Mercado tira todos os produtos estrangeiros das prateleiras para protestar contra xenofobia; veja o resultado

A situação na Europa não anda muito simples desde o início dos atentados do Estado Islâmico e com a chegada de milhares de refugiados sírios desde 2011. Enquanto muitos cidadãos recebem os refugiados da guerra de braços abertos, outros deixam bem claro que querem fechar o país para o que é de fora.

Para protestar contra a xenofobia, o mercado Edeka da cidade de Hamburgo (Alemanha) surpreendeu seus clientes com um protesto criativo: todos os produtos fabricados fora da Alemanha foram retirados da loja, e o resultado foi um punhado de produtos solitários nas prateleiras.

A ação surpreendeu os clientes, que não sabiam o que estava acontecendo. Alguns acharam que a empresa havia tido problemas com o abastecimento do estoque, mas placas espalhadas pela loja explicavam o que estava acontecendo. “Muito vazia é uma prateleira sem estrangeiros”, dizia uma placa perto do balcão de frios. “Essa prateleira é muito chata sem diversidade”, dizia outra.

O mercado vendeu apenas produtos fabricados na Alemanha por um dia inteiro para chamar atenção para a diversidade racial no país. Como resultado, não havia azeitonas gregas, tomates espanhóis e muitos outros produtos.

“Edeka luta pela diversidade, e produzimos uma grande variedade de alimentos em nossas fábricas, que estão em diferentes regiões da Alemanha. Mas é junto com produtos de outros países que criamos a diversidade única que nossos clientes valorizam”, explicou um porta-voz da empresa.

Se a mesma ação fosse tomada em um supermercado brasileiro, talvez não sentíssemos tanta falta de alimentos como carnes e vegetais, já que nosso país é agrário. Mas os produtos industrializados costumam ser importados, como cosméticos e produtos de higiene. Entre os alimentos, quase todo o salmão consumido no Brasil é criado no Chile, assim como as azeitonas e azeites, que em sua maioria são produzidas na Europa. [Bored Panda]

Veja como o mercado ficou:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (23 votos, média: 4,35 de 5)
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta