Pesquisadores encontram evidências de outros universos

Atualmente, pesquisas revolucionárias no campo da astronomia e da cosmologia estão sendo feitas. Exoplanetas, por exemplo. Outra idéia é a do universo cíclico, apresentada nesse post, que sugere que nosso universo é apenas um dos muitos que vieram antes dele. Agora uma nova descoberta, de que nosso universo coexiste com outros, pode estar em progresso.

Pesquisadores da Universidade de Londres basearam-se no modelo da “inflação eterna”, que prega que o nosso universo é parte de um multiverso maior e que se expande infinitamente. Nosso universo seria contido em uma espécie de bolha cósmica, e existiria ao lado de outros universos, contidos em suas próprias bolhas.

Se essa teoria estiver correta, pode ser que nosso universo tenha colidido com outros no passado, e essas colisões teriam deixado traços nas microondas cósmicas deixadas pelo Big Bang.

Os pesquisadores buscaram essas evidências e dizem tê-las encontrado em dados da sonda Wilkinson Microwave Anisotropy. Mas nada ainda foi comprovado – mais dados, principalmente da missão Planck, serão analisados. [PopSci]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

55 respostas para “Pesquisadores encontram evidências de outros universos”

  1. Caro Germano,suas considerações sobre o que os Deuses revelaram no passado é preconceituosa!!!Imagine a quantidade de informações que estes supostos deuses nos deram para a compreensão da origem do Homen na terra!Os Anunnakis são os mais famosos e também ocultos(pela desinformação descarada de alguns orgãos Americanos)e através de Zacharia Sitchin grande estudioso da civilização Suméria,sabemos mais e de forma detalhada como estes astronautas do passado vieram e nos deram evolução genética (para fins de mineração) e posteriormente uma civilização!!!Leia os livros de Sitchin,o 12°Planeta e o Livro Perdido de Enki e voce mudará seus conceitos!!!Abraços…

  2. Se universos paralelos existem, então já colonizamos uns 80 planetas, destrúimos outras centenas por não seguirem nossas regras, e – seguindo as ordens da ONU – um imperador controla o Império Terráqueo.

  3. É tão difícil as pessoas entenderem que todos os comentários escondidos estão nesse estado devido a votação pública, não a alguma “tirania” do site ?

    Uma democracia também consiste em votação para decidir o que a maioria acha melhor para o grupo. Se a maioria achou seus comentários ruins eles serão escondidos.

    Super-democrático, agora parem de chorar

    A propósito, excelente matéria. O site é ótimo

  4. nem quis ler todos os comentarios
    mas a DC comics falava de multiversos antes dos cientistas
    entao galera quem nao acreditava que o batman existe pode mudar sua opiniao
    ele existe em algum universo por ai

  5. Humanos continuem gastando sim seus recursos com qualquer forma de conhecimento!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Vamos à simples logica:
    1 ano luz = 1 trilhao de KM.
    O universo tem a mesma idade que a luz consegue percorrer.
    Para os cientistas ele tem 14,6 bilhoes de anos luz.

    E agora, querem encontrar outro universo sem ao menos conhecer o nosso.

    O planeta Gliese, esta a 20 anos luz e varios cientistas já garantiram lá ter formas de vida mesmo que pequenas ou indiferentes da nossa forma de entender “oque é vida”.

    20 Anos Luz x 95 Trilhoes de km

    Bah, descubram uma forma de sondar planetas proximos, e parem de gastar estudos com algo que para todos aqui na terra seria apenas uma mera filosofia mentirosa e barata.

  7. Sem querer desmerecer os outros comentários, o que mais me chamou atenção foi o de Emerson Costa. É um comentário racional, equilibrado e imparcial. Quanto ao assunto propriamente dito, só tenho uma palavra: Sensacional!

  8. Para mim é parece evidente que o “universo” (agora pelo jeito chamaremos de universos) é infinito.

    Não há como dizer que exista um limite. É o mesmo que dizer que a Terra é plana, que uma hora ela acaba e que se passarmos dali cairemos dela.

    Na verdade, ainda não sabemos nada. Realmente não sabemos nada sobre os “universos”. Somos tão insignificantes dentro dele! Somos tão limitados em nossos corpinhos! Precisamos transferir imediatamente a mente humana para outras plataformas (escanear literalmente nossos cérebros convertendo os sinais, decodificando-os). Não temos que estudar tanto a criação de inteligência artificial humana, mas o upload das lembranças humanas para a máquina e para seus sistemas.

