Timidez pode ser classificada como doença

Por , em 13.02.2012

Agora, comportamentos tímidos, de luto ou excêntricos podem ser classificados como doenças mentais, deixando milhões de pessoas com o risco de serem diagnosticadas com distúrbios psicológicos.

A quinta edição do Manual de Diagnósticos e Estatísticas (MDE) de Doenças Mentais pode também incluir o vício pela internet e jogo como problema médico.

Apesar do guia ser destinado aos Estados Unidos, especialistas temem que isso afete outros países. “Nós precisamos ter muito cuidado antes de exportar definições de doenças e distúrbios”, comenta Simon Wessely, psiquiatra de Londres.

“Em 1840, o censo dos Estados Unidos incluía apenas uma categoria de doença mental. Em 1917, a Associação de Psiquiatria Americana reconheceu 59, subindo para 128 em 1959, 227 em 1980, e 347 na última revisão. Nós precisamos mesmo de todas essas definições?”, indaga.

Provavelmente não. E há um grande perigo da timidez virar uma fobia social. Peter Kinderman, da Univerisdade de Liverpool, afirma não ser “humano” descrever pessoas tímidas ou em estado de luto como mentalmente doentes.

Algumas associações e psicólogos britânicos já se pronunciaram contra as mudanças. Uma petição para tentar parar a publicação do manual atingiu 11 mil assinaturas de psicólogos.

Há o medo de que as novas classificações sejam influenciadas por companhias de medicamentos que esperam ganhar muito dinheiro com um maior número de doenças, já que o sistema privado de saúde americano exige um diagnóstico reconhecido pelo manual.

“O MDE5 vai expandir radicalmente as fronteiras da psiquiatria. Milhões vão receber diagnósticos e tratamentos inapropriados”, afirma Allen Frances, da Universidade Duke, na Califórnia do Norte. [Telegraph, Foto de Sukanto Debnath]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

41 comentários

  • Bia:

    Eu era doente então,quando entrei na minha escola nova fiquei um ano sem falar com ninguém e quando ia falar nem que fosse um oi minha voz sumia era horrível …depois achei outra menina igual a mim e aí me soltei apenas com ela hoje tenho mais amigas 😀

    Ps: nunca namorei kkkk

  • Bruno L. Rocha:

    Ela é vencida pela coragem e, principalmente, a mudança de vida. Não é entupindo de remédios e nos privando de futuros Bill Gates ou Steve Jobs que vão mudar isso.

  • Amanda Segundo:

    Então quem é viciado em internet e em jogos , mais é timido é considerado doente ?
    Bom, isso é muito exagero, pois se for assim, sou muito doente .-.

    • Rosana Oliveira:

      confundir “mas” com “mais” deveria ser considerado doença.

  • Zeca:

    “Pode”? Que fantástico para a Indústria Farmacêutica!!

  • Feh:

    Doente é quem fez essa pesquisa!

  • Alex:

    Sou tímido, doente não, tenho as mesmas capacidades de discernimento dos extrovertidos e habilidades talvez até mais aguçadas. Para mim timidez não é doença, mas apenas um traço de personalidade como outro qualquer que se bem explorado pode permitir o surgimento de novos grandes feitos arquitetados por estas mentes tão inquietas!
    Que o diga Bill Gates e Steve Jobs…
    Devemos aprender a conviver com as diferenças antes de taxar alguém como doente. Apesar de tímido tenho bons amigos com as mais variadas personalidades. Não almejo ter um caráter mais expansivo ou extrovertido. Ser comedido, ouvir mais do que falar e expressar a opinião no momento certo são características que fazem parte da minha vida. Acho as pessoas extrovertidas apaixonantes mas não as invejo, só me contento e acho necessário tê-las como amigas pois contrabalançam minhas características e no final formamos um peso de duas medidas onde cada um aprende com as diferenças.

    O barato da vida é saber conviver com as diferenças, mesmo se você for o mais diferente da situação!!!

