O que causou o desabamento de três prédios no Rio de Janeiro?

Publicado em 27.01.2012

Na noite de quarta-feira, 25, cerca de 20h30, três prédios do centro do Rio Janeiro simplesmente desabaram.

O maior, um prédio de 20 andares chamado Liberdade, foi primeiro a cair e se localizava na rua Treze de Maio. Em seguida, um menor, da rua Manoel de Carvalho, com 10 andares, chamado Colombo, e mais um imóvel pequeno, localizado entre os dois edifícios maiores, com quatro ou cinco andares, também desabaram.

Transeuntes que rodavam pelas ruas próximas relataram o acontecimento como “inacreditável”, e disseram que os prédios pareciam “castelos de areia desmoronando”.

Autoridades policiais já avisaram que é difícil que haja sobreviventes. Uma equipe de busca continua procurando 22 desaparecidos, mas, até agora, foi noticiado apenas que 5 corpos mortos foram retirados do local. Graças ao horário em que o acidente ocorreu, à noite, havia menos pessoas no prédio e as mortes devem ser menores.

A questão que fica é: como três prédios, dois deles enormes, simplesmente desabam? O que poderia ter causado tal fatalidade?

Por enquanto, nada é certo. Uma investigação está sendo conduzida, mas antes que ela termine, não se pode chegar a afirmações conclusivas.

Mas os peritos que estão acompanhando o trabalho dos bombeiros e da Defesa Civil para tentar determinar a causa do desabamento já têm algumas ideias.

Primeiro, eles chutam o que não pode ter causado o acidente. Segundo o especialista em gerenciamento de riscos Moacyr Duarte, a maneira como os prédios desabaram permite descartar algumas possibilidades.

O prédio mais alto, onde começou o desmoramento, ruiu como em uma implosão – isso significa que a estrutura do prédio começou a quebrar de cima para baixo.

A ideia é de que, à medida que os destroços se acumularam, espalharam pelas laterais, e essa pilha de escombros atingiu e acabou derrubando os outros dois prédios vizinhos, num efeito dominó.

Sendo assim, não é possível que o desmoronamento tenha sido a obra de uma explosão. Uma explosão geraria fragmentos. Também, uma explosão de gás, que seria a mais possível, não tem força para abalar dessa maneira as colunas do prédio.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, confirmou que os engenheiros que estiveram no local praticamente descartaram a possibilidade de explosão.

Moacyr também acredita que a instabilidade do terreno seria uma causa pouco provável. Se fosse um colapso vindo do solo, o térreo seria o primeiro a vir a baixo, coisa que não aconteceu, tanto que as pessoas que estavam no térreo conseguiram sair do prédio.

Outra questão que foi descartada pelo presidente do Clube de Engenharia do Rio de Janeiro, Manoel Lapa, é em relação à idade do prédio. O engenheiro disse que isso não tem relação com o acidente, pois o prédio pode ser antigo e perfeitamente seguro, citando o exemplo de Paris, onde os edifícios são muito antigos.

O professor de engenharia geotécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Maurício Ehrlich, disse que, como foi o prédio maior que iniciou o colapso, e ele já tinha mais de 40 anos e nenhum sinal de deterioração, é improvável que o acidente tenha sido um problema do projeto ou da execução do edifício.

Segundo todos esses especialistas, a maior aposta da causa do desastre é um problema estrutural. Por enquanto, a Defesa Civil da cidade divulgou que trabalha com a hipótese de uma obra que estava sendo feita no prédio mais alto, e que pode ter abalado a estrutura do edifício.

A reforma ocorria no nono andar e tinha começado há dois meses. A TO Brasil, empresa de tecnologia da informação que ocupava seis andares do edifício, é a suposta responsável pela obra. Segundo relatos de testemunhas que não quiserem se identificar, o andar em reforma estava em escombros, sem pilares, nem vigas – parece que até sem paredes.

O Conselho Regional de Engenharia (Crea) do Rio de Janeiro afirmou que o último registro de reformas no prédio é de quase quatro anos atrás, ou seja, se estava havendo uma reforma no nono andar, esta era ilegal.

