Não me lave: uma efêmera e peculiar forma de arte empoeirada

Por , em 28.11.2013

Scott Wade tem sido chamado de “da Vinci da poeira” e “Michelangelo de lama”, mas ele prefere o título de “Artista do carro sujo”. Como qualquer ser humano razoavelmente criativo e talentoso, ele não consegue resistir àquela janela de trás imunda que vemos em diversos carros. Depois de anos de experimentação, ele aperfeiçoou as técnicas que usa agora para transformar carros sujos em galerias de arte móveis. O seu trabalho completo pode ser conferido no site Dirty Car Art.

Em junho de 2010, ele fez a primeira demonstração de seu trabalho na vitrine em uma loja de Vancouver, no Canadá. Já em agosto do mesmo ano, ele voou para Istambul, na Turquia, e fez uma demonstração durante um evento do Istanbul Cevahir, o maior shopping center de toda a Europa. Depois das duas participações grandiosas, Wade tem viajado pelos Estados Unidos fazendo exposições e divulgando sua arte. Incrível, não? [Around The World]

087_withcrowd AOAA_Donny 090_car1 077_escape_m-575x363 076_escape_d-575x363 049_bov-575x276 OLYMPUS DIGITAL CAMERA 057_pig OLYMPUS DIGITAL CAMERA 075_escape_b-575x363 018_fin_peak-575x294 001_mlsn_peak-575x239 OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • Carla Cristina:

    uau nossa as paisagens ficarão lindas faz qualquer um colocar um banquinho sentar e ficar parado meio que ipnótizado muito lindo mesmo

  • XAM:

    Incrível…

  • Tigre:

    Enquanto isso nós apenas escrevemos “Me lave” ou, no máximo, desenhamos um boneco palito. Talento e habilidade são coisas que permitem obter a beleza de coisas comuns.

Deixe seu comentário!