Novo tratamento para ronco e apnéia: marca-passo de língua

Por , em 16.08.2012

Além de incomodar quem estiver por perto, o ronco pode ser sinal de um perigoso distúrbio conhecido como “apneia do sono”. Enquanto a pessoa dorme, em alguns momentos os músculos da língua relaxam e estreitam parte da via respiratória. Quando isso acontece, o corpo força a respiração (causando o ronco) e, se isso não for o suficiente, a pessoa fica sem ar (apneia), o que pode trazer sérias complicações.

Para combater o problema sem recorrer a cirurgias, pesquisadores da Universidade de Medicina de Berlim (Alemanha) desenvolveram um aparelho capaz de estimular os músculos da língua e, assim, evitar que o órgão interfira na respiração.

Pouco menor que uma caixa de fósforos, o aparelho é implantado abaixo da clavícula do paciente. Por meio de um sensor ligado ao diafragma por um fio, ele monitora a frequência respiratória da pessoa. Quando ela inspira, um segundo fio envia um fraco impulso elétrico para o nervo hipoglossal, responsável pela contração dos músculos da língua. Graças a esse estímulo, os músculos não relaxam e mantém a língua em uma posição correta, sem bloquear as vias respiratórias.

O “marca-passo de língua” foi implantado recentemente (e com sucesso) em um paciente que sofre de apneia do sono. Além de sua eficácia comprovada, o aparelho pode evitar intervenções cirúrgicas e não limita os movimentos da pessoa (ao contrário de máscaras respiratórias, também usadas para combater o distúrbio). “O paciente recuperou parte de sua qualidade de vida”, destaca o pesquisador Alexander Blau. “Antes de dormir, ele pode simplesmente ligar o dispositivo usando um pequeno controle remoto”. Ele acredita que novos implantes serão igualmente bem-sucedidos, para o alívio de roncadores (ou de quem mora com essas pessoas).[Science Daily]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!