Muitos especialistas deram declarações na mídia dizendo que essa parece ser a causa mais razoável do acidente. Mesmo que as testemunhas tenham exagerado sobre a situação da reforma, toda construção ou reconstrução em prédio precisa ser bem supervisionada e cuidadosa, porque qualquer erro ao lidar com as estruturas e pilares do prédio pode por o edifício em perigo.

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

57 Comentários

  1. Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam.
    Salmo 127.1

    Thumb up 1
  2. eu li todos os comentários, muitos são bons, mas aqui vai o meu, a começar pelas premissas:
    1)todos sabemos que muitos prédios em São Paulo estão mais inclinados que a Torre de Pisa, então comprovamos que o solo se move, claro, se o universo cresce cresce também o raio da Terra;
    2)todas essas rachaduras que vemos em asfaltos e pisos cimentados são comprovantes de que o crescimento da Terra, que é esférica, que assim tem uma taxa maior de crescimento em superfície que o crescimento do raio, do mesmo modo que um caqui se racha quando maduro ao se lhe crescer o raio, mas, as rachaduras do solo isento de construções, como as mencionadas, quase nunca são notadas, e menos ainda analisadas;
    Concluiremos que:
    1) o distanciamento forçado das sapatas, pelo crescimento do solo, além de promoverem as rupturas dos vergalhões, cujos ruidos foram similares aos de explosões, destruiram toda a estrutura,
    2)o fato de o sinistro se alastrar, e arrastar outros prédios, indica que a tensão superficial já era enorme há tempos.

    Thumb up 2
  3. Não é óbvio o que aconteceu?????
    Procurem a área no Google Earth ou mesmo as pessoas que moram nas redondezas podem confirmar.Haviam 2 (isso mesmo) Duas unidade do Banco Unibanco/Itaú na área, uma no prédio principal. Querem melhor maneira de esvaziar um ou 2 no caso cofres sem causar alarde algum sobre arrombamento ou assalto? Pode parecer teoria conspiratória, mas é muita coincidência. Não se pode distingüir barulho de explosão quando se ocorre uma implosão.

    Thumb up 1
  4. NA NINHA OPINIÃO, A VERDADEIRA CAUSA CAUSA DO DESABAMENTO É O QUE ATÉ AGORA NINGUÉM LEVANTOU ESTA HIPÓTESE, OU SEJA: A CORRUPÇÃO E A IRRESPONSABILIDADE. SABE-SE QUE O PRÉDIO FÔRA ORIGINALMENTE PROJETADO PARA 15 ANDARES E QUE ACRESCENTARAM MAIS CINCO ANDARES NOS FUNDOS E DEPOIS TAMBÉM NA FRENTE E SOMANDO-SE A ISTO, COLOCARAM JANELAS NA LATERAL, ENFRAQUECENDO AINDA MAIS A ESTRUTURAÇÃO QUE ERAM TODAS LATERAIS.ASSIM SENDO, RESTA A PERGUNTA JÁ RESPONDIDA DA QUESTÃO DE COMO TAIS IRREGULARIDADES FORAM COMETIDAS E AINDA COM A APROVAÇÃO E FALTA DE FISCALIZAÇÃO DO PODER PÚBLICO?

    Thumb up 8
    • Okei! Doutor!
      Não precisa gritar. Ninguém é cego. Qunado o é, usa óculos nos ouvidos.

      Thumb up 0
  5. Esse palhaço que falou que carioca é malandro não passa de um hipócrita que está em nossa cidade ocupando lugar de um carioca verdadeiro!!! Deveria ser criado um ” disque obra ilegal pela prefeitura “. O mais provável é que retiraram paredes, a lage ficou sem sustentação desabando causando um grande impacto e vibração quando caiu !! O resto foi efeito dominó. Claro que ninguém faz isso de propósito, mas foi uma tremenda burrice que vai beneficiar uma empreiteira qualquer que vai construir um grande empreendimento num futuro bem próximo!!! Sabotagem, não creio nisso mas num mundo cão como esse….