    Abraço pra todos os tímidos e extrovertidos!

    • Bruno L. Rocha:

      É mais um dos golpes da OMC para enriquecer a industria farmacêutica. Apesar de ser um pouco tímido e fechado, quando tenho vontade, sou totalmente extrovertido. Acredito que os tímidos, de certa forma, são mais pensativos que os extrovertidos.
      Lembre-se que os mais quietos, são os mais espertos que a média.
      Prevejo medicamentos acabando com a mente de futuros brilhantes.
      Mas qualquer coisa em exceço pode ser algum tipo de fobia antissocial realmente doente.

    • Henrique Martins:

      Você não deve ser muito tímido, afinal tem amigos eu que por causa da tímidez nem tenho.
      Uma pessoa que não é extrovertida não deve ser necessariamente tímida afinal, extrovertido não é antonimo de tímido.(opinião)

    • Rosana Oliveira:

      Tímido e extrovertido são antônimos.
      Quando você disse que “se uma pessoa não é extrovertida, não necessariamente é tímida” eu concordei, pois existe um meio termo.
      Quando não se está em cima, não necessariamente está embaixo, pois podemos estar no meio. Entende?

  • Júnior:

    Doença: s.f. Alteração na saúde, no equilíbrio dos seres vivos; moléstia: doença epidêmica. A timidez normal não deve ser considerada doença, mas a Fobia Social sim, pois, como na definição acima, a alteração na saúde (da mente também) e do equilíbrio dos seres vivos (interação social se encaixa nisso) são indícios de doença.

  • Lúcia:

    Eu era bem mais tímida do que sou agora e isso em incomodava. As pessoas não me chamam mais tímida, mas me lembro de que, mesmo tímida na infância e na adolescência, sempre tive bons amigos e nunca ficava sozinha no intervalo das aulas. Mas poderia ter namorado mais…

    • Bruno L. Rocha:

      O arrependimento é sempre a pior parte.

  • A.I.R.:

    As vezes a pessoa tímida acaba se revelando a mais sensata em várias situações da vida,por isso,não se pode tratar isso como uma doença.

  • eduardo:

    Ou seja, quanto mais doenças, mais lucro para a indústria farmacêutica…
    As pessoas tímidas já sofrem com esse status, e agora podem ser caracterizadas com doença mental?

    Ainda permanece o meu pensamento sobre uma matéria que eu vi aqui no Hyp., sobre o que motiva os cientistas a descobrir as coisas. No artigo alega-se que é a “curiosidade” a precurssora do trabalho dos caras.
    Mas, na minha opinião, acho que o principal motivo de as pessoas caminharem para o campo da ciência – principalmente a da medicina – é o dinheiro com as “pesquisas” e/ou remédios criados….

  • Raphael:

    Psicólogo é tudo charlatão e doente. Concordo que timidez é algo próximo a fobia social. Falo isso como um tímido que se tornou fóbico por não ser tratado.
    Palmas aos psiquiatras, verdadeiros profissionais dedicados a cuidar da psique e não esses charlatões dos psicólogos.

    • Rosana Oliveira:

      Como assim “psicólogo é tudo charlatão”? Não generalize. Há vários profissionais contra isso.
      Você precisa pesquisar mais, hein…
      Pra início de conversa, a aprovação dessa nova classificação nada mais é para vender mais medicamentos, ou seja, interesses financeiros.
      Quem receita medicamentos para fins psicológicos não é o psicólogo, mas sim, os psiquiatras.
      O psicólogo trata a timidez com terapia, análise. Há casos que não necessitam de medicação e o psicólogo é o profissional certo pra isso. Com a aprovação dessa nova classificação, a timidez vira caso de psiquiatra, ou seja, um traço de personalidade que, caso interfira na vida do paciente, possa ser controlado com análise, será “tratado” com um medicamento sem função alguma, já que timidez não é doença.

