iPill: A pílula robótica da Philips

Por , em 11.11.2008

Além de ser a primeira (e única) grande marca a fabricar brinquedos sexuais, a Philips também é um dos maiores fabricantes de equipamentos hospitalares do mundo. Agora a empresa holandesa desenvolveu uma pílula inteligente que tem a capacidade de entregar o medicamento em áreas específicas do corpo.

A iPill possui bateria, comunicação por rádio, um reservatório para medicamentos e um microprocessador. Com um sensor de acidez ela consegue determinar a sua própria localização dentro do sistema digestivo e libera os medicamentos no local necessário.

Com a possibilidade de entregar os medicamentos em locais específicos do corpo as dosagens podem ser menores, assim como seria reduzidos os efeitos colaterais, segundo a Philips.

A iPill também pode detectar a temperatura interna do corpo e transmití-la a um receptor que fica fora do corpo do paciente. [Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • Ocaue:

    Nossa… brincadeira issu… para vai… quantu vai custar uma pilula.. fala serio.. e se esse treco der problema dentru da gente..? temos que chamar um tecnico em informatica? boxa.. alem do remedio.. tem a bateria.. e se vazar fluido..?prefiro tomar medicamento normal…

  • Karina Gabriela:

    Concordo, o tamanho é preocupante hahaha, mas a pílula é genial! Evita excesso de medicamentos e pode ajudar identificando áreas danificadas, até então, desconhecidas.

  • Renato Rodrigues:

    Cara, a dúvida é: qual o tamanho desse treco, pq já vi q ele não vai sair por onde entrou…=S
    auehauehuaheuahueaheuahueahea

Deixe seu comentário!