    Percebam que as experiências e emoções são conhecimentos também. Deverão ser transferidos juntos com as lembranças dos humanos para os sistemas. Precisaremos criar maneiras de permitir que os sistemas e dados interajam entre si continuamente, todos entre todos, como uma grande rede. Assim como o cérebro e os neurônios são bombardiados por impulsos nervosos.

    A cada momento, conseguimos aumentar mais e mais a capacidade das máquinas. Temos que ampliar a capacidade de elas interagirem os dados nelas contidos. Precisamos imitar o cérebro humano através de sistemas e transferir por escaneamento os cérebros humanos para essas máquinas.

    Essas máquinas serão os seres humanos que antes estavam em seus corpos biológicos. Mas, apenas se conseguirmos fazer os dados interagirem (imitar a razão/raciocínios/criação a partir do que havia antes nas lembranças, etc!)

    Observe que a grandeza disso é imensurável. Teremos a possibilidade de viajar no espaço sem corrermos risco de vida, compartilhar realmente experiências simplesmente nos mesclando uns com outros outros dentro dos sistemas. Humanos literalmente dentro da rede, “copiando” e mesclando dados, crescendo, todos, aprendendo, tendo experiências incríveis e realmente agregando conhecimento e sem morte.

    Observe como isso é importante! A cada morte uma “Biblioteca de Alexandria” é perdida. Temos que transferir as mentes humanas pouco antes da morte para outras plataformas.

    Isso é urgente em nossos dias! É a única forma de alavancarmos a sociedade humana. E digo mais, é inevitável. A humanidade fará isso. E assim que fizermos, não teremos mais limites dentro do universo, e poderemos estar em todas as partes dele. Em todos os universos se quisermos! Transferindo e compartilhando dados, conhecendo todos os sistemas e lugares. Seremos plenos.

    Por favor, cientistas do mundo todo! Pensem nas possibilidades de pesquisas nessas áreas! Contem com meu apoio no que se refere as minhas áreas de conhecimento.

    Eu acredito que o ser humano precisa se libertar da necessidade de estar como que “dentro” de um corpo biológico mortal. Ele precisa “entrar” dentro das redes. Eles precisa se transformar em dados inteligentes. Urgente!

    Grande “cineabraço musicanimado”!

  9. Já comentei anteriormente: “Nosso universo”…”Universo deles”. Falta confirmar que a luz é lenta e velocidade maior existe. Se a formiga “corredeira” (5 cm p/seg.) fosse do tamanho de um carro, qual seria sua velocidade?

  10. cara, muito boa essa materia, tenho que tirar o chapéo pra quem colocou ela no ar.
    Hoje existe muitas teorias sobre a existencia, mas nenhuma que tenha um real fundamento. É interessante ver as possibilidades porque isso tem faz formar a propria opnião, mas isso é outro assunto.
    Muito boa a Matéria pessoal, muito bacana.

  11. Caro Yuji,respeito suas informações e expectativas em relação ao
    Universo Paralelo!Acredito também que antes de atingirmos o estágio 1
    de evolução tecnológica devemos antes atingir o estágio 1 da evolução
    do homo sapiens,como Jesus Cristo,Budha,Tolstoi e vários outros
    iluminados!A questão existencial é importante mas não devemos
    condiciona-las a nossa imaginação,mas sim a realidade do nosso
    universo!Somos insignificantes sim diante deste universo,mas temos o
    que os Deuses imortais morrem de inveja;nossa vida perene!Abraços
    Cláudio Guedes

  12. Caro Reginaldo,acredito que este site não seja um governo ou um partido político,mas imaginando que seja,não existe democracia no planeta terra,apenas relações de forças onde voce domina ou é dominado!Há também um ditado onde toda unanimidade é considerada burra!A verdadeira tirania é tentar manipular um meio de comunicação onde as idéias pouco interessantes ficam um pouco menos destacadas!Abraços…

  13. Então é assim que se faz democracia…, se o HScience não gosta tira do ar, dificulta as coisas, dá um tapa e esconde a mão. Opiniões contrárias, pois mais ignorantes que possam ser, são importantes para nos fazerem pensar e perceber outros pontos de vista, o que enriquecerá nossa vã filosofia. Parem de esconder. as mensagens que ganham notas ruins. Que feio HS. concordo com voces quanto a racismo, ou agressões vulgares. Criem coragem voces aí do HS, respeitem o bom senso, a coerencia. O Tiago e todos os outros “excluidos” pelo HS, tem o meu amplo, total e irrestrito apoio. Viva a democracia, para que morra a TIRANIA.

