Foto: as “balas” de Órion

Por , em 13.01.2013

Viajando a centenas de quilômetros por segundo, “balas” (na verdade, densas nuvens de partículas, que aparecem em azul na imagem) atravessam a Nebulosa de Órion, localizada a cerca de 1,5 mil anos-luz da Terra. Cada uma tem, em média, dez vezes o tamanho da órbita de Plutão e foi “disparada” por estrelas em formação. Os rastros alaranjados (que têm cerca de 0,2 ano-luz) são resultados do choque entre as “balas” e as nuvens de hidrogênio da nebulosa.

A imagem (infravermelha) foi obtida com o telescópio Gemini South, localizado no Chile. Graças a um sistema óptico acoplado ao telescópio, os cientistas conseguiram capturar um retrato bastante nítido da região (cinco lasers serviram de guia para compensar as interferências da atmosfera terrestre).[NASA]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

4 comentários

  • Jacson Amaral:

    Linda imagem. Queria ter um telescópio para olhar o ceu de vez em quando.

  • Andre Luis:

    Querida nebulosa de Órion! Mesmo morando em uma cidade grande e poluída, ainda sim é possível observar bem este presente de Deus!

  • marcelo lied:

    Este site é um achado!!Por favor continuem, é tudo que eu sempre quiz na internet, dá pra se informar e se manter atualizado sobre as ultimas conquistas da ciência, parabens.
    Marcelo Jacob

  • Lucas Reis:

    Caraca, muito interessante isso, como a tecnologia está avançada para capturar 1,5 mil de anos luz da distância da terra!

Deixe seu comentário!