Mergulhando com os tubarões

Por , em 26.01.2014

Especial de Férias – Mergulhando com os tubarões

Se você quiser praticar mergulho autônomo num aquário infestado de tubarões basta visitar o Aquário da cidade de Natal no Rio Grande do Norte. Aliás, o maior aquário do nordeste, situado no bairro de Redinha, litoral norte de Natal.

aquario_de_natal_RN_01_flickr_rosmf
Praia de Redinha (Natal -RN)

Praia de Redinha (Natal -RN)

Além de aquário, o acervo conta também com um pequeno zoológico, onde micos dourados, jacarés, iguanas (só para citar alguns)  e até pinguins disputam a atenção dos visitantes.

aquario_de_natal_RN_03_flickr_rosmf

aquario_de_natal_RN_flickr_nleote_01

A visita é acompanhada por monitores que discorrem sobre os hábitos e características das mais de 60 espécies diferentes que compõe o acervo, além de destacar a sua importância na delicada teia de relações que sustenta a vida em nosso planeta.

aquario_de_natal_RN_01_flickr_blaukat aquario_de_natal_RN_02_flickr_rosmf

aquario_de_natal_RN_flickr_david_ludugerio_01 aquario_de_natal_RN_flickr_nleote_02 aquario_de_natal_RN_flickr_nleote_03 aquario_de_natal_RN_flickr_thiago_pedrosa_01

No entanto,  o ponto alto da visitação está nos aquários de tubarões.

aquario_de_natal_RN_flickr_valdira_rosa_01

É possível interagir com os espécimes em exposição.

Numa experiência direta aberta a todo o público é possível tocar nos tubarões que estão em piscinas rasas; tudo sempre orientado pelos monitores e com a maior segurança.

E para quem quiser radicalizar esse envolvimento sensorial é possível o mergulho com cilindro  (scuba diving) – uma aventura subaquática realizada em um aquário de 3 metros de profundidade — que obviamente está infestado de tubarões.

aquario_de_natal_RN__mustafa_ali_kanso_02 aquario_de_natal_RN__mustafa_ali_kanso_03 aquario_de_natal_RN__mustafa_ali_kanso_04 aquario_de_natal_RN__mustafa_ali_kanso_05 aquario_de_natal_RN__mustafa_ali_kanso_06

Sem dúvida, uma experiência única.

O acompanhamento dessa imersão sensorial (e literal)  é feito por um profissional do centro de mergulho Natal Divers e se dá seguindo à risca todas as normas de segurança – tanto para o mergulhador quanto para os espécimes em exposição.

Segundo Nilda Duarte, supervisora da Natal Divers, a experiência com a fauna marinha possibilita aos jovens de todas as idades a descoberta de algo muito simples — que é o “encantamento pela natureza”.

Só assim poderemos falar com realidade sobre o desenvolvimento de uma verdadeira consciência ambiental.

“É preciso amar para defender;  e para amar é preciso conhecer. Ninguém ama aquilo que não conhece”.

SERVIÇO

Aquário Natal:

Av. Litorânea, 1091 – Praia da Redinha.
Natal / RN   +55 (84) 3224-2177

Aberto diariamente das 8h às 18h.

Informações sobre mergulho: info@nataldivers.com.br

Telefones:  +55 (84) 9841-0223   /  +55 (84)9653-5642

-o-

[ Imagens: Juliana Salloum, rosmf, David Ludugério, Thiago Pedrosa, nleote, blaukat, Valdira Rosa e Daniel Pádua]

[Leia os outros artigos de Mustafá Ali Kanso]

LEIA SOBRE O LIVRO A COR DA TEMPESTADE do autor deste artigo

À VENDA NAS LIVRARIAS CURITIBA E ARTE & LETRA

Navegando entre a literatura fantástica e a ficção especulativa Mustafá Ali Kanso, nesse seu novo livro “A Cor da Tempestade” premia o leitor com contos vigorosos onde o elemento de suspense e os finais surpreendentes concorrem com a linguagem poética repleta de lirismo que, ao mesmo tempo que encanta, comove.

Seus contos “Herdeiros dos Ventos” e “Uma carta para Guinevere” foram, em 2010, tópicos de abordagem literária do tema “Love and its Disorders” no “4th International Congress of Fundamental Psychopathology.”

Foi premiado com o primeiro lugar no Concurso Nacional de Contos da Scarium Megazine (Rio de Janeiro, 2004) pelo conto Propriedade Intelectual e com o sexto lugar pelo conto Singularis Verita.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • Ademir Ramos Martins Munhoz:

    Se for esses tubarões das fotos não tem perigo nenhum, são tubarões de fundo e não fazem mal pra ninguém, tem que tomar cuidado é com a moréia.

  • Thayla Ramon:

    Para mim, aquários e zoológicos são lugares deprimentes… É um absurdo que aceitemos ter animais enjaulados com o objetivo de entreter seres humanos mesquinhos….

    • Marcelo Ribeiro:

      Muitos animais de zoológicos e aquários são resgatados, como já vi muitas vezes ocorrer. Diversos não tem capacidade física de sobreviver no habitat natural e isto é um trabalho louvável. Fora estes casos a maioria é criada especificamente para este fim e não são retirados da natureza. O trabalho de zoológicos é educacional e fascinante. Desperta a curiosidade infantil e até dos adultos e o interesse pela biologia.

      Mas entendo que o melhor modelo seria o tipo Safári onde os bichos tem mais espaço e não ficam enjaulados. Mas não é realista.

Deixe seu comentário!