  14. Nós seres humanos somos muito pequenos ,muito limitados , vivendo nesta bolinha que chamamos de planeta Terra , existe sim muitos universos paralelos ao nosso , estamos aprendendo a caminhar para o conhecimento máximo possível , um dia será possível viagens além dos limites deste UNIVERSO MATERIAL , cuja energia é baixa no momento , ainda não chegamos ao nível 1 de evolução tecnológica , existe mais de 100 níveis ou mais de evolução tecnológica e conhecimento , este assunto já apareceu em documentários e outros sites , o que eu posso dizer que as vezes as respostas estão em todo lugar mas não podemos tocar , ver ou simplesmente medi -los com nossos instrumentos ainda existem coisas que fogem aos nossos sentidos , assunto interessante , quanto mais se adquire conhecimentos mais aparecem assuntos para se estudar e aprender e isso é bom , pois fazem as pessoas pensarem , procure se perguntar o que você está fazendo aqui ?, qual o objetivo de estar nesta bolha azulada chamada planeta Terra?, pois se cada pessoa conseguir a resposta pra si mesmo será um dia vitorioso.

  15. Opa Edison, eu concordo plenamente com sua opinião sobre os estímulos positivos, tanto próprios quanto oriundos de qualquer fonte, inclusive a religiosa.

    Essa matéria é bem interessante e aborda um pouco sobre isso olha:
    https://hypescience.com/religiosidade-relacionada-com-baixo-poder-aquisitivo

    Essa idéia da aleatoriedade é apenas uma forma que encontrei de racionalizar a crença em seres que provavelmente não existem ou que são surreais demais para que eu acredite em sua existência, os deuses. O que está escrito aqui é quase um postulado matemático que coloquei sinteticamente para tentar ser breve no meu raciocínio. eu penso sobre ela de uma forma bem mais abrangente. A religião e as crenças humanas apenas estavam no meio do caminho.

    Meu irmão, gostei da maioria das opiniões que aqui foram. Já que nao curto redes sociais, tou viciado nesse site ahahahah…

    Gostaria muito de continuar esse debate no gmail, so nao sei como fazer isso aqui sem expor meu email para spam.

    Abraço amigos.

  16. Emerson Costa, é verdade, eu só percebi que os comentários do “polegar para baixo” ficavam apenas escondidos depois que escrevi o post. A funcionalidade foi bem pensada.

  17. Somos pretensiosos ao imaginarmos um multiverso?Acredito que não!A imaginação é realmente importante para novas descobertas,abre novas perspectivas!Mesmo imaginando vários universos o homem continuará elevando seu ego ao infinito e se achará o dono da verdade!Criará dogmas e regras para tentar entender o universo.Mas nunca verá o quanto é insignificante diante de um ou vários universos!A simplicidade acredito eu é a chave para a perfeita compreensão do universo e da vida!Abraços; Cláudio Guedes

  18. Cuide do seu planeta e descubra muitas coisas lá intocáveis, vá até o fundo do oceano, cuide da sua Lua e observe o seu Sol, desbrave os planetas do sistema solar, cuide deles se possível. Avance na via láctea e faça incríveis descobertas, desbrave todas as galáxias ao seu redor, não desanime e avance.

  19. Essa teoria tá no livro “O Universo Numa Casca De Nóz” de Stephen Hawking… eu li o livro e “viajei” completamente… kkkkkk…. mesmo eu sendo leigo, acho a idéia plausível, ou seja, encaixa na minha cabeça…. kkkkkkk…..
    Mais interessante é como o livro aborda tb como os universos se “comunicam” entre si… realmente fascinante… eu recomendo o livro…

    E caso essa teroria seja comprovada como a mais correta, as chances de existirem vidas inteligentes em outras partes do universo se multiplicaria…

  20. Opa Fred. Juro que será meu último post. Ja falei besteira demais e já fugi bastante do tema 😀

    Só que não percebi o ponto em que eu excluo as outras áreas de conhecimento, inclusive os empíricos como as religiões. Realmente eu busquei encontrar um raciocínio para a crença em divindades, ou amigos imaginários como citei, mas ainda sim, apenas divindades, da mesma forma que me questiono o motivo para se torcer por um time de futebol. Mas existem inclusive religiões e ceitas em que não cultuam deuses, não? Como o budismo que se trata de “uma religião e filosofia não-teísta”, segundo a wikipédia.

