Mistério de como os antigos egípcios construíram suas pirâmides pode ter sido resolvido

Por , em 8.07.2014

Físicos da Universidade de Amsterdã (Holanda) podem ter resolvido um mistério de longa data: o de saber como os antigos egípcios construíram suas incríveis pirâmides, com pedras enormes e pesadas, em alturas impressionantes.

Dica: não foram os alienígenas.

Segundo os cientistas, os egípcios podem ter sido capazes de mover enormes blocos de pedra através do deserto molhando a areia na frente de um aparelho construído para puxar os objetos pesados.

Os físicos queriam saber qual era a força necessária para puxar objetos pesados em um trenó gigante sobre a areia do deserto. Umedecê-la, eles descobriram, reduz o atrito no trenó, que por sua vez fica muito mais fácil de operar.

Inspiração artística

Se você está pensando: dá onde os pesquisadores tiraram essa de que essas pedras eram movidas por um trenó?

Esta teoria não surgiu do nada. Ela veio através da observação de uma pintura encontrada na parede do túmulo do governante egípcio Djehutihotep, que retrata pessoas puxando um trenó com uma enorme estátua a bordo.

image_1894e-Djehutihotep-painting

A pintura, que remonta a cerca de 1900 aC, mostra 172 homens transportando a imensa estátua usando cordas, sendo que uma pessoa pode ser vista em pé na frente do trenó, despejando um líquido sobre a areia.

A partir disso, os pesquisadores decidiram testar a ideia em laboratório. Eles usaram uma pequena versão de um trenó puxado através de uma bandeja de areia. Em seguida, mediram a quantidade de força de tração necessária para mover o trenó, bem como a rigidez da areia.

pyramids1

Por fim, molharam-na. Com a quantidade correta de umidade, a força de tração necessária para puxar o trenó com uma enorme pedra pela areia reduziu pela metade.

“Pontes capilares surgem quando a água é adicionada à areia. Estas são pequenas gotas de água em que os grãos de areia se ligam. Na presença da quantidade adequada de água, a areia molhada é cerca de duas vezes mais rígida que areia seca. O trenó desliza mais facilmente sobre a areia firme, simplesmente porque ela não se acumula na frente do trenó como a areia seca”, explicam os físicos.

O estudo, publicado na revista Physical Review Letters, além de resolver o mistério das pirâmides, também tem aplicações modernas: as descobertas podem ajudar pesquisadores a entender o comportamento de outros materiais granulares, como asfalto, concreto ou carvão, o que poderia levar a formas mais eficientes para o transporte desses recursos. [Cnet, LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

16 comentários

  • Muri Ebert:

    Realmente fascinante mas tenho uma duvida ainda, se alguém pudesse me esclarecer seria um alívio 😛 Mesmo com essa tecnologia magnífica sido revelada, a principal força de trabalho era a humana na época. Acho que mesmo com esse método a quantidade de mão de obra deve ter sido colossal… no deserto! Queria saber se realmente existiam recursos naturais suficientes para tantas pessoas, eu sei que o rio nilo tinha uma quantidade de peixes abundante mas ainda não parece certo pra mim…

  • Gerson Alencar:

    Quando Brian Benson reprogramar as cabeças desses “cientistas’, eles descobrirão quando, como e para que foi construída a Grande Pirâmide.

    • Cesar Grossmann:

      Só se for na marra.

  • Michael Andrews:

    Ainda que a hipótese avançada seja plausível, não explica o corte da pedra perfeito altamente improvável de ser conseguido com martelo e escopo.

    • Cesar Grossmann:

      Corte da pedra perfeito? Onde? Você está falando daquele mito que diz que não dá para passar uma folha de papel entre as pedras? De qualquer forma, é arenito, mesmo que o corte tenha sido horrível dá para usar uma outra pedra e alisar a superfície da pedra.

    • Adriano Rolim:

      Os egípcios, jamais construiriam essas estruturas sem ajuda de uma tecnologia maior….nem nos tempos de hj é possível algo assim….

    • Cesar Grossmann:

      Adriano, você tem tanta certeza, mas tem alguma prova?

  • Leandro Mendes:

    Temos uma explicação plausível para o deslocamento das imensas pedras até a base da Pirâmide, mais não explica como eles elevaram esses blocos até o topo da Pirâmide. E ainda sim é preciso elevar o bloco para colocá-lo no trenó, como o fizeram? Por que uma estátua na figura ao invés de um bloco? Porque era uma estátua e não um bloco ué!. Vocês acham que seria possível nós construímos uma pirâmide dessa usando essa maneira? Acho que não.

    • Cesar Grossmann:

      Acho que registrar o deslocamento da estátua era mais interessante do que apenas do bloco. E quem desloca uma estátua, desloca um bloco menor que ela.

      Sobre como as pedras foram movidas até o topo da pirâmide (ou até o local em que deviam ser colocadas, aqui tem uma hipótese bem interessante, mas não sei como está o seu status dentro da academia:
      http://www.3ds.com/passion-for-innovation/khufu-reborn/khufu-reborn/

  • Luiz Marins:

    Agora é só descobrir como colocaram a estátua sobre a enorme pedra, e onde a encontraram. Será fácil, com certeza.

    • Cesar Grossmann:

      Fácil, acho que não, mas simples, com certeza. Usando planos, polias, alavancas e rodas.

  • Rafael Carvalho:

    E esse batalhão de operários… Teriam sido escravos?

  • Joel da Costa:

    Fascinante é a história egípcia!. Abraços.

Deixe seu comentário!