    Thumb up 3
    • E os Nordestinos? Säo ou foram desonrados por Lula?
      O Campeäo do jeitinho para ser eleito e ficar no poder.
      Seu jeitinho de peque a bandidagem fizecem o Brasil de seu saläo de sacanagem.
      Que me dizem os que acusam os Cariócas?
      PS. Sou Paranaense.

      Thumb up 4
  6. Tudo isso ( bueiro explodindo,restaurante explodindo, prédios caindo e muitos outros que ainda virão)são puramente reflexos da malandragem que o carioca acha que tem , só que esse povo burro não conhece as leis de Newton principalmente a 3º lei, toda ação tem uma reação oposta e de mesma intensidade e não dinheiro e nem malandragem que contorne essa lei.

    Thumb up 22
    • Não é a malandragem que “o carioca acha que tem”, meu amigo, não julgue as pessoas pela sua origem, isso é preconceito.

      Thumb up 5
    • O Geovani não disse nada demais, apenas disse que carioca se acha malandro mesmo, não vejo nenhum preconceito nisso, mas presumo tbém que o jeitinho brasileiro nasceu no Rio e contaminou o resto do País…tá aí mais um resultado de negligência.

      Thumb up 9
  7. Nos cidadaos temos que informar ao orgao responsavel por tal coisa incorreta , que vermos é o caso deste acidente, seja algo suspeito , exemplo vejo algo estranho na minha rua ,ou com o vizinho liga pra policia nossa identidade será oculta, escuto barulho estranho de reforma denuncia , ha muita impunidade vamos fazer ser esclarecidas é o direito do cidadao..Bom final de semana a todos…….

    Thumb up 0
  8. Habitei em diversos prédios em Balneário Comburiu – SC. Era comum escutar senhoras viúvas que queriam se posicionar em apartamentos e por sua vez adaptar os apartamentos a seu bel-prazer. Alterações que levavam meses, pedreiros tirando ou colocando material via elevador. Evidentemente eram feitas fora da temporada, mas para que morava era chato. Alterações são feitas sem o menor critério e noção de engenharia estrutural. Apenas porque uma senhora que cuidava de uma fazenda, agora tem dinheiro para mudar a sua ultima morada conforme gostaria de descansar.
    Aí temos estas catástrofes e ninguém sabe porque ou melhor os que fizeram as mudanças não querem contar, por motivos óbvios. Terão que guardar dinheiro para molhar a mão dos senhores da lei como no caso dos prédios Palace I e Palace II no Rio.
    http://www.youtube.com/watch?v=QXH3fnoW-HU
    Onde circulou milhões de dinheiro em ações e subornos, entretanto pouco ou quase nada chegou aos bolsos das vítimas.

    Thumb up 6
  9. Bom dia a todos. Sou Projetista e Construtor a trinta e nove anos, tenho por mérito, em qualquer reforma que sou chamado a executar, primeiro: se a obra muito antiga solicito uma visita no projeto, na prefeitura, no arquivo municipal, enfim, onde possa fazer uma análise estrutural do prédio. segundo: um cuidado especial na obra por que motivado pelo tempo qualquer esforço além do necessário em cálculo para um real sustentabilidade, precisamos ter consciencia do tempo de desgaste com ou sem reparos sistemáticos acontecem por ordem natural nos materiais envolvidos. Acredito ter havido um ecesso de peso sobrealguma laje que ao ceder facultou um esmagamento de moléculas que ao se manifetar, em uma coluna ou parede, não existem posíbilidades de parar. este é o meu ponto de vista com relação a este lamentável acidente. Levando para o lado religioso, temos a inexorável mas, necessária Lei de Causa e Efeito que se faz presente em muitos casos sem explicações cabais. Por exemplo, em um resgate cármico coletivo ficam na tragédia apenas os envolvidos na Lei os demais conseguem sair ou sobreviver. Que a Paz seja uma constante entre todos.

