Cirurgia bariátrica tem técnica inovadora não tem incisões

Por , em 26.08.2008
cirurgia bariátrica sem incisões

Um método inovador cirurgia bariátrica não usa incisões teve o seu primeiro paciente na sua fase de testes clínicos em New York, EUA.

Os médicos Marc Bessler e Daniel Davis fizeram a cirurgia do Procedimento TOGA (acrônimo para gastroplastia transoral) que, como outros procedimentos contra a obesidade, têm o objetivo de alterar a anatomia do estômago do paciente para dar a impressão de saciedade com uma pequena refeição. O grande diferencial é que o TOGA é feito por endoscópios com instrumentos especializados que operam através da boca sem qualquer incisão.

Cirurgia bariátrica tem técnica inovadora não tem incisões

“Esta nova cirurgia é uma opção estimulante para pacientes severamente obesos que não respondem à dieta, exercícios e terapia com drogas [remédios para emagrecer]. Nós esperamos mostrar que, como outras operações de emagrecimento, o procedimento TOGA os ajudará a perder peso e melhorar sua saúde”, disse o Dr. Marc, o investigador principal e diretor do Centro para Cirurgia de Obesidade do Hospital NewYork-Presbyterian/Columbia. Ele também é professor assistente de cirurgia na Universidade de Columbia.

No novo procedimento emagrecedor o cirurgião insere uma variedade de dispositivos de grampeamento flexíveis através da boca até o estômago e os usa para criar uma bolsa restritiva que tem o objetivo de capturar a comida que entra no estômago, dando aos pacientes a sensação de saciedade depois de uma pequena refeição.

“Os benefícios da abordagem endoscópica são menos dor, recuperação mais rápida, diminuição da estadia no hospital e redução de complicações e cicatrizes”, disse o co-investigador, Dr. Daniel cirurgião do mesmo hospital e também professor da Universidade de Columbia. “O TOGA certamente será uma opção para pacientes que não podem ou não querem submeter-se a cirurgias mais invasivas.”

Um estudo piloto descobriu que os pacientes que recebem o procedimento TOGA perderam mais de um terço do excesso de peso corporal. Depois de um ano a perda de peso estava, em media, em quase 40%.

No estudo atual dois de cada três pacientes receberão o procedimento TOGA e o terceiro receberá um tratamento de controle similar ao TOGA, mas sem criar a bolsa no estômago. Trata-se de uma cirurgia placebo com o objetivo de avaliar se a efetividade do tratamento não seria meramente psicológica no paciente. Depois de um ano os pacientes saberão qual procedimento receberam e os pacientes que foram do grupo de controle poderão então receber o TOGA se ainda estiverem dentro dos critérios.

Todos os pacientes destes testes clínicos serão acompanhados por, ao menos, um ano. Todo o tratamento não terá custo aos voluntários, que também receberão aconselhamento nutricional com acompanhamento médico.

O objetivo é avaliar a segurança e efetividade do procedimento TOGA. Investigadores irão avaliar a perda de peso e mudanças nos problemas de saúdes relacionados à obesidade como a diabetes, colesterol e hipertensão. Se obtiver sucesso é esperado que o FDA dos EUA aprove o novo sistema de cirurgias que permitirão aos pacientes serem tratados fora dos testes clínicos.

No total serão operados 275 pacientes em todo o EUA. Voluntários devem ter entre 18 e 60 anos de idade, mais de 45kg, e ter tentado sem sucesso outros métodos não cirúrgicos de perda de peso.

A obesidade já é um problema mais numeroso do que a fome, afetando 300 milhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com a World Health Organization. A obesidade causa ou complica muitas doenças como diabetes tipo 2, hipertensão, artrite, apnéia do sono e certos tipos de câncer. [TOGA, HDN, Columbia]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,50 de 5)

21 comentários

  • linerafamigueedu:

    Por favor me ajude tenho 31 anos 1 65 metros 115 kilos e mal consego andar sem ter flta de ar isso ta me prejudicando muito pois tenho dois filhos pequenos e não aguento o ritmo deles.engordei muito na primeira gravidez e não consegui perder e logo em seguida engravidei de novo………

  • lilian:

    TENHO 27 ANOS,1,65 ALT E 116 KG, SOU CASADA, NAO TENHO PROBLEMAS COM MINHA OBESIDA. OU MELHOR NAO TINHA POIS MINHA PRESSAO NAO QUER BAIXA E MINHA MEDICA ME PROIBIU DE ENGRAVIDAR ATE QUE PERCA PESO E CONTROLE A PRESSAO. O QUE FAÇO PQ TIVE OVARIO POLICISTICO NUNCA EMAGRECI .

