Você é tão belo(a) quanto pensa?

Por , em 27.05.2013

Em abril desse ano, a Dove lançou um vídeo que ganhou grande destaque na internet, intitulado Dove Real Beauty Sketches (“Rascunhos de Verdadeira Beleza Dove”), em que pessoas eram retratadas por um desenhista forense a partir de duas descrições: uma feita pela própria pessoa e outra por um estranho que interagiu com essa pessoa.

voce e bonito bonita 3

Ao comparar as duas versões, aquela feita a partir da descrição de um estranho era geralmente mais bonita do que a outra, mostrando que as pessoas tinham uma percepção errada de si mesmas e eram, na verdade, mais bonitas do que imaginavam. Contudo, a mensagem positiva da campanha talvez esteja em contradição com um fenômeno psicológico conhecido, chamado “auto-aprimoramento”.

voce e bonito bonita 5

Em artigo publicado pela Scientific American, o pesquisador Ozgun Atasoy explicou, citando diversos estudos, como as pessoas de modo geral têm uma autoimagem mais positiva do que a verdadeira, mas isso não é tão ruim. “A maioria de nós tende a pensar que é melhor do que realmente é – não só psicologicamente, mas em todos os aspectos”.

voce e bonito bonita 4

Um dos estudos mencionados por Atasoy foi realizado em 2008 por uma dupla de pesquisadores dos Estados Unidos e publicado no periódico Personality and Social Psychology Bulletin. Para analisar a autoimagem dos participantes, a dupla fotografou cada um deles e, no computador, criou duas versões (uma mais bonita e uma mais feia) da foto; em seguida, pediu que os participantes escolhessem, entre as três opções, qual era a original. A maioria escolheu a versão melhorada, e a rapidez da escolha serviu como evidência de que a pessoa “reconhecia” essa versão com mais facilidade (e, portanto, acreditava que era a original).

voce e bonito bonita 2

Quando repetiram o procedimento usando fotos de pessoas que os participantes haviam visto uma vez semanas antes, a maioria conseguiu escolher a versão não modificada – assim, o viés positivo era mais fraco quando se tratava de terceiros.

E o que estaria por trás desse viés positivo que temos em relação a nós mesmos? “A natureza adaptativa do auto-aprimoramento pode ser a resposta”, explica Atasoy. “Para uma pessoa, repassar a informação de que ela tem características desejáveis é benéfico em um ambiente social”. Contudo, mentir sobre nossas qualidades como forma de passar uma boa imagem tem pelo menos duas desvantagens principais: manter o disfarce pode ser desgastante (é preciso prestar atenção o tempo todo para não deixar “a máscara cair”) e, além disso, há o risco de a pessoa ser descoberta e passar a ser mal vista.

voce e bonito bonita 6

“Como no auto-aperfeiçoamento as pessoas realmente acreditam que têm características desejáveis, elas podem se promover sem precisar mentir”, explica o pesquisador. Com isso, podemos transmitir mais confiança e, com o passar do tempo, realmente desenvolver essas características que pensamos ter.

“A premissa da Dove está errada”, diz o autor. “Mas pensar que somos mais bonitos do que realmente somos pode não ser algo tão ruim”.[Scientific American, Personality and Social Psychology Bulletin]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (7 votos, média: 4,14 de 5)

21 comentários

  • Fred Purvis:

    tenho 2 caras, usando o termo do filme Batman, ha dias que estou ( eu acho) bem , feiçao legal, olhos brilhando etc…ha dias qe so p Deus.

  • Toni Rocha:

    Por isso que me odeio em fotos e vídeos? Sempre vejo um monstro do pântano nelas.

    • Fred Purvis:

      idem …

  • Lorenna:

    Realmente é complicado!

  • neutrino:

    não fofa, não tá errado não. O título veio como uma pergunta para você responder.

    • Luis Mendes:

      (O antigo título era “você é menos bonito(a) do que pensa”. O título não estava errado, mas tinha gente que não lia todo o texto e pensava que estava errado)

  • Toni Rocha:

    Minha mãe, minha e vó e minhas tias dizem que sou lindo. Então devo ser…

  • Israel Filósofo:

    E acredito, com base num conhecimento que parte das minha próprias observações (puro empirismo mesmo), que quando a gente está embriagado, esse aperfeiçoamento da autoimagem e essa ideia de que somos bons em determinadas práticas é potencializado em um trilhão de vezes, o que via de regra nos coloca em situações bastante embaraçosas, como por exemplo, dançar ridiculamente, cantar uma música sem saber a letra (e ainda desafinados) e acreditar que a mulherada está olhando para gente o tempo todo quando isso passa longe da verdade… Rsrsrs

  • Jose Carlos Pereira:

    Você não está sozinho, Luis Mendes.

    • Luis Mendes:

      Pois é…
      Cruel kkkk
      O ruim é que só nasce uma vez, se deu sorte para nascer bonito você se deu bem, agora se nascer feio…

  • Thaís:

    Acho que isso depende muito da autoestima da pessoa. Se uma pessoa crescer ouvindo que ela é feia, mesmo que ela seja bonita, quando olhar em um espelho vai ver algo feio, com defeitos que provavelmente nem estão lá. Acho que a única coisa que se pode tirar desses estudos é que você não é o que pensa, ou vê. E provavelmente nunca vai ser. Se você é melhor ou pior do que acha, aí é difícil saber.

  • Mannu <3 Sagan:

    Pois é…
    Andei notando a minha inclinação de me considerar melhor do que sou em muitas coisas,como por exemplo tocar violão,desenhar..A princípio pareceu injusto eu não ser perfeita no que faço.Porém com bastante reflexão aceitei o fato cruel.rs

  • Sylvio Deutsch:

    O título está errado, a matéria explica que você é mais bonito do que imagina, e não menos.

    • André Luiz Antunes Dos Santos:

      Na verdade não meu amigo, você só prestou atenção no começo da matéria. A campanha da Dove tinha uma mensagem positiva, Contudo, a mensagem positiva da campanha talvez esteja em contradição com um fenômeno psicológico conhecido, chamado “auto-aprimoramento”.

    • Luis Mendes:

      Se você tivesse lido até o final você perceberia que o título está certo.
      Leia tudo antes de comentar algo.

    • Guilherme de Souza:

      Sylvio, acho que você se equivocou na leitura: a matéria explica que você (pessoas em geral) tende a se considerar mais bonito do que realmente é. O título, portanto, estava correto

  • Luis Mendes:

    😐
    Tô lascado mesmo, já me achava feio. 😐

    • Matheus Francozo:

      somos dois kkkk

    • kid redman:

      hahaha ! vc não está sozinho nesse barco, amigo… relaxe.

    • Marc F.B.:

      Bem vindo ao clube! Somos muitos!

Deixe seu comentário!