    Thumb up 7
  10. eu fico ouvindo um comentário aqui outro ali, e no fundo é só especulação, infelizmente essa tragédia não vai dar em nada, quem se salvou bem, quem morreu, morreu, e assim a fila anda. no meu entender, quem foi o responsável por esta tragédia foi o síndico, quando começou a obra ele teria que pedir toda documentação dos orgãos competente e checar se estava tudo em ordem e deixar as cópias com ele, que agora teria como comprovar as responsabilidades, mas como não fez, o negócio é daqui prá frente os síndicos se preocuparem mais com esses detalhes. outra coisa que deveriam de parar é com esses comentários de evangélicos sem assunto que ficam usando o nome santo de Deus e de Jesus cristo em vão, se não tem um assunto mais concistente, vão pescar, pqassear no shopping etc… cambada de alienados.

    Thumb up 1
  11. O que mais assusta é uma pessoa / empresa mandar fazer uma obra em um andar de um prédio sem um engenheiro responsável!

    Thumb up 1
  12. Eles talvez tenham acumulado os entulhos da reforma, no centro da laje , o que ocasionaria uma sobrecarga muito grande, levando a laje ao rompimento, e esta ,na queda para o andar inferior, no impacto, rompeu a segunda laje, e aí sucessivamente ate o solo

    Thumb up 3
  13. Sou engenheiro civil, analisando a situação e as noticias que foram vinculadas até agora, notei os seguintes aspectos:
    1- As 3 edificações foram finalizadas no início da década de 40, nessa época os sistemas construtivos eram diferentes dos atuais, os materiais eram mais fracos e uma normalização precária sobre o assunto.
    2- As edificações menores foram vítimas do colapso da edificação de 20 andares.
    3- Acredito que o uso da edificação foi modificado nesses
    70 anos de existencia.Isso quer dizer que houve modificação dos carregamentos previstos no projeto original.
    4- Foram abertos vãos(janelas) nos andares superiores do edifício maior, na face que fazia divisa com o edifício central , isso já é uma irregularidade perante o Código de Obras e a prefeitura devia ter notificado e multado o condomínio.
    5- Segundo as noticias , as paredes internas nos andares em que houve reformas foram retiradas, incluindo as reformas atuais.
    Como disse anteriormente , as construções são dos anos 40, nessa época era comum executar as concretagens das estruturas sobre as paredes já construídas do andar subjacente(abaixo), desta forma as paredes “ajudavam” na resistência da construção(os pilares, vigas e lajes de concreto trabalhavam em conjunto com as alvenarias para suportar as cargas) , nas reformas ao retirar essas paredes é preciso analisar com critério e verificar a necessidade de reforçar as estruturas.
    Existe também os fenomenos reológicos do concreto(deteriorização e enfraquecimento), acomodações e patologias devido ao mal uso e conservação da edificação(vazamentos e umidades) durante esses 70 anos.
    Além disso existe toda a parte de hidraúlica, elétrica, ar condicionado, sistemas de cabos para computação e alarmes que provavelmente interferiram em cortes de paredes, furações de lajes, vigas e talvez até de pilares para passagens de dutos e cabos, se a fiscalização do construtor não for efetiva, ocorrem muitas imprudências por parte de quem executa o serviço, se não for bem orientado.
    Pois bem, analisando os escombros nota-se que a queda foi praticamente vertical, ou seja os andares foram caindo e provocando a queda dos inferiores por excesso de peso e impacto.Isso já dá uma pista, o primeiro colapso ocorreu nos andares superiores, provavelmente onde existia reforma.Se fosse ao contrário, com colapso inicial nos andares inferiores, a edificação tombaria com uma inclinaçao maior para a direita e provocaria mais estragos, atingindo o 4º edifício.
    Essa minha opiniâo é uma hipotese baseada que as estruturas originais da edificação foi executada conjuntamente com as alvenarias e que houve falhas nos processos de reformas na edificação na parte executiva da obra ou na parte de projetos ou em ambas.
    Infelizmente não mostraram nos noticiários se sobrou alguma parede para observar como foi executada a construção original e nem sabemos em quantos andares foram executadas reformas do mesmo tipo anteriormente.
    A soma de todas as reformas é que deve ter provocado a queda, essas ultimas foram “a gota dágua que transbordou o copo”.
    Agora a perícia vai investigar os escombros, tirar corpos de prova do concreto, ver se existe documentos(desenhos e projetos)das reformas e da situação da edificação anterior ao colapso, juntar o maior numero de informações possíveis para dar o laudo tecnico do sinistro.
    Agora é esperar.

