Micro-ondas são a nova ideia para diminuir custos ao enviarmos satélites para o espaço

Por , em 26.07.2015

Uma equipe de pesquisadores alocados na Escape Dynamics (ED), uma empresa que desenvolve tecnologias para melhorar nosso transporte até o espaço, afirma que é possível dar partida em naves espaciais usando micro-ondas disparadas a partir do solo.

Se a ideia realmente evoluir, as economias de custos para o envio de satélites (ou talvez até de humanos) para o espaço poderão ser consideráveis.

Micro-ondas muito além da sua cozinha

Os foguetes de hoje são todos baseados na mesma ideia.

Cada parte da nave é preenchida com um propulsor que empurra o foguete para o espaço conforme ele entra em combustão. Esse método é muito caro, como todos já sabemos, porque o propulsor é extremamente pesado.

A ideia da ED, então, é procurar uma abordagem mais eficiente, como as micro-ondas que, por sua vez, devem aquecer o hidrogênio utilizado como combustível e fazer com que as naves tenham força o suficiente para chegar ao espaço.

Testes iniciais

A primeira bateria de testes envolveu a construção de um propulsor que opera no chão e, em seguida, um teste para ver quanto de impulso é gerado pela engenhoca. A equipe relatou ter alcançado um impulso específico de 500 segundos usando hélio, e acreditam que quando trocarem este gás por hidrogênio, o número deve saltar para 600 segundos – o suficiente, dizem eles, para empurrar uma pequena embarcação para o espaço.

Com uma espaçonave real, as micro-ondas atingiriam o escudo de calor na parte inferior da nave, alimentando um motor eletromagnético que, por sua vez, iria aquecer o hidrogênio conforme ele fosse liberado no tanque.

O resultado seria um grande impulso.

Expectativas

Uma vez em órbita, a nave deve permanecer no ar o tempo suficiente para implantar um satélite e fazer o caminho de volta para a Terra. O truque aqui é que o sistema todo não tem de ser eficaz, apenas a própria nave. A matriz de micro-ondas seria alimentada por eletricidade, gerada por qualquer meio, para baixo aqui na Terra.

Obstáculos

Há ainda, naturalmente, uma série de obstáculos para superarmos antes que a ideia possa ser considerada viável. A matriz das micro-ondas, por exemplo, teria que se provar suficientemente forte e capaz de manter a embarcação ao longo do caminho, principalmente quando ele tiver alcançado o espaço.

Também pode haver problemas de segurança em torno do disparo de uma quantidade tão grande de micro-ondas para o espaço.

Por outro lado, se bem-sucedida, a ideia pode baratear significativamente os custos para o envio de satélites ao espaço.[phys]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)

Deixe seu comentário!