Se ela dança muito bem, pode estar no período fértil

Por , em 19.08.2012

Mais do que apenas revelar suas habilidades na pista, uma dança pode indicar quando uma mulher está em seu período fértil. A conclusão veio de um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Göttingen (Alemanha).

Durante o período fértil de seu ciclo menstrual, as mulheres são consideradas mais atraentes, mesmo quando a única coisa que se vê é a sua silhueta. Assim, o período de ovulação pode não ser tão “velado” quanto se imaginava.

“Essas mudanças são sutis, e as mulheres podem nem sempre estar conscientes delas. Contudo, parece que homens são capazes de tirar informações sobre a fertilidade das mulheres a partir desses sinais”, conta o pesquisador Bernhard Fink.

Instinto masculino

Em 2007, um famoso estudo revelou que dançarinas exóticas recebem melhores “gorjetas” durante a fase fértil de seu ciclo menstrual. Mas, no caso desse estudo, como havia o contato direto com os “avaliadores”, muitos fatores podiam influenciar a opinião deles (tom de voz, movimento, odor corporal). Na pesquisa recente, Fink e seus colegas limitaram os sinais dados pelas participantes.

Eles pediram a 48 mulheres com idades entre 19 e 33 anos para que dançassem duas vezes ouvindo uma mesma música: durante o período fértil e durante o não fértil (calculados a partir da última menstruação). Além disso, elas vestiram roupas idênticas e prenderam o cabelo.

Em seguida, pediram que 200 homens (em sua maioria, colegiais ou universitários) observassem as gravações das danças (eram mostradas apenas as silhuetas). Sem saber que a pesquisa tratava de fertilidade, eles consideraram mais atraentes as dançarinas que estavam em seu período fértil. Quando os pesquisadores mostraram vídeos com silhuetas das participantes caminhando, o resultado foi o mesmo.

Sutil, mas não tanto

Como os homens puderam notar as diferenças apenas observando a movimentação das mulheres? Fink e seus colegas suspeitam que as flutuações do hormônio estrogênio (que pode afetar a musculatura da pessoa) estejam por trás disso.

Por muito tempo, cientistas acreditaram que, ao contrário do que acontece com outros mamíferos, em seres humanos a ovulação se tornou pouco evidente por questões evolutivas – talvez como forma de promover a monogamia e o cuidado parental. O estudo mostrou, porém, que os homens são capazes de perceber a fertilidade. Mas ainda não sabemos se isso tem alguma vantagem evolutiva ou se é apenas um efeito não intencional das alterações hormonais.[Live Science]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Baby Gatinha:

    eu achei legal….

  • Saprugo:

    Uma pesquisa tão (f)útil quanto saber quais as três frutas preferidas de uma drosophila melanogaster fêmea, em ordem de preferência, 46,78 minutos antes de ela botar seus ovos, em um dia de primavera de um ano bissexto no hemisfério sul, enquanto acontece uma aurora boreal no hemisfério norte…

Deixe seu comentário!