    Thumb up 12
    • Muito bem amigo Lincoln; agora pergunto: Como engenheiro e outros colegas seus também engenheiros, quantos mais prédios existem assim no Rio de Janeiro?
      Em outros cidades? Prédios que foram construidos a mais de 50 anos.
      Consta-me em alguns estudos que li, dados alarmantes; nos quais se afirma que as construçöes civis do Brasil tem no máximo 50 anos de vida útil.
      Isto, dado aos materiais de baixa qualidade que säo usados.
      Teremos pela frente uma catástrofe de prédios com mais de 50 anos desmoronando?

      Thumb up 2
    • Amigo Samuel, existe mesmo milhares de edificações em concreto armado que estão precisando de reformas estruturais devido ao enfraquecimento e deteriorização do concreto, essa data de 50 anos é um estudo probabilístico e os parametros de projeto que são utilizados para dimensionamento das estruturas levam em consideração essa idade mínima de duração, se for bem executada e conservada a edificação poderá ter uma vida útil bem maior, no final dos anos 70 as escolas de engenharia começaram a introduzir cursos de pós-graduação de Patologias do Concreto Armado, dando condições aos engenheiros de identificar e resolver os problemas estruturais que aparecem nas obras devidos às construções mal executadas, mal conservadas e ao próprio envelhecimento dos materiais.Hoje no mercado existem profissionais, firmas especializadas no assunto e produtos tais como colas epoxidicas, primers,grautes,fibras de carbono,etc..desenvolvidos para resolver as patologias do concreto armado.Nos grandes centros podemos notar com mais frequencia os viadutos e pontes em concreto armado que sofrem esse tipo de problema , com armaduras expostas,corroídas pela oxidação, concretos com trincas e fissuras , manchas de infltrações de umidade que atacarão o aço provocando sua oxidação e provocará as fissuras e trincas no concreto. mais comum ainda são os postes em concreto armado da rede eletrica, em poucos anos, expostos ao sol,chuva,calor,frio e poluição, maresia,etc..,aparacem as fissuras devido a ferrugem do aço,aumentam para trincas e começam a cair pedaços do concreto que cobria a armadura , deixando-as expostas.O mesmo acontece com as estruturas de um prédio.Infelizmente não é eterna, tem data de validade,quanto melhor for a qualidade da construção e da conservação, mais durável será a edificação. Abraço

      Thumb up 1
    • Se usar areia do mar, qualquer construção de alvenaria cai mesmo com o tempo. O sal enferruja os ferros e fica só o fraco cimento que, também, não sustenta com referido.

      Thumb up 1
    • LINCOLN : SUA EXPLICAÇÃO FOI CLARA E PRECISA, MOSTRA QUE VC. REALMENTE ENTENDE E GOSTA DE ENGENHARIA…….PARABÉNS……PRECISAMOS DE PROFISSIONAIS DESTE JEITO!!!!!!!UM
      ABRAÇO : GRAÇA E PAZ DE JESUS PRA VC. ASSINA : APARECIDA.

