Concurso de Fotografia da National Geographic: veja as melhores fotos desse ano

Por , em 4.08.2015

Já saíram os resultados do Concurso de Fotografia da National Geographic deste ano (National Geographic Traveler Photo Contest 2015) e, como sempre, as imagens são excepcionais.

Os vencedores foram selecionados entre mais de 17.000 fotos enviadas de todo o mundo nas categorias Retratos de Viagem, Cenas ao Ar Livre, Senso de Lugar e Momentos Espontâneos.

Anuar Patjane Floriuk ganhou o primeiro lugar com uma imagem subaquática de mergulhadores perto de uma baleia jubarte. O grande prêmio é uma viagem de oito dias pela Costa Rica e Canal do Panamá para dois.

“A foto não foi planejada”, disse Floriuk, de Tehuacán, no México. “Eu estava tirando fotos perto da cabeça da baleia, e, de repente, ela começou a nadar em direção ao resto da equipe de mergulho. Os mergulhadores deram espaço a ela e ao seu filhote, e eu cliquei o momento em que o fluxo e a composição pareciam certos”.

Veja as belas fotografias que foram destaque esse ano:

Primeiro Lugar: “Whale Whisperers”

concurso de fotos national geographic 1
Mergulho com uma baleia jubarte e seu filhote recém-nascido, enquanto eles viajam ao redor de Roca Partida em Revillagigedo, no México.

Créditos de imagem: Anuar Patjane

Segundo Lugar: “Gravel Workmen”

concurso de fotos national geographic 2
Este local de trabalho permanece cheio de poeira e areia. Três trabalhadores de cascalho estão olhando através do vidro de uma janela. Foto tirada em Chittagong, Bangladesh.

Créditos de imagem: Faisal Azim

Terceiro Lugar: “Camel Ardah”

concurso de fotos national geographic 3
Camel Ardah, como é chamado em Omã, é um dos estilos tradicionais de corrida de camelo entre dois camelos controlados por homens experientes. O camelo mais rápido é o perdedor; os animais precisam manter o mesmo nível de velocidade. O principal objetivo do Ardah é mostrar a beleza e a força dos camelos árabes e as habilidades dos condutores.

Créditos de imagem: Ahmed Al Toqi

Menção Honrosa: “A Night at Deadvlei”

concurso de fotos national geographic 4
Na noite antes de voltar para Windhoek, na Namíbia, a fotógrafa passou várias horas em Deadvlei. A lua estava brilhante o suficiente para iluminar as dunas de areia à distância, mas o céu ainda estava escuro o suficiente para ver claramente a Via Láctea e as Nuvens de Magalhães.

Créditos de imagem: Beth McCarley

Menção Honrosa: “Catching a Duck”

concurso de fotos national geographic 5
Dois meninos estão tentando pegar um pato no córrego de uma cachoeira em Nong Khai Province, na Tailândia.

Créditos de imagem: Sarah Wouters

Menção Honrosa: “Romania, Land of Fairy Tales”

concurso de fotos national geographic 6
Geada branca sobre a vila Pestera, na Romênia.

Créditos de imagem: Eduard Gutescu

Menção Honrosa: “Highlanders”

concurso de fotos national geographic 7
Fenação tradicional na Polônia. Muitas pessoas continuam a usar essas ferramentas (foice e forcado) para separar o feno.

Créditos de imagem: Bartłomiej Jurecki

Menção Honrosa: “White Rhinos”

concurso de fotos national geographic 8
Na noite anterior a esta foto, o fotógrafo tentou obter uma boa imagem do rinoceronte branco ameaçado de extinção, se escondendo na grama com cuidado, tentando ficar afastado para sua segurança, mas isso não lhe deu a imagem que esperava. Na parte da manhã, no entanto, acordou com três rinocerontes pastando na sua frente no Ziwa Rhino Sanctuary, na Uganda.

Créditos de imagem: Stefane Berube

Menção Honrosa: “Kushti, Indian Wrestling”

concurso de fotos national geographic 9
Kushti é a forma tradicional de luta livre indiana. Vestindo apenas uma tanga bem ajustada, os lutadores entram em uma “cova” feita de barro, muitas vezes misturada com sal, limão e manteiga de leite de búfalo. No final de um treino, os lutadores se apoiam nas paredes da arena, cobrindo suas cabeças e corpos com terra para absorver qualquer suor e evitar pegar um resfriado.

Créditos de imagem: Alain Schroeder

Menção Honrosa: “Sauna in the Sky”

concurso de fotos national geographic 10
Sauna a 2.800 metros de altura no coração das Dolomitas. Foto tirada no Monte Lagazuoi, nos Alpes orientais italianos.

Créditos de imagem: Stefano Zardini [BoredPanda]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!