Como alguns sobrevivem a grandes quantidades de drogas?

Publicado em 2.03.2011

A gente já não consegue enxergar o limite entre o Charlie Sheen e o Charlie Harper, seu personagem na série Two and a Half Man. O cantor Ozzy Osbourne tem aquele jeito molenga de falar, meio impossível de entender, mas quando sobe no palco, leva milhares de fãs ao delírio. Dizem que, se algum dia, acontecer uma guerra nuclear só sobreviverão as baratas e o Keith Richards. A pergunta vem à cabeça: como é que estes caras estão vivos, depois de anos usando drogas pesadas, enquanto outros morrem com pouco tempo de uso?

É mais fácil descobrir porque alguém morre do que dizer por que outros sobreviveram. De qualquer jeito, eles deram uma explicação: algumas simplesmente são “duras de matar” (ou de morrer) até aquelas que levam um estilo de vida cheio de festas, drogas e comportamento de risco.

O médico Raffi Kapitanyan, do Robert Wood Johnson Medical Center, em New Jersey, disse que, no entanto, a cocaína pode ter consequências fatais. “A cocaína mata, geralmente, por meio de arritmia fatal ou ataque cardíaco”, diz. Em overdoses agudas, a artéria coronária contrai, há um aumento na demanda de oxigênio pelo coração e as plaquetas do sangue se acumulam. Ainda assim, se o paciente é jovem e tem artérias coronárias limpas, segundo Kapitanyan, diz que a pessoa pode ter um ataque pequeno, mas sobreviver. Os mais jovens são mais imunes a mortes relacionadas à cocaína ou opiáceos.

Um estudo de 8.774 overdoses fatais em Nova Iorque entre 1990 e 2000 mostra que, em 75% dos casos, as vítimas tinham menos 45 anos (a idade atual de Charlie Sheen!). Outra análise recente, da Universidade da California, mostrou que entre os usuários de cocaína e heroína, não havia muita diferença na mortalidade durante a primeira década de uso, a taxa era de 1%. Depois de 30 anos de dependência, no entanto, a mortalidade chega aos 6,5% para a cocaína e 16% de chance de morrer por causa do uso de heroína.
O professor de medicina, Judd Hollander, da Universidade da Pennsylvania, disse que a maneira como cada indivíduo metaboliza as drogas e seus produtos é bastante diferente, cada um tem um ritmo. Alguns destes produtos são mais perigosos que as drogas em si, e o corpo de algumas pessoas está melhor preparado a “quebrar” as drogas em produtos mais benignos. Elas acabam tendo uma tolerância maior para a droga. “Em teoria, existem pessoas que poderiam cheirar toda a cocaína do mundo e ficar bem”, disse Holander.
Se você não tem certeza que é uma delas, talvez seja melhor não arriscar. As overdoses fatais tem mais chances de acontecer a medida que a pessoa aumenta a quantidade de droga que consome. [LifesLittleMysteries]

Autor: Letícia Resende

Jornalista curiosa, adora novidades, encantada pela ciência e tecnologia

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

11 Comentários

  1. kkkkkkkkk a do Keith Richards foi boa!! A do Charlie nem tanto…
    Devemos aproveitar o benefício que as drogas trazem, como maior resistência em RAVES e shows, o entretenimento televisivo com a prisão dos maconheiros e viciados, o exemplo da vida boa (Vide Charlie Sheen)e os elefantes voadores que não podem ser vistos de outra maneira.
    Mais oportunidades aos drogagos e menos para os políticos…

    Sim as Drogas, Não ao Trabalho!

    Thumb up 5
    • ISSO É SERIO DEVEMOS NOS CONCIENTIZAR
      DROGA MATA E NAUM E BRINCADEIRA

      Thumb up 1
  2. “Dizem que, se algum dia, acontecer uma guerra nuclear só sobreviverão as baratas e o Keith Richards.”

    hehehehehe…essa frase foi brilhante!

    Thumb up 9
  3. Aí pessoal, existe uma nova droga no pedaço mais nociva que as anteriores acima, vicia, cozinha o cérebro, deixa o sujeito catatônico, sem noção do ridiculo, cuidado, chama-se BBB…

    Thumb up 20
  4. Pois é, gente. Eu me encontro entre aqueles “duros de matar”. Graças a Deus e à minha boa vontade estou limpo há um bom tempo. Já estive em hospital tb. O que penso sobre isso? Deus tem um propósito maravilhoso para a minha vida!!!

    Thumb up 11
  5. Eduardo Gomes, onde que na série nâo tem drogas? aoiUIEUEA

    Recomendo que vc recomeçe a assistir desde o episódio piloto!

    Thumb up 4
  6. Umas das melhores series de Humor,segue a risca a vida de Charlie Sheen,porem sem o uso de drogas na serie.

    Thumb up 4
  7. A MESMA PERGUNTA AOS QUE:
    1- BEBEM UMA GRANDE QUATIDADE DE CACHAÇA,
    2- COMEM UMA GRANDE QUANTIDADE DE ALIMENTOS GORDUROSOS E SALGADOS, E
    3- GUARDAM MUITO ÓDIO, TRISTEZA, INVEJA E CIÚMES NO CORAÇÃO.

    Leônidas Loureiro
    Belém.PA

    Thumb up 10

Envie um comentário

Leia o post anterior:
magneticboy
Pessoas magnéticas: verdade ou mito?

Muitas pessoas dizem...

Fechar