  • Benilza:

    Porfavo precizo saber se já há este procedimento em Recife-PE.E qual o médico ou clinicas que fáz.Obg

  • jorge peixoto:

    tenho 42 anos, 1.78 alt, 165 kls, sofro de hepatite c crnica a qual não consigo iniciar o tratamento devido ao meu peso. tenho o encaminhamento do medico, para a bariatrica, mais não consigo fazer a inscrição em nenhum lugar, a propria secretaria nao sabe como se procede, isso e possivel?
    o que devo fazer ?
    sera que serei apens mais um ?
    como colocar o meu nome na fila de espera do sus ?
    obrigado, jp

  • ivone:

    gostaria de fazer a redução tenho 40 anos e stou pesando 116kg e tem me prejudicado muito ja fiz varios tratamentos e nao consigo isso tem prejudicado o meu casamento o meu esposo e esbelte e isso tem feito ele ter vergonha de mim e mim sinto muito mau me ajude porvafor moro em Guarulhos

  • Você precisa de CIRURGIA de REDUÇÃO de ESTÔMAGO? Confira o Artigo! –:

    […] da mesma maneira que as estatinas são oferecidas para prevenir doenças cardíacas, disseram. Novas técnicas não de cirurgia bariátrica estão nascendo a cada dia.  No Reino Unido, ao menos 10 vezes mais pessoas que realizaram […]

  • melissa maira da silva:

    ola , tenho 29 anos e pesso 84k queria muito emagreçe mais nao consigo sou uma pessoa muito ansiosa vc pode mi ajuda;
    tenho 1.60 de alt . obrigado

  • lucy:

    Já estão realizando este procedimendo aqui no Brasil? Se não estiverem, tem previsão de quando realizarão aqui no Brasil?

  • lucy:

    ja estão realizando este procedimendo aqui no Brasil? Se não tem previsão de quando realizarão?

  • Debora Gonçalves:

    POR FAVOR, ME AJUDEM,TENHO 36 ANOS TENHO 1,69 E PESO 108K, JÁ TENTEI DIVERSAS DIETAS, E NADA RESOLVEU, TOMEI REMEDIOS, E TIVE PROBLEMA DE DEPRESSÃO, JÁ FUI TRAIDA POR MEU MARIDO, E JÁ ATÉ OUVI QUE ISSO É UM RELACHO, MAS EU JÁ FIZ DE TUDO, JÁ PASSEI POR NUTRICIONISTA, PSICOLOGO, NÃO AGUENTO MAIS, NÃO TENHO CONDIÇÕES DE PAGAR UMA CIRURGIA, PELO SUS TAMBEM NÃO CONSIGO, PQ ELES DIZEM QUE EU NÃO SOU GORDA MORBIDA, E NEM TENHO PROBLEMAS DE SAUDE, NÃO TENHO DIABETES, NEM PROBLEMA DE PRESSÃO, NEM COLESTEROL, ENTÃO NÃO POSSO FAZER A CIRURGIA, EU NÃO SEI MAIS O QUE FAZER, NINGUÉM SE INTERESSA EM ME AJUDAR, ACHA QUE EU TENHO QUE FAZER UM ESFORÇO, MEU DEUS, NÃO AGUENTO MAIS OUVIR ISSO DOS MÉDICOS, MAS NA HORA QUE EU FALO SE EU PAGAR TEM COMO FAZER?, AI RÁPIDINHO ELES DIZEM: CLARO, EU PARCELO.NÃO ACHO ISSO JUSTO.
    TENHO CONVENIO DA UNIMED, E ELES NÃO COBREM ESSA CIRURGIA TAMBEM, POR FAVOR ME AJUDEM

  • Socorro:

    Olá,Sou obesa tenho 40 anos com 1,63,estou desempregada não consigo emprego devido o meu problema há dois anos atras tive um AVC eestou com o meu figado gordo.Não tenho dinhero para fazer uma cirurgia particular.Gostaria de saber como consigo fazer a cirurgia pelo SUS moro na cidade de Dias D’avila a + ou- 60km de Salvador.Por favor me ajude.Aguardo resposta.

