As 10 raças de cães mais populares e por que elas foram criadas

Por , em 13.12.2018

As características dos cachorros foram cuidadosamente moldadas por nós através dos milênios, e diversas raças foram sendo criadas com diferentes funções – para pastoreio, caça, companhia e até para rodar espeto de carne no fogo.

Com o passar das décadas essas características físicas vão mudando mesmo dentro de uma raça, e o tamanho da cabeça, formato do focinho, e até o tamanho geral dos cães vão se alterando através das seleções genéticas.

Mas da mesma forma que se cria o que é convencionado como uma raça específica, também é possível abandonar completamente a criação de algumas delas, e a raça entra em extinção, como é o caso do Turnspit Dog (Cão Virador de Espeto), que deixou de existir em 1900, mas que era muito popular em 1750.

Veja fatos curiosos sobre 10 raças que são ou que já foram muito populares:

10. Turnspit Dog


Este cão está extinto atualmente. Ele foi muito popular entre 1750 e 1800 por ter uma função muito específica: girar espetos de carnes que eram assadas. Até o século XVI, quem fazia esta tarefa nas grandes casas britânicas eram meninos, mas eles acabavam com bolhas nas palmas das mãos e queimaduras no corpo de tanto girar os espetos.

Um dia alguém teve a ideia de colocar cães para andar e correr dentro de barris, da mesma forma que hamsters correm em suas rodinhas de exercício. Mas esses pobres animais eram tratados como mais uma ferramenta de cozinha, e muitas vezes sofriam maus-tratos para que continuassem andando. Alguns cozinheiros jogavam carvão quente dentro do barril para fazê-los correr mais rápido.

A boa notícia é que eles foram a inspiração para a criação da primeira sociedade global de proteção aos animais, a SPCA. Seu fundador, Henry Bergh, formou a sociedade depois de encontrar Turnspits trabalhando em condições desumanas em um hotel.

Esta raça nunca conquistou simpatia da população, que a considerava muito feia. Estes cães eram fortes e com pernas curtas. Outra função curiosa para eles no inverno era servir de aquecimento para os pés de seus donos quando eles iam à igreja.

O cão se tornou obsoleto depois da invenção do girador de espeto, e em 1900 eles deixaram de estar presentes nos lares da Inglaterra.

9. Lulu-da-pomerânia


Qualquer pessoa que já interagiu com um Lulu sabe que eles se comportam como se fossem cachorros enormes e fortes. Talvez eles tenham essa mentalidade de cão grande porque eles eram grandes há alguns séculos. A raça pesava 14 kg enquanto o Lulu atual pesa entre 1,4 e 3,2 kg.

Ninguém sabe quais cães originaram a raça, mas há um consenso que o Spitz Alemão estava envolvido. O Lulu-da-pomerânia pertence à classe de cães Spitz, que são os ancestrais dos cães de puxar trenó.

O papel desses cães mudou no século XIX, quando eles acabaram virando cachorros de companhia e de colo. Eles foram selecionados para ficarem cada vez menores na região da Pomerânia, no norte da Polônia e da Alemanha.

9 raças de cachorro super estranhos

8. Pastor alemão


Esta raça foi criada para cuidar de ovelhas. Os primeiros deles apareceram em 1850, quando pastores (humanos) cruzaram vários cães para criar um tipo forte, rápido, com bom olfato e obediente para ajudar na guarda dos rebanhos.

Vários cães pastores foram criados no final do século XIX, e em 1891 foi criada uma sociedade para padronizar as raças de cães da Alemanha. Mas esta associação logo foi desfeita, porque seus membros não conseguiam decidir se apenas a funcionalidade deveria ser priorizada sobre a aparência.

Em 1899 o ex-membro da sociedade, Max von Stephanitz, apresentou um dos cães criados pelos pastores. O Pastor Alemão foi escolhido pela sua inteligência, e chamado de Deutscher Schaferhund (Cão Pastor Alemão).

Mais tarde ele cruzou este cão com outros cães de pastoreio, incluindo alguns parentes próximos dos lobos, e criou o que conhecemos atualmente como Pastor Alemão.

7. Doberman Pinscher


O primeiro Doberman Pinscher foi selecionado por Karl Freidrich Louis Dobermann. Ele trabalhava como coletor de imposto, guarda-noturno e para a carrocinha. Dois de seus empregos o colocavam sob perigo, o que o motivou a procurar um cão que pudesse protegê-lo.

