Mais fotos incríveis e imperdíveis do Concurso de Fotografia de Viajantes da National Geographic

Por , em 23.06.2013

Lembra do 25º Concurso de Fotografia de Viajantes da National Geographic (25th National Geographic Traveler Photo Contest)? Nós já publicamos algumas das fotos que foram enviadas por participantes ao concurso anual da revista National Geographic aqui.

A competição ainda está em aberto – fotografias podem ser enviadas até o dia 30 de junho. E tem tanta imagem incrível, que não pudemos deixar de compartilhar mais algumas com vocês.

Elas são das diferentes categorias do concurso, como retratos de viagens, cenas ao ar livre, sentido do lugar e momentos espontâneos. O vencedor do primeiro lugar ganhará uma expedição à Galápagos de 10 dias para dois.

A fim de escolher o ganhador, o júri se reunirá para duas rodadas de julgamento: 10 candidatos serão selecionados na primeira, com o vencedor final sendo anunciado após a segunda rodada. Todos os trabalhos inscritos serão julgados pela criatividade e qualidade fotográfica. Os vencedores serão anunciados no dia ou em torno de 31 de julho, de modo que o suspense não vai se prolongar muito.

Já tirou uma foto de viagem bonita e quer participar? Corre! “Aproveite o poder da fotografia e compartilhe suas experiências de viagens por todo o mundo conosco”, convidam os organizadores do concurso.

Confira algumas das imagens da galeria de inscrições dos participantes:[BoredPanda]

O poder dos cavalos Crioulos na Cabanha Ipuã, localizada no Paraná, Brasil. O crioulo é o cavalo nativo do Uruguai (1910), Argentina (1918), Brasil (1932) e do Paraguai. Tem uma das melhores resistências entre qualquer raça de cavalo no mundo, ao lado da raça árabe (Foto: Chris Schmid)

O poder dos cavalos Crioulos na Cabanha Ipuã, localizada no Paraná, Brasil. O crioulo é o cavalo nativo do Uruguai (1910), Argentina (1918), Brasil (1932) e do Paraguai. Tem uma das melhores resistências entre qualquer raça de cavalo no mundo, ao lado da raça árabe (Foto: Chris Schmid)

Uma mosca pousa na cabeça de uma cobra da família Colubridae em Choco, na Colômbia (Foto: Robin Moore)

Uma mosca pousa na cabeça de uma cobra da família Colubridae em Choco, na Colômbia (Foto: Robin Moore)

Dois periquitos-de-cabeça-vermelha posando para a câmera. Vistos perto de Cuzco, no Peru (Foto: Dirk Kanz)

Dois periquitos-de-cabeça-vermelha posando para a câmera. Vistos perto de Cuzco, no Peru (Foto: Dirk Kanz)

Durante o meu trabalho voluntário no Centro de Vida Selvagem em Limbe, Camarões, em um santuário para primatas, um chimpanzé mostrou interesse por mim (Foto: Suzanne van Dalsen)

Durante o meu trabalho voluntário no Centro de Vida Selvagem em Limbe, Camarões, em um santuário para primatas, um chimpanzé mostrou interesse por mim (Foto: Suzanne van Dalsen)

[O camaleão] É um animal doméstico de um menino pequeno (Foto: Ondrej Zaruba)

[O camaleão] É um animal doméstico de um menino pequeno (Foto: Ondrej Zaruba)

Uma foca repousa, mesmo que apenas por um momento, em seu poderoso reino (Foto: Ralph Pace)

Uma foca repousa, mesmo que apenas por um momento, em seu poderoso reino (Foto: Ralph Pace)

O macaco-prego é um verdadeiro “demônio” no parque Hacienda Napoles. Come lixo, abre torneiras e rouba comida dos visitantes (Foto: Guillermo Ossa)

O macaco-prego é um verdadeiro “demônio” no parque Hacienda Napoles. Come lixo, abre torneiras e rouba comida dos visitantes (Foto: Guillermo Ossa)

