Influência da internet: muitos termos da web entram no dicionário Chambers

Por , em 29.08.2011

A internet vem mostrando seu poder sobre a sociedade atual: quase um quarto das palavras adicionadas à nova edição do dicionário inglês Chambers tem origem na cultura web.

Termos como cloud (nuvem de armazenamento), paywall (pagar por conteúdo), e tweet (de Twitter, rede social) estão incluídos, uma clara indicação da influência da internet na língua.

A recessão econômica e a mudança climática também fazem suas marcas com termos como flexibilização quantitativa, tesouro nacional, duplo mergulho e compensação de carbono entre as 200 novas palavras e frases.

Entre as outras palavras ambientais a serem incluídas estão “upcycle”, a prática de transformar resíduos em produtos de maior valor, e “precycle”, evitar o desperdício comprando produtos com mínimo de embalagem.

Também há espaço para siglas, popularizadas por uso em e-mails e sites de redes sociais, como “OMG” (Oh My God, em português, “Oh Meu Deus”), e BFF (Best Friend Forever, em português, “Melhor Amigo Para Sempre”).

A 12ª edição da edição de volume único do dicionário Chambers (Chambers Dictionary), que foi publicado pela primeira vez em 1901, contém 620.000 palavras e definições.

Segundo o editor, as novas palavras são um prenúncio de uma onda “chique nerd”, uma agenda mais verde, e da maneira como a recessão moldou a forma como falamos hoje. Ainda assim, algumas expressões não “passaram no teste do tempo” e não entraram no dicionário, preservando um pouco a língua inglesa.[BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!