Estranho organismo inaugura novo reino da natureza

Publicado em 2.05.2012

Um organismo unicelular descoberto na Noruega está dando o que falar. Segundo cientistas, ele é tão diferente de todos os organismos conhecidos até hoje que um novo grupo base, conhecido como novo reino, foi criado: Collodictyon.

Esse organismo singular foi encontrado em um lago no sul de Oslo, Noruega. De acordo com a cientista Kamran Shalchian-Tabrizi, da Universidade de Oslo, não há outro ser vivo que descenda de tão perto das raízes da árvore da vida.

“O micro-organismo está entre os mais antigos eucariontes. Ele evoluiu há cerca de um bilhão de anos. Ele nos mostra como a Terra parecia ser no início”, diz Shalchian-Tabrizi.

Os cientistas noruegueses analisaram o genoma do organismo encontrado e descobriram que ele é eucarionte, mas não se enquadra em nenhum dos grupos principais (animais, plantas, fungos, algas ou protistas).

Ele tem de 30 a 50 micrômetros (a espessura de um cabelo humano) e se alimenta de algas, preferindo viver sozinho, em detrimento de conviver em grupos. Sua singularidade também reside no fato de ter quatro flagelos, ao invés de um ou dois, o que seria considerado normal.

O micro-organismo também tem características que são marcas das algas e das amebas, pertencentes a dois reinos eucariontes diferentes.

Devido a esse motivo, os pesquisadores acreditam que o micro-organismo seja o ancestral desses dois reinos. [MSNBC]

Autor: Luan Galani

é jornalista. Entusiasta da Teoria-M, é um rato de biblioteca apaixonado pelo que a ciência pode nos proporcionar. Nas horas vagas, é um amante inveterado de música erudita, que pede perdão aos russos por ainda considerar Mozart a grande lenda.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

7 Comentários

  1. A princípio, nada contra o apelido da Paula Dentro. Puritanismo babaca, fora!
    Quanto à notícia, gostaria de saber o que os criacionistas, principalmente os fixistas, têm a dizer. Certamente que é obra do diabo.

    Thumb up 6
  2. Existe uma teoria bastante recente de que existem duas divisões além dos três grandes reinos primordiais de microorganismos. Não sei se essa teoria tem relação com a recente descoberta, mas mostra como o micromundo e a sua paleontologia ainda nos reservam surpresas muito instigantes. Como todos os eucariontes evoluiram de um ancestral comum (que também originou os dois reinos dos procariotos) é bastante lógico que tenham havido outras divisões antes dos reinos atuais se consolidarem.

    Thumb up 9
  3. Fico tentando imaginar as notícias que teremos daqui a algum tempo:

    “Descoberto novo ser estranho no planeta “VSDFJSFYT-20-1″ que se parece com um humanóide com tromba de elefante, tem nadadeira caudal e asas com envergadura três vezes maior que a sua altura.”

    Tá certo… Minha imaginação foi bem distante… Mas com BILHÕES de possíveis planetas que podem conter vida, não divido que ISSO possa existir.

    Thumb up 11
    • Não se preocupe com a bizarrice da tua criatura porque criar aliens é uma habilidade clássica da criatividade humana nos contos, nos livros, nas HQs, nos filmes e em Documentários científicos como esse, que podes apreciar no youtube:

      http://www.youtube.com/watch?v=uC_Zu0lG3_E

      Thumb up 2
  4. Um elo perdido eucariótico… instigante. Estaria ele poucos passos acima do ponto de onde as protocélulas, ou procariontes, desenvolveram a membrana sobre o material genético, ajudando a entender como essa evolução celular primordial aconteceu.

    Thumb up 37
    • Não Jonatas, está a um passo atrás, estes são os avós dos cariotecos, sendo o elo entre o simples composto proteico que se divide formando outro e um ser unicelular mais composto…

      Thumb up 3
    • Seguinte, preste atenção no que você lê, eu disse

      “Estaria ele poucos passos acima do ponto de onde as protocélulas, ou procariontes (…)”,

      os procariontes são os mais antigos na questão, e esse organismo está poucos passos acima na cadeia evolutiva, ele é um eucarionte, todo eucarionte está um passo “acima” ou “adiante” dos procariontes.
      Tanto que no início da minha postagem me referi a ele como um “elo perdido eucariótico”;

      Ah e por favor pra comentar aqui use um apelido não sugestivo como esse, que tem uma expressão vulgar com apologia sexual subtendida, isso é muito infantil. Use um simples “Paula”, se é que esse é teu nome.

      Ok?

      Thumb up 16

Envie um comentário

Leia o post anterior:
342982-screen-shot-2012-04-28-11-34-17-am.streams_desktop_small
Cofundador da Apple acha o Windows Phone “lindo”

O Windows Phone ganh...

Fechar