Carará com um peixe fresco. Cararás mergulham embaixo d’água e caçam peixes que espetam com seu bico afiado (Foto: Alexander Poellinger)

Carará com um peixe fresco. Cararás mergulham embaixo d’água e caçam peixes que espetam com seu bico afiado (Foto: Alexander Poellinger)

Dois pinguins-gentoo recém-nascidos têm seu primeiro vislumbre da selvageria da Antártida (Foto: Richard Sidey)

Dois pinguins-gentoo recém-nascidos têm seu primeiro vislumbre da selvageria da Antártida (Foto: Richard Sidey)

Tirei esta fotografia perto do vertedouro de uma barragem em um lago da Jordânia logo após a águia-pescadora voltar para a minha área na temporada de 2013. No início da primavera, você pode encontrá-las pescando na barragem. Eu amo fotografar vida selvagem, mas qualquer tipo de ave rapina tem um lugar especial no meu coração (Foto: Brad Lenear)

Tirei esta fotografia perto do vertedouro de uma barragem em um lago da Jordânia logo após a águia-pescadora voltar para a minha área na temporada de 2013. No início da primavera, você pode encontrá-las pescando na barragem. Eu amo fotografar vida selvagem, mas qualquer tipo de ave rapina tem um lugar especial no meu coração (Foto: Brad Lenear)

Tenho visto jacarés e tartarugas em lagoas juntos antes, mas nunca como estes! Eu estava em Bluebill Pond em Harris Neck National Wildlife Refuge (EUA) quando eu vi o que achei que fosse um jacaré tomando sol em um toco. Quando cheguei mais perto, percebi que ele estava empoleirado nas costas de uma tartaruga! (Foto: Mary Ellen Urbanski)

Tenho visto jacarés e tartarugas em lagoas juntos antes, mas nunca como estes! Eu estava em Bluebill Pond em Harris Neck National Wildlife Refuge (EUA) quando eu vi o que achei que fosse um jacaré tomando sol em um toco. Quando cheguei mais perto, percebi que ele estava empoleirado nas costas de uma tartaruga! (Foto: Mary Ellen Urbanski)

Um morcego jovem e sua mãe (Foto: Gilad Guy)

Um morcego jovem e sua mãe (Foto: Gilad Guy)

"Puxa Louise... Esses biscoitos estavam gostosos" [disse o canguru] (Foto: Graham McGeorge)

“Puxa Louise… Esses biscoitos estavam gostosos” [disse o canguru] (Foto: Graham McGeorge)

Eu passei os últimos quatro anos e meio no deserto de Kalahari capturando vida selvagem e estou atualmente com um projeto para capturar a vida noturna. Coloquei uma câmera escondida dentro de uma colônia (monte) de cupim para tentar capturar interessantes close-ups. Todas as configurações eram manuais e eu pré-foquei a câmera e acionei-a com um controle remoto. Aqui os dois machos orgulhosos da região sul inspecionam um dos montes. Eu sempre quis ter uma chance de ver as coisas do ponto de vista da presa (Foto: Hannes Lochner)

Eu passei os últimos quatro anos e meio no deserto de Kalahari capturando vida selvagem e estou atualmente com um projeto para capturar a vida noturna. Coloquei uma câmera escondida dentro de uma colônia (monte) de cupim para tentar capturar interessantes close-ups. Todas as configurações eram manuais e eu pré-foquei a câmera e acionei-a com um controle remoto. Aqui os dois machos orgulhosos da região sul inspecionam um dos montes. Eu sempre quis ter uma chance de ver as coisas do ponto de vista da presa (Foto: Hannes Lochner)

Uma gazela de um só chifre olha para cima no momento certo na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia (Foto: Kellie Reifstenzel)

Uma gazela de um só chifre olha para cima no momento certo na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia (Foto: Kellie Reifstenzel)

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • reginia maria da silva:

    Estão de parabéns são fantásticas.

  • Guilherme Ferreira:

    Cara…Fotos de Vida Selvagem são muito perfeitas!

    Essa da foca parece ilustração em CG. Incrível!

Deixe seu comentário!