Mães felizes têm filhos mais felizes

Por , em 4.04.2011

Segundo um novo estudo feito no Reino Unido, crianças são mais felizes quando suas mães estão felizes. E a mesma relação não é tão forte em relação aos pais dos pequenos.

A descoberta foi baseada na análise de 6,441 mulheres, 5,384 homens e 1,268 crianças.

60% das crianças disseram estar felizes com a sua família – mas o número caía pra 55% quando a mãe das crianças não estava feliz também. Quando a mãe afirmava estar muito feliz, o número de crianças felizes aumenta para 73%.

Foram identificados, então, os ingredientes para a felicidade de uma criança:

  • Viver com o pai e com a mãe (biológicos ou adotivos)
  • Não ter irmãos mais novos
  • Não ter discussões regulares com os pais
  • Jantar pelo menos três vezes por semana com a família inteira
  • Ter uma mãe feliz

O relacionamento entre as mamães e papais também foi estudado: descobriu-se que, em geral, a qualidade do relacionamento declina mais rápido para as mulheres e que, em média, elas são menos felizes que os homens. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Marina Villanova:

    Só uma criança muito egoísta mesmo pode se sentir mais feliz por não ter um irmão!!!eu tenho cinco e me sentiria muito infeliz se fosse filha única e mais observo na minha filha mais velha como o amor pela irmã mais nova dela cresce a cada dia ela só tem 4 anos e se sente super amada e segura a coisa mais linda é ver o quanto elas se entendem se amam e se ajudam…foi péssima essa consideração acima !!!

  • ROSENIR MACIEL:

    Aff fiquei preocupada e discordo que rer irmãos mais novos deixa a criança infelia, eu sou uma mãe de sete filhos,por sinal muito feliz e os meus filhos os 7 são felizes e de bem com a vida, par nós tudo é motivo para festa.

    • Hibou Potter:

      Bom, eu era a irmã mas nova, até meu irmãozinho que agora tem 5 nascer, e eu era a mais “bajulada” por assim dizer, eu era a que sempre saia com a minha mãe e ganhava as coisas, minha irmã considerada do meio não gostava, apesar disso quando eramos pequenas brincávamos sempre juntas, agora que eu tenho 14 e ela quase 16 tudo se baseia em xingamentos, tapas e brigas. Eu amo meu irmãozinho mais novo e minha irmã também, parece que é o único “ser” que podemos amar.

  • cybergirl:

    “Não ter irmãos mais novos”, com certeza. Quem tem irmão mais novo sabe: tudo que o pestinha faz, não importa o que, é culpa do irmão mais velho que não tomou conta direito. Como se estivéssemos sendo pagos para sermos babás dos pirralhos. Levar bronca por safadeza alheia… assim não tem como ninguém ser feliz mesmo. Taí um erro que não repetirei com meus filhos.

Deixe seu comentário!