    Como meu raciocínio lógico partiu de observações de materiais diversos, revistas e documentários, principalmente (não sou filósofo, mas analista de TI eheheh) sobre matemática, a evolução das religiões politeístas para monoteístas, e outras coisas mais, como esta própria matéria, não o vejo como sendo preconceituoso, mas sim, “posconceituoso”. Pois a partir de conceitos, fundamentei uma possibilidade e não uma verdade absoluta.

    Ps.: sei que quando fala “preconceituoso” está usando a palavra no seu sentido denotativo e não pejorativo.
    🙂

    abraço, pessoal.

  21. Eu sempre acreditei na existência de outros universos assim como na existência de outras formas de vida “inteligentes” ou não. Só uma pena o fato do ser humano viver tão pouco e tenho certeza que a muito já estarei morto quando provarem a tais existências.

  22. Germano, gostei bastante do seu texto, mas nesta aleatoridade de efeitos e causas que nós não controlamos, isso poder ser um pouco controvérsio em relação ao de você acha que “alguém” está te ajudando.
    Pensamentos positivos são comprovados que ajudam na auto-estima da pessoa e sabemos que quanto melhor uma pessoa se sente em relação a ela mesma, melhor será suas funções no cotidiano, como por exemplo o que você citou, estudar.
    Se você acha fielmente que algo ou alguém está te ajudando e manter o foco que você irá passar, seus estudos irão se desenvolver melhor.
    Não creio na existência de deuses, pois não tenho provas pra ele, acho a crença cega ne deuses uma coisa “idiota” mas é uma coisa particular minha, e respeito os que estão a minha volta – caso contrário não seria capaz de conviver com eles.
    Gostei muito de ler suas respostas, e espero esbarrar com você mais uma vez aqui no hype.
    Abraços

  23. Para entender o macrocosmo, é preciso entender antes o microcosmo. Imagine o nosso universo (Planeta terra)sob a ótica de uma formiga ou de um inseto que tem seu ciclo de vida totalmente cumprido em apenas um dia: Nasce,cresce,reproduz e morre. É preciso conhecer sem descartar nenhuma forma de conhecer (religiosa,filosófica, empírica, científica)pois todas elas são formas de entender e tentar explicar os fenômenos que nos cercam e apesar de todo conhecimento acumulado pelo ser humano nestes milênios de existência, conhecemos muito pouco ou quase nada do que chamamos de “vida”.Gostei muito do raciocínio feito pelo Germano em 14/12 (também passei a pensar assim a partir do dia em que assiti o enceramento do filme homens de preto), porém o raciocínio feito na postagem de 15/12 é extremamente excludente e preconceituoso. Excluir informações e conhecimentos passados pelas religiões (diversas), corresponde a excluir o imenso conhecimento passado pela filosofia clássica(Sócrates, Platão, Aristóteles…)que usavam alegorias para explicar os fenômenos que eles estudavam.

  24. Senhores, o que os cientistas estão descobrindo hoje a respeito do Universo já está escrito há milênios nos Vedas e no Srimad Baghavatan, inclusive a duração dos ciclos da existência desses universos. Lá está escrito que o nosso Universo é apenas um dos milhares que “em suas bolhas” flutuam no Garbodakashay, o oceano de leite. Também o “Big Bang” e o “Big Cunch” estão lá descritos.

  25. Germano, o comentário do Tiago não foi excluído, e sim, “recolhido”. Quem quiser vê-lo é só clicar em “Click here to see”.

    Como o Cesar falou, esse espaço é sim democrático. Qualquer internauta pode clicar no polegar verde, querendo dizer que gostou do comentário ou no polegar vermelho, querendo dizer que não gostou do comentário.

