Tecnologia e felicidade andam juntas

Por , em 13.05.2010

Uma pesquisa que analisou mais de 35 mil pessoas no mundo todo descobriu que pessoas que tem acesso à tecnologia são mais felizes.

O estudo mostrou, também, que as mulheres de países em desenvolvimento são as que mais valorizam as tecnologias de comunicação. De acordo com os cientistas responsáveis, essas mulheres, por serem restringidas pela sociedade e precisarem ficar em casa, valorizam canais de comunicação e redes sociais (Facebook e Orkut, por exemplo).

Outra descoberta foi que os idosos não sentem a mesma coisa, apesar dos esforços dos países para que pessoas mais velhas passem a acessar a internet.

No entanto, há especialistas que não concordam com os resultados das pesquisas. Para eles, as tecnologias de comunicação estariam misturando um tempo dedicado à família e à vida social com as horas reservadas. Mas ainda fica a crença, quase geral, de que ter computador em casa é um sinal de prosperidade e de educação elevada. [BBC]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,50 de 5)

3 comentários

  • Henrique Martins:

    Depende de como a pessoa se comporta na sociedade, sendo a pessoa muito introvertida as redes sociais seriam ótimas.
    Para mim felicidade em tecnologia consiste em “fazer” tecnologia
    programar ,inventar descobrir,criticar, verificar e modificar.

  • Rosangela:

    Então eu sou SUUUUUUUUUPER feliz!

  • Anônimo:

    Ambos estão certos. A tecnologia traz felicidade e prejudica a saúde e um melhor relacionamento com a família. Eu sou vítima disto e estou procurando me dedicar menos ao computador e mais a outros afazeres que estou deixando de lado. Só que está se tornando impossível diminuir as horas com o uso do computador.

Deixe seu comentário!