Por que é tão difícil encontrar um trabalho satisfatório e como procurar por ele

Por , em 21.01.2015

No mundo moderno, trabalhar significa muito mais do que apenas ter uma forma de sustento.

Para nossos ancestrais, o trabalho tinha a ver com sobrevivência ou necessidade, mas hoje substituímos a noção de emprego pela noção de carreira – essa, sim, com um significado maior.

Não queremos somente desempenhar tarefas, queremos desempenhar tarefas que façam sentido e que tragam satisfação para as nossas vidas.

Nem sempre é fácil encontrar realização em uma carreira, mas existem algumas dicas que podem te ajudar nessa busca.

Como descobrir o que trabalho gratificante significa para você

  • Aceite que é normal ficar confuso. É matemática simples: antes da Era Industrial, havia no máximo 2.000 opções de trabalho para as pessoas. Hoje, estima-se que existam meio milhão de carreiras disponíveis. Com um número muito maior de escolhas, e tendo que fazê-las em idade tenra, é normal não ter certeza de que você fez a certa, ou mesmo sequer conseguir fazer uma escolha (isso é chamado de “paradoxo da escolha”, quando não conseguimos selecionar apenas uma coisa entre muitas disponíveis). Não se estresse – esse é o melhor jeito de se acalmar e eventualmente conseguir tomar uma decisão.
  • Conheça a si mesmo. A maioria de nós não sabe espontaneamente o que queremos fazer da vida; não ouvimos um chamado, nem nascemos com um dom único. Mas isso não significa que não temos gostos e inclinações. O problema é que muitas vezes não prestamos atenção a eles. Assim, tome pequenas atitudes para descobrir o que você realmente curte. Evite preocupações financeiras, uma vez que sem elas você agirá mais naturalmente; liste sem critérios muito analíticos tudo que você já teve prazer de ver ou fazer; tente ligar essas coisas com uma ideia de ocupação. Aos poucos, você vai perceber que existem profissões que podem te fazer feliz.
  • Pense, pense, pense. Se às vezes demora meses para você decidir qual carro comprar ou para onde viajar, imagina para escolher o que fazer da vida. Vai levar tempo para que você possa determinar o que é gratificante para você, mas vai demorar ainda mais se você realmente não tirar o tempo para pensar sobre isso. Se você só passear pela vida realizando um trabalho que seu eu de 16 anos escolheu para você, sem nunca refletir sobre seus gostos e motivações pelo tempo apropriado, não conseguirá se sentir satisfeito.
  • Experimente coisas novas. Depois de refletir, é preciso agir. Você só vai REALMENTE conhecer a si mesmo e encontrar o que você gosta se testar fazer coisas que nunca fez antes. Talvez você encontre algo novo que ama, ou talvez descubra que já estava no caminho certo. Não é preciso abandonar seu emprego atual – você pode ter projetos paralelos que se revelarão muito interessantes, e te levarão a um novo ramo.
  • Reflita sobre o que deixa as pessoas infelizes. Toda empresa ou ocupação se destina a ser ou oferecer uma solução para os problemas das pessoas. Todo negócio bem sucedido resolve algo que as pessoas precisam que seja resolvido. Então, reflita sobre o que deixa as pessoas infelizes – isso pode te presentear com uma boa oportunidade de trabalho, uma ideia de mercado que te dará muita satisfação. Afinal, trabalhar é servir.
  • Encontre uma maneira de ser/estar confiante. A confiança é às vezes posta de lado como “besteira”, mas ela pode de fato levá-lo mais longe do que qualquer outra habilidade, inclusive técnica. A diferença entre sucesso e fracasso pode estar na confiança e na coragem de tentar. A ideia antiga e feudal de que somente apenas pessoas têm direito a certas coisas precisa ser abandonada. Todos podem ter e/ou conseguir o que quiserem; basta tentar. Assim, reflita sobre as coisas nas quais você é bom, orgulhe-se de si mesmo e do que você é capaz de fazer e depois corra atrás dos seus sonhos. Só assim você encontrará a satisfação que está buscando.

 

Essas dicas são baseadas no vídeo abaixo, feito pelo The School Life. Infelizmente, só está disponível em inglês. [LifeHacker]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

1 comentário

Deixe seu comentário!