  • MÁRCIA MARIA REBOUÇAS GUIMARÃES:

    TENHO 30 ANOS, SOU OLHADA POR TODOS COM MUITA INDIFERENÇA. SEI QUE ASSIM COMO EXISTEM OUTRAS PESSOAS QUE PASSAM PELO MESMO PRECONCEITO, É MUITO DIFÍCIL EMAGRECER , POIS A UNS TRÊS ANOS FAÇO ACOOMPANHAMENTO COM UMA NUTRICIONISTA E NÃO CONSIGO CHEGAR A LUGAR ALGUM. QUNDO COMECEI PESAVA 132 QUILOS E HOJE ESTOU COM 122 QUILOS APENAS 10QUILOS A MENOS . SOU UMA PESSOA MUITO POBRE NÃO SEI NEM COMO COLOCAR MEU NOME NA FILA DE ESPERA GOSTARIA QUE ME AJUDASSEM DE UMA FORMA RÁPIDA E URGENTE POIS VOCÊS NEM IMAGINAM A SITUÇÃO COMO É TRISTE DE PESSOA OBESAS OBRIGADA POR PODER CONTAR COM VOCÊS. SÓ NÃO COLOQUEI UMA FOTO PARA QUE ME VEJAM PORQUE TEM VERGONHA DE MIM MESMA. OBRIGADA DE CORAÇÃO , SEI QUE IRÃO ME AJUDAR.

    BEIJOS…

  • cristiane caetano:

    meu nome é cristiane tenho 25 anos estou com 110 quilos estou muito mal com isso meu nsonho é fazer a redução de estomago

  • Rosely:

    Elaine,não sei se voce ja conseguiu fazer a cirurgia,mas mesmo que não tenha ainda acontecido tenha fé que tudo dara certo.
    Beijos
    Rosely

  • PAULO CESAR:

    ESTOU COM VINTE E TRES ANOS OBESO, LUTO TODO DIA CONTRA OBESIDADE PROCURO EM MINHAO CIDADE UM CENTRO QUE POSSA ME AJUDA E NAO ACHO.ANDO EM DIVESAS SECRETARIAS DE SAUDE NA MINHA REGIAO E NAO SOU ATENDIDO E A CADA DIA VEJO PESSOAS OBESAS MORRENDO NA MINHA CIDADE E NAO POSSO A ELAS E AMIM.ESPERO QUE O GOVERNO TOME DECISAO MAIS RADICAL NA AREA DA SAUDE OBESA.ass: PAULO CESAR de CAXIAS-do-MARANHAO

  • Aner:

    Elaine, calma….
    Sei que não é fácil, mas mantenha a calma, pois não conseguimos enxegar a solução quando estamos aflitas.
    Eu também estou obesa, peso 100 kg.
    Estou tentando a cirurgia pelo plano de saúde, não é fácil, é muito exames, médicos…
    Mas sei que vou consegui
    Estou apredendo uma lição nesta fase “pre cirurgia”, que devemos ficar bem primeiro com nossa cabeça para entender o que vai acontecer com nosso corpo.
    Um abraço

  • elaine:

    ser obeso não é facil, tenho problemas pra trabalhar me canso fácil, e quando vou a alguma entrevista a primeira coisa que olhão não é me curiculo,e sim minha aparencia, sou boa no que faço mas sou descriminada, estú na fila pra cirugia, mas não sei se vou aguentar esperar asvezes sinto até vontade de acabar com tudo, me desculpem pelo desabafo, mas se alguem quizer me ajudar , me mande resposta por essa página.

  • Natalia caetano:

    É triste estar 3 anos em lista de espera pra fazer uma cirurgia ao estomago e nao ha meio de a operacao sair, vejo o meu peso a aumentar de dia pra dia e estou cada vez mais em baixo. Se alguem me puder ajudar a fazer a operacao o mais rapido possivel eu agradeco muito

  • amandda almeida:

    gostaria de fazer a cirugia de estomogo , quem devo procurar qual o primeiro passo que devo dar…

  • claudineia querido:

    é terrivel a vida para quem tem obesidade,nada fica bem,cansa atoa,enfim é uma vida sofrida,
    essas pessoas precisam de muita ajuda,pois as filas de espera são muito demoradas,tomara que esse novo método,venha revolucionar e diminuir as filas e consequentemente o sofrimento das pessoas

  • Paulo César Gonçalves:

    É inacreditável que a humanidade padeça de fome e excesso de peso, sendo as duas situações, terríveis para o ser humano.
    Fica como uma lição aos que governam o mundo: Tanto a escassez quanto o excesso, fazem mal a saúde.

Deixe seu comentário!