      Então…pare de puxar saco dos psiquiatras e meter pau nos psicólogos, pois ambos têm suas respectivas importâncias.

      Obs: não sou da área da psicologia. Sou estudante de Nutrição, mas não pude deixar de me pronunciar, já que muitas vezes sofremos os mesmos preconceitos por não podermos receitar medicamentos que um Nutrólogo pode. Há pessoas que emagrecem ou engordam com dieta (acredite, há pessoas que precisam engordar) e outras necessitam de medicamentos, pois o problema é endócrino, sou seja, fisiológico. É aí que entra o Nutrólogo.

      Só pra esclarecer:
      Nutricionista = cursou graduação em Nutrição.
      Psicólogo = cursou graduação em psicologia.
      Achou óbvio demais?

      Nutrólogo = cursou medicina e fez especialização em Nutrologia. Pode receitar medicamentos mas não conhece a Nutrição e seus mecanismos tão profundamente quanto um Nutricionista. Quem quer emagrecer e não consegue, por conta de problemas endócrinos recorre a ele. Se o trabalho é feito em conjunto com um nutricionista, as chances de sucesso são grandes, já que o nutricionista é quem calcula e planeja a dieta.

      Psiquiatra = cursou medicina e fez especialização em Psiquiatria mas não conhece a psicologia tão profundamente quanto um psicólogo. Quem tem depressão por conta de deficiências na secreção de neurotransmissores como serotonina entre outros problemas que necessitem de medicação para seu controle, recorre a ele. O tratamento tem maiores chances de sucesso se realizado em conjunto com um psicólogo, que faz terapia de análise e este tenta encontrar a raiz do problema.

  • Márcio M:

    O que eu não gosto nas matérias do Hypescience é que a maioria delas possuem em seu título: “PODE (M)” … cuidado com o título, pois dizer q “pode ser isso, ou aquilo” não significa que “É”! Ou estou enganado? Assim, me parece até que tem “pouco de científico” nessas matérias! ¬¬

    • negative:

      Concordo com você, as vezes eles exageram no apelo jornalistico..

    • Ezio Jose:

      O “Pode” deixa claro que há circunstâncias em que não “É”. Cmo pode ocorrer casos em que “É”. Na verdade, existem fatos que não podemos generalizar.

  • SandroW:

    Timidez na medida certa nos mantém comportados, porém todo sentimento que atrapalhe nosso desenvolvimento pessoal e social acredito que pode sim ser classificado como uma patologia.
    É como se fosse um cancro na alma em casos mais extremos.
    Então esse sentimento deve ser combatido, e se nescessário deve-se busar ajuda sim. Por que ficar sofrendo a toa!?

  • Walrus:

    Essa matéria diminuiu ainda mais a minha auto-estima…..:(

    • Geraldo:

      Eu sofro de fobia social e não consigo me enturmar, pois a qualquer situação eu sinto ruborização, taquicardia, sudorese e o cérebro “trava”. Essa fobia é fomentada pela timidez excessiva. Os sintomas aparecem simplesmente quando alguém fala o meu nome. E 70% dos casos tratados por psiquiatras ou psicólogos são recidivos. Isso é ruim, principalmente no ambiente de trabalho, onde está o nosso ganha-pão. Procuro os médicos, mas não quero tomar remédios psicotrópicos, o que reduz o possibilidade de melhora (não de cura).

  • Aloisi:

    Doente é a raça humana.

  • Elton:

    Era sol que me faltava. ¬¬”

    • Ezio Jose:

      Faltando SOL, pode-se ingerir a KAISER, BAVARIA PREMIUM, HEINEKEN ou XINGU que são todas fabricadas pela FEMSA CERVEJA BRASIL. A origem é mexicana mas a água é brasileira mesmo.
      Os bebedores de marcas diversas dizem que não é uma boa pedida e preferem a SKOL, BRAHMA ou ANTARTICA.
      Eu, particularmente, prefiro a BOHEMIA S/ÁLCOOL, já que sou abstenço de bebidas alcóolicas há 16 anos quando minha cota esgotou-se.