Ele queria um cão esperto, alerta, confiante, corajoso e protetor. Dobermann procurou em seu canil por cães com essas características, e os cruzou várias vezes. Não se sabe exatamente que tipo de cachorros ele usou, mas seu filho afirmou que um deles era um macho chamado Schnupp e uma delas era uma fêmea chamada Bismarc.

Outro criador de cães diz que Dobermann usou Dog Alemão, Pastor Alemão e Pinscher Alemão nessa mistura.

6. Chihuahua


O passado do Chihuahua é misterioso. O que se sabe é que ele chamou atenção dos estadunidenses pela primeira vez na cidade de Chihuahua no século XIX. Acredita-se que ele seja um descendente do antigo cão mexicano, o Techichi, que era bastante parecido, embora maior.

Mas outros dizem que o Chihuahua é uma mistura entre o Techichi e o Cão Chinês com Crista ou com o Cão Pelado Mexicano. Já outras pessoas dizem que o Chihuahua era nativo da Itália, e que era descendente do cão Maltese de Bolso.

Os Techichis eram criados pelos Astecas, Incas e Toltecas como fonte de alimento, mas alguns eram temporariamente tratados como animais de estimação. Geralmente eles eram mortos, mumificados e enterrados quando seus donos morriam, para guiá-los na outra vida.

O primeiro Chihuahua chegou aos EUA em 1880, quando turistas americanos os compraram em viagens ao México. Já que era desconhecido nos EUA, as pessoas o chamavam pelo nome da cidade em que eles foram encontrados. Eles também eram conhecidos como Cão do Arizona, Cão do Texas e Cão do México.

5. Pug


O primeiro Pug foi criado na China em 400 A.C., e era exclusivo da realeza. Eles eram símbolo de status, e tinham guardas e serviçais exclusivos para eles.

O Pug continuou um símbolo da realeza quando chegou ao Japão, Rússia e Europa. A Rainha Vitória da Inglaterra e o Príncipe William da Holanda já tiveram Pugs.

4. Akita


O Akita é um cão agressivo porque tem esta predisposição genética. Ele foi criado para caçar, cuidar dos donos e brigar com outros cães. Os primeiros Akitas foram criados em Akita, no Japão, onde eles eram chamados de matagi, que significa “caçador estimado”.

Ele foi modificado para ser um cão de briga entre os séculos XVII e XIX.

3. Bull Terrier


Este é outro cão criado para brigas. Ele é descendente do Bull and Terrier, que era criado para brigar com outros cães e para provocar touros. O Bull and Terrier é uma mistura entre Old English Terrier e Bulldog.

Os primeiros Bull and Terriers foram criados no século XVIII, e mais tarde o Spanish Pointer foi adicionado à mistura para dar origem ao Bull Terrier. Ele é conhecido por ser um cão de competições, e criadores têm se preocupado mais com sua beleza do que com a força de sua mordida ao selecionar novos cães para cruzar.

2. Dog Alemão


O javali era o animal mais feroz que poderia ser caçado na Europa, já que ele sempre reagia com agressividade. Apenas os cães mais fortes e mais resistentes poderiam capturá-lo. Este cão era o Dog Alemão moderno, criado na Alemanha.

Mas essa raça é muito antiga. Há milhares de anos Dog Alemães eram criados no Egito e na China. Esses criadores se preocupavam mais com seu desempenho do que com sua aparência, então aquela versão do Dog Alemão não era tão bonita quanto a atual.

O Dog Alemão atual pode ser uma mistura entre o Fila Inglês e o Wolfhound Irlandês. Imperadores alemães gostavam tanto do Dog Alemão que eles utilizavam centenas de animais em uma única caçada.

Recentemente, porém, o Dog Alemão tem sido selecionado para ser mais gentil, menos agressivo e mais tolerante. Eles continuam fortes como sempre.

Não compre estas raças de cachorros, veterinários alertam

1. Pit Bull


Na verdade o Pit Bull não é uma raça de cão. O nome se refere a vários cães criados para briga ou para provocar touros. Eles são resultado de uma mistura entre Bulldog Inglês e Terrier.

Os cães que geralmente são categorizados como Pit Bulls são o Bull Terrier, o Boxer, o Bulldog Americano, o Pit Bull Terrier Americano e o Staffordshire Terrier Americano. Todos têm cabeça larga e corpos musculosos. [Listverse]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (20 votos, média: 4,70 de 5)

Deixe seu comentário!