    Aquele comentário que tiver maior indicação negativa será apenas “recolhido” ou “escondido”. Mas quem quiser ler o comentário mesmo assim, como já disse, é só clicar em “Click here to see”.
    ______________________________________________________

    Falando sobre o assunto do post, eu sempre acreditei no princípio que somos apenas uma gota d’água no oceano. Acredito que existam outros seres morando em outros planetas que também devam estar vasculhando o universo (ou multiverso, como dizem agora) à procura de novas civilizações.

    Se essas criaturas são mais ou menos evoluídas que o ser humano, nunca teremos como saber até mantermos contato com tais criaturas.

    ___________________________________________________________

    Quanto à questão “ser superior”, eu acredito que é tudo muito pessoal e de como você foi educado.

    Se você for questionar um oriental sobre o assunto, a crença deles irá dar uma versão diferenciada à origem de tudo, tendo como principal Deus o Buda.

    Se você for questionar um muçulmano, a teoria repassada desde os seus ancestrais é também divergente e seu Deus é Maomé.

    Já para os cristão, a origem foi com Adão e Eva, e cremos no “nosso” Deus, como imaginamos que ele seja.

    Se você pegar cada “raça” humana, haverá uma história que foi repassada pelos bisavós para os avós que repassaram para os pais, que deram a mesma versão para os filhos, que a repassarão para os netos e assim vai…

    Quem está errado nisso tudo ? Os que acreditam no Buda ? Os que acreditam em Jesus ? Os que seguem Maomé ? Ou será que são os indígenas que ainda não tiveram contato com os branco que moram no meio da floresta amazônica e têm suas próprias crenças ?

    Será que quando o índio morrer, por nunca ter lido a bíblia irá para céu ou para o inferno ?

    E o Budista ? Para onde irá quando morrer ? Ele nasceu e cresceu com a sua religião como sendo a certa.

    Podemos nós criticá-los e afirmamos categoricamente que eles estão errados ? O mesmo eles podem dizer de nós, cristãos.

    Portanto acho que esse assunto “religião” é algo íntimo e pessoal e não adianta ficar criticando essa ou aquela religião, por mais errada que possa parecer para nós.

    __________________________________________________________

    Desejo um feliz Natal á todos.

    Émerson Costa
    Fortaleza – Ce

  26. Candido, eu não vi o comentário de Tiago. Mas também não concordaria com sua exclusão caso o motivo fosse simplesmente por ele ser de caráter religioso.

    Mas, diferentemente de você, a cada dia eu tenho mais certeza de que os eventos que acontecem conosco, com a natureza e com a própria matéria são aleatérios, incluindo-se, presumo eu, no que fala nosso amigo “criancinha” sobre o tempo e a sobreposição dos fatos. Inclusive, no meu raciocínio, essa aleatoriedade explica até o porquê de nós atribuirmos eventos do nosso cotidiano à existência de divindades. Na minha opinião, ela está relacionada ao nosso controle das variáveis que podemos manipular e das que não podemos, envolvidas no desfecho de um evento.

    Deixe-me tentar exemplificar meu ponto de vista antes de ser criticado em massa (eheheh):
    – Você vai fazer vestubilar para medicina. A concorrência é de 80 pessoas para uma vaga. O resultado (evento) que você deseja é que você seja aprovado, é o resultado bom para você.
    Existem variáveis envolvidas no processo que inbcluenciam na sua aprovação e que você pode manipulá-las, já que você é uma matéria animada, são algumas delas: estudar bastante, tem uma rotina regrada, frequentar as aulas, manter o foco no seu objetivo.
    Já existem outras variáveis que você não tem controle, e são muitas. Como: será que os outros estão estudando tanto quanto eu? Dessa vez virão pessoas de escolas melhores pra concorrer comigo? Vão selecionar questões dos assuntos que coincidentemente estudei mais? O carro do meu pai vai quebrar no meio do caminho?
    A chance de se passar no vestibular numa concorrência dessas sabemos que é muito pequena. Para mim, ela é quase nula XD. O resultado mais provável é que você não passe e, caso isso aconteça, não é de se assombrar. Mas se você passar, dá a impressão de que alguém manipulou esse resultado a seu favor. Principalmente se você vier conversando com um amigo imaginário e que você acredita que ele está lhe ajudando naquele momento tão difícil.

