A azia fica mais freqüente com a idade?

Muitas pessoas têm azia periodicamente, aquela terrível queimação bem no meio do peito, mas parece que ela fica mais freqüente com a idade – ela é mais comum nos idosos. Se você tem azia duas ou mais vezes por semana, deve ir a um médico. Você pode estar tendo um refluxo gástrico.

O refluxo é quando o ácido do estômago vai parar no esôfago. Há uma válvula no fundo do esôfago que é destinada a manter esse ácido no estômago, mas, quando ficamos mais velhos, essa válvula fica mais frouxa e a entrada o “retorno” de ácido no esôfago fica mais fácil.

Hérnias de hiato também podem contribuir para a azia, já que ficam na parte superior do estômago, acima do diafragma (que ajuda aquela válvula a deixar o ácido no estômago).

Quando a azia não é tratada você pode sofrer de dores severas no peito, obstrução do esôfago e mudanças no alinhamento do esôfago.

Se você acha que seu esôfago está com problemas, esses são alguns sintomas que você pode ter: dificuldade de engolir, a sensação que a comida está presa atrás do externo, facilidade de se engasgar, dificuldade de respirar, tosse, rouquidão e perda de peso.

Se sua azia não é freqüente você pode controlá-la mudando alguns hábitos alimentares. Evite derivados do tomate, chocolate, menta, café e comidas gordurosas ou apimentadas. Medicamentos anti-ácidos também ajudam.

Agora, se no seu caso a azia é frequente, você deve procurar um médico e iniciar um tratamento adequado. Muitas vezes até mesmo a cirurgia é a melhor opção. [LiveScience]

Por: Alessandra NogueiraEm: 23.02.2010 | Em Bem-estar, Outras  | Tags: , , ,  
Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

2 respostas para “A azia fica mais freqüente com a idade?”

  1. Para quem não sabe, a passagem “sensação que a comida está presa atrás do externo” significa que a comida está presa atrás de onde a fala popular define como “boca do estômago”.
    E “externo” é um osso, porém, escreve-se ESTERNO, com S.

Deixe uma resposta