Mistério: por que a temperatura média do nosso corpo é 36°C?

Publicado em 2.01.2011

Você já se perguntou por que a temperatura considerada ideal para o nosso corpo é 36 graus Celsius? Cientistas acreditam terem descoberto a resposta.

Basicamente, é o equilíbrio perfeito: é quente o suficiente para prevenir infecções de fungos mas não tão quente para que precisemos comer o tempo todo só para manter o nosso metabolismo funcionando.

Cientistas sempre se perguntaram quais seriam os motivos pelos quais os mamíferos são tão mais quentes do que os outros tipos de animais. E os fungos podem ser o motivo. Eles descobriram que, para cada grau que uma espécie “perde” de temperatura, as chances de ela ter infecções por fungos aumentam 6%.

Então sabemos que precisamos de um corpo quente para nos livrar desses desagradáveis fungos. A questão então é o quão quente nosso corpo precisa ser.

Os cientistas então criaram um modelo matemático para analisar qual é a temperatura em que estamos mais protegidos contra os fungos mas que não seja tão quente para que precisemos nos alimentar o tempo todo, só para manter a temperatura corporal. E eles chegaram no número 36,7 graus Celsius – que todos que já tiveram febre na vida sabem que é a temperatura corporal considerada normal para nós. [Gizmodo]

Autor: Luciana Galastri

é jornalista. Viciada em livros, lê desde publicações sobre física a romances de menininha do estilo "Crepúsculo". Toca piano desde os oito anos de idade e seu estilo de música preferido é o metal.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

21 Comentários

  1. Errado. O grau de certeza dessa questão chega a 100%. 30/40ºC é a temperatura ideal para todo o funcionamento ENZIMÁTICO CELULAR. Fora dessa temperatura nada no nosso corpo funcionaria.

    Thumb up 5
  2. Olá!
    Tenho 23 anos e desde os 14 anos eu nunca mais tive febre. Já tive desde então mononucleose, meningite e algumas otites, mas todas sem febre (o que surpreende todo médico).
    Alguém conseguiria me dar uma explicação do que pode estar ocorrendo? Devo me preocupar? Tenho a imunidade baixa… Será que tem algo a ver??
    Obrigada!
    Lydia

    Thumb up 10
    • nao eh um orgão mas a circulação do sangue,
      a temperatura eh controlada pelas glandulas sudoriporas,(suor)

      Thumb up 3
  3. Sr ALTAIR, acredito que a relação da quantida de répteis contaminados por fungos seja pequena devido a quantidade de líquido corporeo, pois no ser humano fica em torno de 75% e no cérebro, segundo pesquisas, chega a 90%. já no répteis essa quantidade é bem menor, mesmo nos que são híbridos, pois possuem liberação de “óleos” em sua pele o que diminuem sua umidade.

    Thumb up 1
  4. senhor Edilson Lima aqui é um espaço aberto para todos comentarem, se o senhor está incomodado então se retire, tenho certeza que o que escrevemos aqui não fere nem mata ninguém!

    Thumb up 22
  5. vou enfatizar a pergunta do meu amigo Douglas. por que suamos num calor de 30graus e nosso corpo mede uma temperatura de 36,7 graus. é devido a junção dessas duas temperaturas ou é algo que ainda não foi descoberto?

    Thumb up 9
  6. Vão ler um bom livro de biologia do antigo 2º grau! Aqui é para esclarecidos, por favor, não destruam este pequeno espaço, com perguntas abaixo do grau acima citado. Após ler e, pequisar, os questionamentos serão mais profundos, maduros e super legais! E, de acordo com a proposta de site. VIDA INTELIGENTE NA INTERNET. Algo raro. E, por aqui parece que também. Fui!!

    Thumb up 7
  7. Mais uma maravilha do design de Deus.

    Acreditar que este tipo de sofisticação seja o resultado forças aleatórias é a coisa mais ridícula que se possa pensar.

