Google é a melhor empresa para trabalhar nos EUA

Por , em 23.01.2012

Parabéns ao chefe da Google, Larry Page, e seu cofundador, Sergey Brin, que, apesar de receberem ajuda para manter os negócios, levam o crédito pela empresa ser considerada a melhor para se trabalhar nos Estados Unidos, segundo a revista Fortune.

Desde o começo da Google, os fundadores dizem ter uma preocupação com a qualidade do trabalho, para criar o ambiente perfeito. O ar do local de trabalho compete com o de um hospital, e o prédio já passou por testes – incluindo de cheiro, é claro – para garantir que está livre de elementos químicos que possam ter impactos na saúde.

Você acha isso desnecessário? Bom, o artigo da Fortune cita os famosos “mimos” da Google, como comida, bebida e massagens gratuitas, mas não menciona o ar. Entretanto, o chefe da “Equipe Verde” da empresa, Anthony Ravitz, comenta que eles “estão pensando em efeitos de longo prazo na saúde. Como podemos estender a vida dos nossos empregados em 30 anos?”.

Nos treze anos da gigante das pesquisas, ela se tornou reconhecida pela ótima relação humana. A última vez que esteve no topo da lista das 100 Melhores Empresas para Trabalhar da revista foi em 2007. No ano passado, a SAS, da Carolina do Norte, ficou em primeiro.

Não há dúvidas que a Google têm vantagens substanciais: o novo terreno que é local de trabalho da companhia, comprado no ano passado, tem aproximadamente 13 mil quilômetros quadrados, com parques e campos atléticos, e ótimos carros que os Googlers podem pegar de graça.

Os especialistas dizem que o foco da Google é nas pessoas, e não nos bônus suplementares. Isso têm um efeito direto no ganho da empresa. O professor de administração Bob Sutton afirma que há evidência de que tratar bem os empregados acaba sendo vantajoso. “Existem grandes estudos que mostram, em média, que as companhias que tratam bem os empregados saem-se melhor na hora competição”, comenta.

Alguns observam que o sucesso da empresa é fruto maior da sua dominância mundial nas pesquisas, do que do tratamento adequado aos funcionários. Os benefícios clássicos da Google “são decorrentes do sucesso, assim como a causa”, comenta o analista de tecnologias Rob Enderle.

Ele diz que o fantástico ambiente de trabalho é uma poderosa arma para atrair os talentos do Vale do Silício americano, mas também pode se tornar um problema caso a economia obrigue a empresa a cancelá-los.

Os executivos da Google não veem dessa maneira. “O foco das pessoas está nas coisas brilhantes, como as massagens e a comida, que realmente são importantes para nós”, afirma o vice-presidente de operações para pessoas da Google, Laszlo Bock.

A história real contada pelos responsáveis da empresa é que a Google trata os empregados como os donos dela, possui uma ética de transparência que permite críticas e questões, e espera que os empregados sintam que têm impacto, tanto interno quando mundial. “E tudo isso é gratuito’, finaliza Bock. [MercuryNews]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

7 comentários

  • Flor de Lis:

    É… acho que já sei pra onde eu vou, pq aqui nesse ‘faroeste’ que é a minha terra é difícil arrumar emprego com o nepotismo desenfreado que reina aqui.

  • alx:

    Daqui a pouco eles acabam com o google, igual fez com o megaupload affffffff

  • eduardo:

    Esse assunto levanta uma questão interessante: por que as pessoas trabalham (aqui no Brasil)?
    Muitos responderiam: “pra ganhar dinheiro, é claro”.
    Outros diriam: “pra sobreviver”

    Mas apenas alguns pensariam em trabalhar em prol da qualidade de vida.

    Porque o intuito deveria ser esse: trabalhar pra melhorar a qualidade de vida.

    E, como podemos ver em vários casos, essa qualidade de vida não é provida por altos salários e/ou cargos importantes…

    Muitos acham que ser um rico empresário é sinônimo de viver bem… pode até ser. Mas de que vale poder comprar de tudo mas infelizmente não usufruir de boa saúde?

    Viver estressado, na pressão do dia-a-dia, muitas vezes com a corda no pescoço… tudo pra ter mais zeros em sua conta bancária…

    E há aqueles que sempre usam a frase: “ganho pouco, mas me divirto… sou feliz”…

    Ok. Mas, o que estou falando aqui não é sobre felicidade, e sim qualidade de vida… de que adianta ser feliz se não tem recursos pra se manter?

    E a Google parece conciliar esses dois extremos… não sei qnt um funcionário dessa empresa ganha, mas imagino que seja uma boa quantia…

    Bem que as empresas aqui no Brasil podiam se espelhar na Google……

  • Lulu:

    Quero um new job!

  • Jonatas:

    A metodologia do Google é o ápice de uma linha de tratamento funcional que as empresas grandes e médias do mundo vem adotando desde o surgimento do 5S. Simplesmente, melhor ambiente = funcionários satisfeitos = melhor produção e rendimentos.

  • Renys Kenys:

    Vou entregar meu currículo lá.

  • Angel:

    Já vi reportagens na tv de como os funcionários da Google são tratados, é impressionante. Eles tem tudo dentro da empresa, áreas para lazer, jogos, deve ser muito bom mesmo!
    E em todas as empresas, se os empregadores dão valor e cuidam do ambiente em que todos trabalham, o rendimento com certeza vai ser melhor, pois ele está diretamente relacionado com a satisfação dos empregados.

Deixe seu comentário!