Mesmo pressão arterial ligeiramente elevada pode aumentar risco de derrame

Por , em 9.10.2011

Segundo um novo estudo, muito mais pessoas podem estar em risco de ter um derrame do que se pensava anteriormente.

Isso porque pressão arterial alta, ou hipertensão, está entre os fatores de risco mais importantes para derrame, e pessoas de meia idade com pressão arterial apenas ligeiramente acima do normal – uma condição conhecida como pré-hipertensão – têm 68% mais probabilidade de ter um acidente vascular cerebral do que aqueles com pressão arterial normal.

“Isso mostra que a pré-hipertensão não é uma condição benigna”, diz John Bisognano, professor de cardiologia que não estava envolvido no estudo. “A elevação suave da pressão arterial é um grande problema”, afirma.

Os cientistas reuniram e analisaram dados de 12 estudos publicados anteriormente. Esses estudos, que remontam a 2003, incluíram cerca de 500.000 pacientes nos Estados Unidos, China, Japão e Índia.

A hipertensão é definida como pressão arterial sistólica de pelo menos 140 milímetros de mercúrio (mm Hg) e pressão arterial diastólica de pelo menos 90 mm Hg. Sistólica e diastólica são os números superior e inferior, respectivamente, em uma leitura de pressão arterial.

Pessoas com pressão sistólica entre 120 e 139 mm Hg ou pressão diastólica entre 80 e 89 mm Hg se encaixam na categoria de pré-hipertensão. Aproximadamente 31% dos adultos nos Estados Unidos se enquadram nesta categoria.

No entanto, os médicos dizem que não é absolutamente necessário recomendar tratamento com drogas em pessoas pré-hipertensas.

Para reduzir o risco de acidente vascular cerebral (entre outros problemas de saúde), as pessoas com pré-hipertensão devem baixar sua pressão arterial perdendo peso, reduzindo a ingestão de sódio, e fazendo outras mudanças de estilo de vida saudável.

Além disso, a ligação entre pré-hipertensão e derrame se aplicou apenas a adultos com idade inferior a 65 anos. Quando os pesquisadores incluíram idosos em sua análise, o risco global de derrame associado com pré-hipertensão caiu para 55%.

Os pesquisadores acreditam que isso é porque a idade é um indicador tão forte de acidente vascular cerebral que é associado com muitos fatores de risco além da pressão arterial.[Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • Daniel Soares:

    Hahahaha
    Achei que esse site iria dizer que faz bem ser pré hipertenso, pois os caras gostam de ir na contramão rsrsrs

    Brincadeiras a parte, faço das minhas palavras as palavras da Natália Soares!

  • Natália Soares:

    Gostei muito do artigo sobre pressão arterial elevada. Todas as pessoas deveriam-se preocupar com isso e medir mais vezes a tensão para evitar alguns problemas desagradáveis.

  • milla:

    gostei desse artigo…

  • Roberto:

    Notas como esta somente serve para agoniar os hipertensos, pois, como se sabe, não existe medicamento no mundo capaz de dar ao paciente a certeza de controle de sua pressão arterial. Para que alarmar aqueles já acometidos pela doença, se nada podemos fazer para minimizar seu problema????? A não ser que sejamos simplesmente sádicos e queiramos torturá-los ao limite.

  • ULISSES:

    SERIA MUITO IMPORTANTE QUE TODAS AS PESSOAS, SE PREOCUPASSEM EM MEDIR A PRESSÃO ARTERIAL, PELO MENOS DUAS VEZES POR ANO,INDEPENDENTE DE IDADE OU DE ESTAR SENTINDO ALGUM SINTOMA.

Deixe seu comentário!