Estudo descobre o que torna o corpo masculino atraente para mulheres

Por , em 14.12.2017

O que torna o corpo de um homem atraente? Os pesquisadores da Universidade Griffith tentaram descobrir.

Segundo o estudo, em muitas espécies de mamíferos, as fêmeas evoluíram para preferir os machos mais fortes. O mesmo ocorre com seres humanos.

A exibição de força na parte superior do corpo é a característica que mais chama a atenção em um homem, incluindo ter ombros mais largos, ser fisicamente apto e ter maior força no punho.

Biologia

Psicólogos evolucionários já indicaram que as escolhas femininas de parceiros se baseiam em muitas dicas da qualidade genética dos homens e sua capacidade de investir recursos na mulher e na sua prole.

Entre os nossos ancestrais, uma variável que previa a qualidade genética de um homem era sua robustez.

“Portanto, as mulheres modernas ainda devem ter mecanismos de escolha de companheiros que respondam a pistas da habilidade de luta de um homem. Um componente crucial da capacidade de um homem de lutar é a força do corpo superior”, disse um dos autores do estudo, o Dr. Aaron Sell.

O estudo

No estudo, os pesquisadores testaram a importância da força física para a atratividade corporal dos homens, mostrando fotos de corpos masculinos e perguntando às mulheres quão atraentes eles eram.

Os resultados mostraram que era possível prever quase perfeitamente o quão atraente o corpo de um homem era a partir de três coisas: quão fisicamente forte ele parecia, quão alto era, e quão magro era.

O efeito da força era tão grande que nenhuma das 150 mulheres da pesquisa preferiu homens fracos. Além disso, parecer forte era muito mais importante para a atratividade do homem do que ser alto ou magro.

“A força nominal de um corpo masculino é responsável por 70% da variância em atratividade”, concluiu Sell.

Em perspectiva

Da mesma forma que a força, o efeito da altura e do peso na atratividade pode indicar que as mulheres estão respondendo a sugestões de saúde ou aos benefícios que a altura e o corpo magro têm em situações de agressão prolongada, caça e outros aspectos da capacidade de luta.

Apesar disso, o Dr. Sell acrescentou que, enquanto as mulheres desse estudo preferiam os corpos mais fortes, também existe um conjunto de dados considerável em muitas culturas que mostram que as mulheres nem sempre preferem os rostos mais fortes.

O estudo foi publicado na revista Proceedings of the Royal Society B. [Phys]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (24 votos, média: 3,79 de 5)

4 comentários

  • Gabriel Ueta:

    Tem um outro estudo que contradiz isso aí. Fala que as mulheres preferem caras magros a musculosos.

    • Cesar Grossmann:

      Para você ver que o assunto é polêmico e ainda tem muita água para rolar debaixo desta ponte.

  • Leonardo Varini:

    Isso porque não fizeram testes com fotos de homens segurando um Mastercard Black Card.

  • Roberto Monteiro:

    O estudo diz isto e aquilo, mais aquele outro, para concluir que… pode não ser bem assim, também. Tá…

Deixe seu comentário!