Sofrer Bullying é genético

Por , em 27.05.2010

Uma das palavras importadas que mais entraram em nosso uso corrente nos últimos tempos é o Bullying. Para quem preferiu não acompanhar discussões pedagógicas nos últimos anos, Bullying é cometer atos de violência física ou psicológica, que parte de um indivíduo com o objetivo de intimidar, contra outro incapaz de se defender. É mais comum entre crianças e jovens nas escolas.

Uma pesquisa da Universidade Duke (na Carolina do Norte, EUA) sugere que um gene relaconado a problemas emocionais apresenta uma “tendência” do portador sofrer bullying. O cromossomo responsável seria a versão curta do 5-HTT, que está ligado ao estresse.

O nível de “vulnerabilidade” ao bullying, segundo os cientistas, está associado à estrutura dos cromossomos 5-HTT, e a questão é se as cadeias cromossômicas são curtas ou longas. Entre as cranças que sofrem bullying, um terço das crianças com duas cadeias curtas apresentaram problemas emocionais. Esses problemas foram verificados em 29% das que possuem uma cadeia curta e outra longa, e 15% para os que possuem duas longas.

A conclusão desse papo genético é que a cadeia curta do gene (na qual houve maior número de crianças com problemas) é a responsável pelo transporte de um hormônio chamado serotonina, que controla alterações de humor, emocionais, e o estresse.

Um grande número de vítimas de bullying com até 12 anos de idade apresentavam duas cadeias curtas do cromossomo. Em média, eles acumularam de seis a sete sintomas de depressão, ansiedade e dificuldades sociais relacionadas ao bullying. [Science News]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 3,00 de 5)

14 comentários

  • estevão:

    BULLYNG É A COISA MAIS HORRIVEL DO MUNDO , AGRADIR HUMILHAR
    AQUELAS BRINCADEIRAS QUE FAZEN TODO MUNDO RIR CAUSAS PROBLEMA
    NA EMOÇOES NO COMPORTAMENTO TWNHO 13 ANOS JA SOFRI BULLYNG
    E POSSO DISER ISSO

  • rogers:

    ñ cometa BULLING ta muito fora de moda se cometeu eu ainda comete pare porque é feio

  • daniela da silva:

    pior coisa do mundo eh o bullying.

  • Mara:

    Conheço uma pessoa que até os 13 anos era linda, paquerada, querida por todos na escola, nas festas, no bairro onde morava etc. Ela era feliz, andava de cabeça erguida e não dava a mínima para os pontos negativos que alguns invejosos às vezes faziam questão de realçar.
    Dos 15 aos 17, aconteceram algumas transformações: espinhas apareceram em seu rosto; ela começou a engordar e se vestir mal.
    Nas ruas passou e ser chamada constantemente de feia; na escola a chamavam de canhão, dragão, baranga etc.
    Resultado: Ela passou a dar importância aos “títulos” que ia recebendo. Começou a se fechar, entrar em depressão, se achar inútil e tão monstruosa que acabou se isolando de tudo e de todos…
    Agora, pergunto: Não foi o ambiente que transformou essa pessoa a ponto de deixá-la sem atitude? Onde a genética entra nessa questão?

  • Nei:

    Então quando um cara desses de cadeia curta ou longa se enche e pega uma arma e mata umas dezenas de pessoas a cadeia dele fica de tamanho normal e ele está curado. (Como já deve ter acontecido nos EUA).
    Não sou fã de raciocínios de laboratório. Lembremos que as características de um indivíduo é determinada por:
    50% – influencia ambiental;
    50% – influência genética.
    Biologia básica

  • Edu:

    Concordo com a Alexandra.
    Só faltou o autor deste blog dizer que as vítimas de bulling são “culpadas” geneticamente por sofrerem esse tipo de violência.

  • CARLOS:

    BASTA UMA PESSOA COM ESTE PROBLEMA ENCONTRAR UM DOIDO DE VERDADE, QUE ELE SARA RAPIDINHO….

  • Alexandra:

    A teoria me parece interessante,mas acredito que ela só explica uma deficiência genética emocional,bullying tem mais a ver com má educação,não das pessoas que sofrem esse tipo de agressão,mas pelas pessoas que a praticam.

  • Cristiano:

    Hum… Será que medicamentos que alteram os níveis de serotonina ou um tratamento hormonal não poderiam ajudar essas crianças?

  • Jane:

    Ator Guilherme Berenger fala sobre o bullying que sofreu.
    http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1264429-7822-GUILHERME+BERENGER+REVALA+QUE+SOFREU+BULLYING,00.html

  • franbogado:

    “Homossexualismo é genético”, “corrupção política é genética”, “policial bandido é genético”, toda porqueira e safadeza da personalidade humana e todas as coisas não explicadas pelo senso comum, agora é culpa da “genética”. Paciência.

  • franbogado:

    Uma matéria como essa parece até “pegadinha”, “camera escondida”!
    Nao consigo imaginar jovens sofrendo “bullying” e o caso indo parar em tubos de ensaio, em vez de ir parar na delegacia!
    Sem sentido algum!

  • franbogado:

    Isso não é genético, é modismo!

  • Claudia:

    Daqui a pouco vão nos dizer que pobreza, terrorismo, roubo, assassinatos, são determinados geneticamente. Hitler deve estar sorrindo, dando alegres voltas no túmulo.

    Antes que alguém leve a sério esta asneira genética, é só lembrar que ninguém nasce para ser torturado e tampouco nascem bebês com perfil para ser torturador. Nem de psicopatas pode se falar isso, pois há psicopatas adaptados ao convívio social.

    Contribuído!

Deixe seu comentário!