O dia mais chato da história foi 11 de abril de 1954

Por , em 28.11.2010

Cientistas criaram uma fórmula para determinar qual foi o dia mais chato da história moderna – e chegaram no dia 11 de abril de 1954. Mas por que?

Basicamente, em todos os dias algo acontece. Alguém famoso nasce ou morre, alguém faz uma passeata, ou seja – há algum evento significativo. Só que, aparentemente, no dia 11 de abril de 1954, um domingo, nada disso aconteceu. Então não quer dizer que o dia tenha sido “chato”, apenas sem nenhum “evento importante para a história em geral”.

O sistema usado pelos cientistas foi o True Knowledge, um sistema que procura o que aconteceu em cada dia da história recente. Os cientistas inverteram o processo para encontrar um dia em que “nada” aconteceu. Segundo eles, eles foram capazes de medir a importância histórica de cada dia, e o dia 11 de abril de 1954 foi o menos importante.

Mas isso causa um paradoxo interessante. Já que o dia 11 de abril de 1954 é o dia mais chato do mundo, agora ele tem esse título – o que o tornaria um pouco mais interessante. [Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

25 comentários

  • Luiz Fernando:

    Se fosse da minha vida, teriam que alterar o código para aceitar várias datas como resultado…

  • squish:

    True Knowledge…Sei não…tá com cara de que pesquisaram no Google…

  • Fernando Silva:

    Olá Luiza Madeira, está procurando errado. Procure na sua Certidão de Nascimento e encontrará que, em 04/03/1992, nasceu alguém Muito Importante.

  • Dowglasz:

    Vamos inclui-lo nas datas comemorativas: 11 de Abril – Dia do Tédio.

    • Samuel:

      Vai ser igual o dia da Mentira, a pessoa fala mentira todo dia, assim como o dia do tédio, a pessoa é entediada todo dia.

  • Luiza Madeira:

    Mas quando eu procuro coisas importantes relacionadas ao dia do meu nascimento (04/03/1992) nunca encontro nada de relevante, será que o dia merece um segundo lugar, ou eu estou procurando errado?

  • criancinha:

    O comentário da Débora foi o mais chato da história do Hype Science….

  • Débora:

    Nossa, que pesquisa inútil!!! E eu perdendo meu tempo aqui… Tomara que o site não coloque aqui: “seu comentário está aguardando moderação”, eu apenas fui sincera.

  • Reginaldo Ferrão:

    Quanto ao dia mais chato eu não sei, mas o dia mais triste foi quanto eu descobri, ainda em criança, que a Vovó Mafalda era homem. SNIF!!

  • Ananias:

    Dia chato deve ter sido este dia que os cientistas tiraram pra fazer esta pesquisa, o falta do que fazer!!!

  • MOIZÉS:

    O dia mais chato da história foi quando me declarei a uma garotinha por quem estava apaixonado e achei que ia me dar bem, mas levei o maior “fora”!

    • Luiz Fernando:

      Ao menos foi o mais chato da sua história. A minha foi parecido 🙁

  • Rayzah:

    Mas TINHA QUE SER NO DOMINGO MESMO! Sabia!

  • Ozanir Lima:

    Não existem dias chatos, e sim as pessoas que podem torná-los.

  • OMG!:

    Tadinho desse dia, não teve nada de interessante. Chuif!

  • Lucas:

    a foto da matéria está com o calendário de setembro, dia 1. uma quarta-feira :S

  • luiz mario:

    chato para quem estava desocupado.

  • luiz mario:

    TENHO CERTEZA QUE NESTE DIA DEVE TER NASCIDO ALGUÉM COM GRANDE INFLUÊNCIA QUE ESTÁ VIVO OU JÁ FLECIDO. PROCUREM QUE VOÇES ENCONTRAM.

  • Rafael Bezerra:

    Bem cretinos esses cientistas ou quem quer que tenha denominado este dia como chato porque “nada teria acontecido”. A história não é composta apenas de fatos registrados e massivamente disseminados; tantas coisas aconteceram naquele dia quanto em todos os outros. Para os que fazem questão por rótulos, poderiam chamá-lo de o dia mais chato da história para economistas e analistas políticos.

  • Ruryk:

    @Gray O Dia da Marmota é no meu aniversário (2/2). Pode não ser dos eventos mais nobres, mas é ao menos engraçado.

  • criancinha:

    POxa como assim, é meu aniversário….

  • Gray:

    Achei que fosse o dia da Marmota (feitiço do tempo)

  • Plebeu:

    Logo no dia em que o meu tio Alberto nasceu…

  • Humberto:

    Um paradoxo… hahaha… isso me lembra o primeiro ou segundo episódio de The Big Bang Theory :-p

  • Caroline:

    hiuehiuehiuehiueh

Deixe seu comentário!