Melhor emprego do mundo: sortudo ganha mais de R$ 200 mil para se divertir e viajar

Por , em 10.04.2014

Conforme você senta em um escritório chato fazendo coisas chatas, pensa consigo mesmo: “se apenas houvesse um emprego em que eu fosse bem pago para me divertir e viajar por aí…”.

A boa notícia: ele existe. A má: ele não é o seu emprego, e sim o de Andrew Smith, americano sortudo nomeado “Chefe da Diversão” do estado de New South Wales, na Austrália.

article-2596752-1CCE307100000578-76_964x642

Como Andrew conseguiu o melhor emprego do mundo? Vencendo um concurso australiano que daria a uma pessoa extremamente feliz o direito de promover New South Wales como o destino de viagem ideal para os jovens.

Esse trabalho de seis meses paga US$ 93.000 (cerca de R$ 204 mil, no câmbio atual), e tudo o que a pessoa tem que fazer em troca desse dinheiro é viajar ao redor do estado fazendo coisas interessantes todos os dias. Um sacrifício, não é mesmo?

article-2596752-1CCE2FE900000578-281_964x642

O desafio de Andrew (se é que existe um desafio de verdade) é mostrar como os viajantes podem curtir a Austrália através de nada mais, nada menos do que 802.000 momentos de diversão em seis meses – o total de um momento divertido para cada quilômetro quadrado de New South Wales. Então, em um dia típico, Smith pode ser encontrado fazendo paraquedismo, conversando com skatistas famosos, fazendo rapel em montanhas espetaculares, e outras coisas do gênero.

Destination-NSW-Chief-Funster-sky-diving-in-Wollongong

O “emprego” começou em meados de dezembro do ano passado. Até agora, Smith já passou por mais da metade do número de momentos divertidos necessários – 480.000, para ser mais precisa, incluindo deslizar em um toboágua de 91 metros e tirar foto com 18.000 imitadores de Elvis no Parkes Elvis Festival.

Funster-Experiment4

“Minha agenda até o final de junho é cheia de grandes eventos e experiências”, conta o coitado. “Eu vou subir a Ponte do Porto de Sydney, nadar com golfinhos em Port Stevens, assistir a estreia mundial do Strictly Ballroom: The Musical, e fazer parte do muito antecipado Vivid Sydney Festival”. Dá até dó.

Sandra Chipchase, que coordena o turismo de New South Wales, não está admirada com o “progresso” de Smith no seu cargo oficial. “Atingir o ponto médio bem antes do previsto em seu desafio para encontrar 802.000 momentos de diversão é uma grande conquista. Mas não é nenhuma surpresa dado o enorme volume e variedade de experiências incríveis em oferta em todo o estado”, afirma.

article-2596752-1CCE2F1600000578-315_964x642

O objetivo de Sandra e do estado australiano está sendo atingido, inclusive, já que pessoas de todo o mundo interagem diariamente com Andrew via mídias sociais, e muitas já compartilharam seu desejo de seguir o exemplo do americano e viajar para a Austrália, com base nas histórias divertidas que ele mostra em Sydney e seus arredores todos os dias.

Eu já acho que ele parece cansado, até mesmo esgotado com tanto trabalho que está realizando. Esse sorriso enorme pode ser só um disfarce, não? [OddityCentral]

article-2596752-1CCE306900000578-85_964x642

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

Deixe seu comentário!