No futuro, você poderá apagar suas memórias ruins

Por , em 4.11.2010

Se você teve uma noite horrível ontem, da qual gostaria de esquecer, não se preocupe. Em breve, você poderá. Recentemente, pesquisadores descobriram que, ao remover uma proteína específica em uma parte específica do cérebro, eles podem apagar permanentemente as memórias traumáticas em um nível molecular.

Os cientistas da Universidade John Hopkins já conseguiram apagar memórias traumáticas do cérebro de ratos. A equipe usou sons altos e repentinos para assustar os ratos, e descobriu que a amígdala, a parte do cérebro conhecida por causar o que se chama de “condição de medo”, mostrou a maior atividade durante o experimento.

Quando ocorre um evento traumático, a amígdala cria uma memória de medo que pode durar uma vida inteira e ter um efeito debilitante sobre a vida de uma pessoa. Os cientistas também examinaram as proteínas nas células nervosas e encontraram um aumento na quantidade de proteínas cálcio-permeáveis.

As proteínas eram excepcionalmente instáveis e removíveis nas células nervosas. Os pesquisadores acreditam que, através da remoção das proteínas e do consequente enfraquecimento das conexões no cérebro, criadas pelo trauma, eles poderiam apagar a memória ruim.

Agora, o próximo passo dos pesquisadores é desenvolver uma droga que também funcione em seres humanos, já que a descoberta descreve os mecanismos celulares e moleculares envolvidos neste processo e levanta a possibilidade de manipular tais mecanismos com remédios que melhorem a terapia comportamental para condições como o transtorno de estresse pós-traumático.

Segundo os pesquisadores, apesar de soar como ficção científica, o medicamento pode um dia ser aplicado para o tratamento de memórias debilitantes e de medo nas pessoas, como a síndrome de estresse pós-traumático associada com guerra, estupro e outros eventos. [DailyTech]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

14 comentários

  • Alessandra Consiglio:

    O filme “Eterno Brilho de Uma Mente sem Lembranças” com o Jim Carrey aborda esse assunto, e de uma maneira interessante mostra os efeitos do “apagão” no indivíduo.

  • gui@barbosa.com:

    queria esquecer que o lhc pode destruir a TÉRRA 8=(

  • Denis:

    Vendo o que o Ash falou.. é um assunto bem delicado. Porém, apagar a memória vai além do que vc entendeu. Essas pessoas, na verdade, vão escolher entre apagar ou não, logo, o assunto dos danos físicos fica pendente.
    Do ponto de vista geral, é totalmente absurdo apagar as memórias, pois até com os assaltos, nós aprendemos.

  • Amanda:

    Eu concordo com o que o Ash disse.Os danos psicológicos vão sumir.Mas falta concertar os danos físicos.Pensam que um estupro é algo que não estraga o corpo feminino?Eles não fazem isso com delicadeza e nem pedem.Eles batem esfaqueiam,além de causar danos nas partes íntimas.Que vão prejudicar a vida sexual dessa mulher!
    Não sejam ingênuos,porque a informação existe.Apenas o maldito povão que tem preguiça de pesquisar.

  • fabio:

    haeuhaehuaehaehaehaehuahuahae
    essa do sao paulinos foi engraçadaa!!!
    uheahaeuhahaaehhaeea

    mais de 3 anos…
    sao fregueses!!!

  • Fassoni:

    Legal. Podia dar para os saopaulinos… assim eles esqueceriam que faz mais de 3 anos que não ganham do Corinthians!

  • kaluzoku:

    mano eh ruim ate certo ponto… precisamos da memorias ruins para aprender
    mas nao aquelas que prejudicam mais ainda a nossa vida…
    vc n gostaria de lembrar de um assalto… por exemplo
    isso vai ajudar muito.

  • In_silence:

    Idiotisse,o ser humano precisa ter memórias ruins para adquirir sabedoria.

  • JCampos:

    Seria bom, mas mexer com cerebro é perigoso!!!

  • Ninja:

    Isso dá até pra reescrever uma personalidade. Pegue um psicopata e apague tudo dele, na outra semana ele vira até monge.

  • Júnior:

    Lembrem e vejam o sensacional filme: “Brilho Eterno de Uma Mente sem Lembranças”.

  • eduardo:

    Eu, ao contrátio, queria uma droga q me fizesse lembrar de tudo… passaria mole mole nos concursos públicos…..

  • lucas:

    Sim, mas o fato é que já há possibilidade, o que torna possivel ela esquecer o que aconteceu. Se você soubesse o que é uma mulher ser extuprada você entenderia. O problema psicologico que isso causa é muito grande mesmo.
    Sem falar que isso possibilita a exclusão de cenas que as pessoas nao queiram lembrar, acredite isso, com certeza, é muito bom.

  • Ash:

    Mesmo que apaguem a mente de uma mulher estuprada,falta reconstruir os danos causados nela fisicamente.

Deixe seu comentário!