Segurar algo morno nas mãos nos torna mais afáveis

Por , em 27.10.2008

Pessoas que seguram um copo de café quente na mão tendem a ver pessoas estranhas com uma personalidade mais afável do que quando seguravam uma bebida fria.

Além disso, as pessoas que viam os outros como mais confiáveis e gentis ao segurar algum objeto quente nas mãos também foram mais generosas.

Os resultados apóiam a idéia de que calor físico está ligado ao calor psicológico e também sugere que a ligação pode ter raízes na mente, talvez da época em que nossos pais cuidavam de nós.

Os pesquisadores da Universidade do Colorado, nos EUA, disseram que a associação entre calor físico, psicológico e interpessoal é profunda e pode ser o resultado de anos de aprendizado.

Podemos considerar, por exemplo, que uma pessoa calorosa é colaboradora, amigável e confiável, disseram os cientistas.

ESQUENTANDO

Os voluntários foram estudantes universitários que, dentro de um elevador, recebiam um copo de café aquecido e, em seguida, tinham que escrever sobre os traços da personalidade de outras pessoas que usavam o elevador como: generosidade/não generoso, feliz/infeliz, amigável/irritável, sociável/anti-social e desprendimento/egoísmo.

Se as pessoas tinham segurado anteriormente o copo com bebida quente, ao invés de gelada, davam características significativamente mais “calorosas” àqueles que passavam pelo elevador. Nos traços da personalidade que não estavam ligados à afabilidade não houve diferença se o voluntário esteve ou não segurando uma bebida quente ou fria.

Em outro teste que conectava calor físico com comportamento afável foi dito para os voluntários segurarem em suas mãos uma compressa terapêutica quente ou fria. Os voluntários pensavam que o teste era para avaliar o produto e a recompensa seria um vale-presente para ele mesmo ou para um amigo. As pessoas que seguravam o pacote quente tendiam mais a pedir um vale presente para um amigo do que o presente para si mesmo.

MEMÓRIAS PASSADAS

O estudo mostra que o efeito físico da temperatura afeta não apenas nossa percepção, mas também nosso comportamento. Além de o calor nos fazer ver as pessoas como mais afáveis também pode fazer com que nossas atitudes sejam mais afáveis.

Os pesquisadores explicam que estes efeitos são frutos de uma associação aprendida desde a primeira infância quando nossos pais cuidam de nós com amor e afeto e, ao mesmo tempo, experimentávamos contato com objetos mornos: seres humanos.

O breve contato com objetos mornos podem trazer à mente, de maneira inconsciente, estes sentimentos de amor e afeto através dessa associação, mas não atravessam a barreira para se tornarem conscientes. [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 2,67 de 5)

4 comentários

  • Marcos Vinícius:

    Talvez isso explique literalmente o porquê da frieza das pessoas de países frios e o porquê do calor do povo brasileiro…

  • Rita:

    Bruno e Leonardo
    Apesar de serem muito pertinentes suas observações quanto aos comportamentos típicos de pessoas de climas diversos, há que se considerar as suas culturas, que não deixam de ser decorrentes dos ambientes e climas também;
    mas não penso que neste caso seja pertinente, pois o que a experiência demonstra é a diferença entre a temperatura ambiental e corporal em relação à temperatura do que é tocado, ser mais quente (tornar mais amável) e mais fria (tornar menos amável) e não da sensação térmica do corpo todo em relação ao ambiente…
    Abraços
    \o/

  • Leonardo:

    Isso pode explicar também o porquê de pessoas que habitam países frios são percebidas como mais distantes, menos afáveis, comparadas àquelas que habitam países quentes, tropicais.

  • Bruno:

    Será que isso quer dizer também que no verão as pessoas se tornariam mais afáveis?

Deixe seu comentário!