    Espero que ter sido claro na minha opinião e não tê-lo ofendido, não é minha intenção. Mas atribuir eventos que desconhecemos a deuses é algo que nossos ancestrais já faziam. E antigamente é que isso era forte, existiam deuses pra quarquer coisa, inclusive havia um para o trovão e outro para o ralâmpago, pois pensavam que eram coisas distintas. Hoje nós ja entendemos porque há descargas de raois, mas se esse raio cair exatamente na sua cabeça e você sobreviver, seria impossível dizer quais são todas as variáveis envonvidas nesse resultado bom, e isso sim seria provavelmente atribuído a uma divindade por minha mãe, por exemplo.

    Ufa…

  27. Candido, olha melhor, o comentário foi colocado como “hidden” não por um moderador, mas pela quantidade de “polegar para baixo”. Em outras palavras, é uma eleição, e não tem nada mais democrático que isto: a maioria não gostou, e clicou no polegar para baixo, por isto o comentário foi escondido.

    Obviamente existem pessoas que não são capazes de conviver em um ambiente democrático, e se rebelam contra as decisões democráticas quando vão contra os seus preconceitos. Dá nisto, gente reclamando sem razão. Como você.

    E para completar, você tem ilusões sobre a Internet ser completamente democrática e livre. Você pode escrever o que quiser, mas tem que se ater às regras do fórum em que está escrevendo (como, por exemplo, este espaço gentilmente cedido pelo Hypescience). E se cometer algum crime, pode ter que responder por ele (por exemplo, apologia ao nazismo, ou racismo, ou incitação à violência, ou calúnia e difamação).

  28. O tamanho do universo foge completamente de nossas mentes e de nosso sistema de medição, um número incontável de galáxias e de estrelas. Se somarmos isso ao multiverso, seremos criancinhas brincando de advinhação.
    Não sigo e não acredito em (nenhuma) religião, mas também não acredito que algo tão maravilhosamente perfeito tenha acontecido por um simples acaso da sorte, acredito que exista uma inteligência incompreensível e infinita por trás de tudo isso.

  29. Eu pensei que a internet fosse totalmente democrática e livre, mas infelizmente após ter constatado que o comentário do Tiago foi colocado como “Hidden”, mudei de ideia, e digo que este site não é democrático e livre. E Ratifico o comentário dele: “Cada dia a mais temos a evidencia de um Criador”, sim senhor. Acho que vocês fazem parte do bando do PT. Isso é preconceito. E cuidado, está saindo uma lei bem fresquinha, que vai pegar muita gente preconceituosa. Bem, agora vou comentar a matéria: realmente eu fico maravilhado com descobertas e/ou teorias novas sobre a grandeza do nosso universo, ou multiverso, como foi colocado na matéria. É bom saber que existem outros lugares muito bem feito e com sincronia e harmonia.

  30. Já pensou? Pode ser que estejamos morando numa epécie de eletron (a Terra) de um átomo (nosso Sistema Solar) de uma certa molécula (a nossa Galáxia) de uma determinada célula (nosso Universo) de um único tecido (nosso Multiverso) de algum órgão…

  31. Isso sim, Hypescience, é uma informação interessantíssima…..

    Existem outras ideías de que o Universo (a “bolha” em que vivemos) pode ser resultado do colapso de um corpo celeste com a massa de toda a matéria existente.

    Assim que esse megacorpo emtrou em colapso, formou um buraco negro, e toda a matéria foi “sugada” para uma nova dimensão que estava vazia, constintuindo um “big bang”.

    Assim, nesse multiverso de bolhas, cada bolha contém várias (infinitas) dimensões 3D vazias em seu interior, que, a depender das circunstâncias, pode receber matéria quando há a formação de um buraco negro em uma das dimensões que possuem matéria.

    Se pensarmos dessa forma… poderíamos concluir que: (i) o espaço 3D já deveria existir antes do big-bang; (ii) o tempo não existe, sendo pura abstração humana para se buscar uma ordem (de modo que os eventos uma vez acontecidos deixam de existir, havendo apenas a superposição de fatos); (iii) existe sim uma quarta dimensão, mas ela também é espacial (um eixo “a” intercalado nos conhecidos “x”, “y” e “z”)…

    Mas essas ideias vao de encontro com os postulados da cosmologia já aceitos por muitos físicos…

    Quanto mais eu penso, menos eu sei… O vida cruel!

Deixe uma resposta