  • eguinaldo:

    Da p/ classificar como doença quando houver qualquer
    mudança fisiológica e mental muito grave q comprometa
    a vida social e pessoal da pessoa do individuo´,pode
    ser que coloquem em termos médicos dificeis
    ai a nóia pegue.:(

  • Chuck Norris®:

    Sou extremamente tímido, e cada vez fica pior. Não consigo mudar. Tem gente que acha que isto é frescura, mas é muito sério. É terrível! : l

    • Marcelo Ribeiro:

      Procurar um psicólogo ou psiquiatra com boas indicações é uma boa, Chuck. Pode ajudar muito.

    • Si:

      concordo, isto é muito serio, tb tenho serios problemas de timidez, nao gosto de sair, me espor, fio quase so em casa, mas tenho familia, filhos, como lidar com isto? nao e nada facil nao, minha filha qr ir ao parquinho, visita uma amiguinha, e ai eu q nao qro, é duro… doi na gente, nao posso prejudica-la…

    • Thisa:

      ´e serio mesmo, atrapalha nossa familia,

    • Jonatas:

      Assumir a figura de Chuck Norris, que virou um mito na brincadeira das verdades supremas de Chuck Norris, pode ser um sinal aqui de sua timidez. Talvez apresentando seu verdadeiro EU aqui mesmo possa ser positivo pra ti. Quem sabe siga o caminho do Capitão Caverna, o Romário.

    • Katakuna:

      Eu também sou extremamente tímido, mas o pior é que ru sou assim até na internet.

  • Paulo Eduardo:

    Timidez é um comportamento natural do ser humano, classificar como doença é radicalizar demais, se for assim milhões de pessoas tem esssa doença e eu tambem!!

    • Thiago:

      “Tambem acho que é uma grosseria chamar timido de doente acho ate falta de respeito com muitas pessoas timida….

    • Igor:

      Pode não ser doença, mais não me venha com essa ”eh natural” qual a doença que não eh natural?Existe doença sobrenatural por acaso?O mais correto seria eh ”normal” não ”eh natural”, pois todas as doenças e distúrbios tbm o são, apenas não são ”normais”.

    • Paulo Eduardo:

      Eu não disse doença natural e sim um comportamento natural! Quando digo “natural” me refiro a um comportamento espontâneo! Toda situação gera uma reação e a timidez é um comportamento que todos os seres humanos sentem em determinadas situações!!

      natural (na-tu-ral)
      adj.
      Que se refere ou pertence à natureza.
      Produzido pela natureza ou de acordo com suas leis.
      Espontâneo, simples, desafetado.

    • anderea:

      (Quando digo “natural” me refiro a um comportamento espontâneo)Muitas pessoas com doenças tem comportamento espontaneo não são controladas por nada,sistema cerebral é simplesmente diferente reações diferentes entendeu bom não quero complicar minha explicação….
      Pessoas normais parecem que não percebem que num mundo sem pessoas com emoções seriam consideradas doentes.
      (e todos os seres humanos sentem em determinadas situações!)nem todos tem capacidade de sentir pode se dizer que hoje tem doença para tudo e tem coisa para tudo é melhor vc trocar esse´´todos os seres humanos sentem em determinadas situações!“ por ´´maioria dos seres humanos sentem em determinadas situações“

    • Paulo Eduardo:

      Claro que existem limites fisicos e psicológicos que faz com quê alguns seres humanos não sintão tais emoções, mas estou me referindo unicamente a quem pode sentir a timidez! Caramba eu preciso ser tão especifico assim e eu não disse que pessoas doentes não tem comportamento espôntaneos!! você devia analisar melhor o quê você lê e tambem o quê você comenta!!

    • Ezio Jose:

      Determinadas situações.

    • Andy:

      É isso ai

Deixe seu comentário!