    Thumb up 7
  8. Aproveitando o assunto ai vai uma curiosidade (se o site ja respendeu a essa pergunta por favor deletem meu comentário)
    Por que suamos num calor de 30°C se a temperatura do nosso corpo é de 36°C?
    Porque nosso corpo produz calor de forma continua e para dispessa-lo mais rapidamente transpiramos evitando assim uma sobrecarga no nosso organismo, na temperatura de 24 a 25°C a perda e o ganho de calor do nosso corpo se igualam e por isso (geralmente) não suamos.

    Thumb up 10
  9. “Não acredito que o calor do corpo tenha relação com doenças, mas sim com adaptação ao ambiente.”

    Bom, uma adaptação ao ambiente pode estar relacionada com as doenças que você pode contrair no ambiente em questão, então uma coisa não anula a outra: é uma adaptação ao ambiente, e existe para impedir a infecção por doenças.

    Altair, os répteis possuem um sistema imunológico diferente. Uma das investigações que está sendo feitas é justamente no sistema imunológico de jacarés e crocodilos, que se machucam feio na época do acasalamento, e tem até membros amputados, mas não contraem gangrena, por exemplo – e isto devido ao sistema imunológico deles. Já se perguntou por que o Dragão de Comodo consegue matar envenenados os mamíferos, com a sua baba carregada de bactérias, e ele mesmo não morre?

    Thumb up 15
  10. a febre é um motivo para a nossa preocupação em função a nosso corpo quando é atacado por bacterias, fungos e virus, minha temperatura corporal sempre foi 36,5 graus e quando ela passa dos 37 eu procuro um medico para saber os motivos dessa febre, quando se pega uma virose muito forte, nossa temperatura corporal passa dos 38 graus, o que isso quer dizer, é o nosso sistema imunologico tentando expulsar o invasor que é o virus…

    Thumb up 5
  11. Não acredito que o calor do corpo tenha relação com doenças, mas sim com adaptação ao ambiente. Um réptil tem sangue frio, mas tem um incrível sistema de defesa, muito mais eficiente que o nosso, no entanto um réptil não pode estar presente em todas as regiões do globo, no deserto eles ficam escondidos a maior parte do tempo e nas regiões antartida e ártica eles não estão presentes. Assim, vemos que Deus nos criou para dominar o planeta e não outras espécies.

    Thumb up 7
  12. A emissão de calor em nosso corpo é consequência de uma série tripla de transformações químicas e que se encontra nas condições biológicas do que se denomina Ciclo de Klebs – monofosfato, difosfato e trifosfato adenosina.
    Ao se transformar de forma química estes compostos, liberam uma certa quantidade de energia térmica que as células utilizam para uma continuidade de vida, reprodução e crescimento. Tudo em uma medida extremamente exata.
    Calor de uma explosão atômica – algo imenso e de curtíssimo espaço de tempo.
    Calor de uma combustão de derivados de petróleo – também poderá ser algo imenso, porém com necessidade de um período de tempo maior.
    Calor de uma combustão de uma vela de parafina – irá liberar uma certa quantidade finita de calor, porém em um espaço de tempo relativamente longo.
    Calor de combustão interna de um corpo de um mamifero que consumo o glicogênio (açúcar combustível) – irá liverar uma certa quantidade finita de calor, porém em um espaço de tempo relativamente longo e controlado.
    Existe pessoas que defendem a condição de extinção dos dinossauros, em virtude da capacidade daqueles animais de volume corporal imensos, em poder ou não dissipar calor corporal.
    Assim sendo, e para continuar vivendo, não basta e apenas utilizar calor (e desde que seja algo acima da temperatura crítica: 273ºC negativos, qualquer quantidade de energia é considerada calor), mas e sim uma forma eficiente de dissipar este calor produzido.
    Assim sendo, cada emissão de calor possui suas características e também as suas finalidade de uso.
    A inativação e até mesmo morte de fungos, não se dá na faixa de temperatura de nosso corpo humano de 36,7ºC mas sim algo bem mais alta, e desta forma não aceitamos o argumento exposto neste artigo, como válido.

    Thumb up 23
  13. Essa é a temperatura correta para que não haja desnaturação de proteínas no interior das células.

    Thumb up 23

Envie um comentário

Leia o post anterior:
condom1
Ricaços franceses criam camisinhas de luxo

A idéia de criar cam...

Fechar