha de cheiro para trás. “A fim de alertar outras formigas sobre a localização do alimento, os insetos provavelmente enviam mensagens informando seus companheiros não sobre o lugar exato da comida, mas sobre a distância ou o número de passos e assim por diante”, escrevem os cientistas.

“Mesmo que seja assim”, acrescentam, “isso mostra que formigas são capazes de utilizar valores quantitativos e passar informações sobre eles”. Outra pesquisa mostra que tanto formigas quanto abelhas executam tarefas de “abstração e extrapolação”, além de outras habilidades matemática, afirmam os investigadores.

As formigas, elas continuam, conseguem realizar operações aritméticas simples com números pequenos. “Acreditamos que aplicar ideias de teoria da informação e usar sistemas de comunicação natural dos animais altamente sociais pode abrir novos horizontes no estudo da cognição numérica”, defendem.

Os cientistas ainda destacam outros estudos que demonstraram as habilidades matemática de vários animais. Aves são normalmente áses na matemática. Pombos, corvos e os papagaios são particularmente bons em quebra-cabeças relacionados a números. Os primatas não-humanos, tais como os chimpanzés, são ok em matemática, mas perdem feio para as minúsculas formigas. Se ao menos pudéssemos usá-las para calcular nosso Imposto de Renda… [MSN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

10 comentários

  • Pedro Leopoldo Filho:

    Não duvido que possa existir algum ser evoluído de algum inseto,já à milhões de anos atrás viajando pelo espaço.

  • José Calasans:

    Nem quero estar aqui quando esses animais ganharem consciêcia dos poderes que possuem e declarar guerra contra os seres humanos.Ai o bicho vai pegar literamente!

  • Mario:

    os jovens da 5ª série de hoje só entendem de sexo até porque é o que se prega em nossos dias.

  • Aurélio:

    A reportagem está incompleta, pois menciona alguns esboços que não aparecem, talvez, só as formigam entendam da matéria…

  • anderea:

    a formiga é um animal incrível deviam fazer + pesquisas com elas um animal tão pequeno e tão organizado e inteligente é uma obra prima da natureza

  • rafel:

    eu rodei na quarta serie em matematica….

    • crys:

      olha,eu tambem rodei na quarta,e até hoje nâo sei fazer conta de dividir ,e olha q eu mecho e muito com contas no dia a dia.

  • Ezio Jose:

    O problema não está nas escolas públicas, está em quem espera milagres sem meter a mão no bolso. Em todos os lugares se não meter a mão no bolso não encontrará resultado nenhum e isto é devido não ao preço ouy qualidade e sim a auto-cobrança. Até nas Igrejas se não pagarmos ao Deus delas não obteremos nenhum uma Graça que não é nada de graça.
    Hoje temos dentro das salas de aulas celulares, walkmans, GPS e até notebook com os alunos. Istio tudo juntando à falta de interesse no objetivo que seria o ir para escola. Muitos vão às escolas com intuito de agrupar-se e não com de aprender. Essa educação começa na casa com os pais dando todo apoio à isto para depois cobrar de quem só tem a obrigação de complementar os estudos. Educação começa em casa e o aprendizado cultural e didático são nas escolas públicas ou não.
    Se o filho reprovar numa escola particular que faz de tudo e até vende a aprovação, esse pai irá transferir o filho para escola pública. Ou faz de tudo para ficar entre os engoamdinhos ou vai para a curva de rio continuar entre que não podem ser cobrados de forma nenhuma em suas atitudes, desempenhos, comportamentos, taxas ou qualquer coisas que a sociedade pode berrar com apoio das imprensas.

  • Daniel Iserhard:

    não sei vocês, mas na quinta série eu já fazia operações aritméticas há muito tempo

  • Eu:

    Se bem que não é tão difícil entender mais de matemática, do que certos alunos, de certas escolas públicas do nosso “glorioso” país.

Deixe seu comentário!