      Thumb up 1
    • E uma da construção do Metro nos anos 70
      http://www.rioquepassou.com.br/andredecourt/wp-content/imagens/metrorjcinlandiateatro1.jpg

      A foto mostra o início da abertura das valas do cut and cover para a passagem do túnel entre a Cinelândia a Carioca. A foto é esclarecedora de como as paredes da galeria do Metrô passam por perto das fundaçoes do Ed. Colombo e certamente das do Liberdade pois estão no mesmo alinhamento. Segundo dizem, alguns prédios nessa região tiveram que receber injeção de concreto em suas fundaçoes durante as obras pois havia ameaça de recalque das mesmas.

      fonte: http://www.rioquepassou.com.br/2012/01/27/av-13-de-maio-obras-do-metro-anos-70/

      Thumb up 0
  14. o momento e dificil pede muita calma e serenidade para todas as pessoas eu so evangelico ou pretendo me batizar ,,, mais o caso e que as pessoas não podem querer com issso que as pesssoas corram para as igreja s como se tudo fosse acabar derrepente ter Deus no coração e muito importante mais ele não prova as pessoas com coisas mas tão pouco pode ser provado então poderiamos concluir que pessoas religiosas morreram tatambem ,, mais ainda que pessoas inocentes como crianças morreram então o importante ter serenidade , e solidariedade com as familias que perderam entes queridos e que estão muito triste devemos cumprir nosso dever na sociedade e zelar pela segurança de todos acredite Deus e por todos ele não não tem o prazer no mau eo bem prevalece

    Thumb up 4
    • Amigo, também sou cristão e por isso lhe peço _ tenha bom senso. Sem pregações Ok? Guarde isso para momentos propícios.

      Thumb up 7
    • Isso! deixe sua vida na mao de Deus e haja como fizeram no Rio que voce estara salvo no Paraiso.

      Thumb up 5
  15. Quando vi o plantão da globo mostrado essa tragédia pensei qe era um atentado terrorista, poís alguns falaram qe ouve uma explosão e logo depois tudo veio abaixo.

    Thumb up 2
  16. a pior coisa que existe e a prefeitura perturbando os pequenos que com dificuldade constroe suas pequenas casas e nao fiscalizam os empresarios donos de grandes predios

    Thumb up 4
    • Os pequenos não patrocinam campanhas políticas.

      Thumb up 3
  17. o que mais me impressionou foi como alguns prédio são feitos grudados um no outro, que engenheiro e esse?

    Thumb up 3
    • Daniel , essas edificações foram construídas na década de 1940, as leis municipais eram precárias e deixavam construir um prédio encostado no outro, hoje existe lei que determina os recuos (afastamentos) mínimos das divisas(limites do terreno).
      É o Código de Obras do Município.
      Abraço

      Thumb up 0
    • O vídeo é ótimo.
      Realmente comprova que o abalo na estrutura faz o prédio ruim.
      Veja que acima do andar que sofreu o abalo das máquinas existiam apenas 4 andares e o prédio inteiro veio ao chão.

      Se ficar comprovada a reforma no 9 andar, imagina a pressão dos 11 andares acima… Com certeza iria dar no que aconteceu.

      Thumb up 1
    • correção: não era para ter escrito RUIM, mas sim RUIR. :-)

      Thumb up 1
  18. Eu acho que foi a estrutura que depois de anos cedeu, talvez o material usado para a reforma/construção fosse de segunda mão.
    Uma vez quando eu viajei para o interior de São Paulo uma parte do teto da pousada que eu estava cedeu o veio abaixo, quando fui olhar o material era todo arenoso, horrível.
    Material ruim da nisso, pode ser o caso do prédio maior, daí os que estavam do lado cairam, como o texto diz, pelo efeito dominó.

    Thumb up 6
    • Pessoal deixa eu esclarecer algo pra vcss….JESUS ESTA VOLTANDO!!!!!!Em Mateus 24;2 diz:que nao sobrará pedra sobre pedra que nao seja derribada…..meus querido irmaos Jeus esta as portas….Arrependei-vos e credes no Evangelho…

      Thumb up 0
    • Que falta faz o botão Negativar!!!

      Thumb up 9
    • Concordo plenamente! Mas é assim mesmo. Todos tem o direito de comentar, mesmo os Sem Noção.

      Thumb up 1
    • Essa é uma resposta que NADA acrescenta ao assunto em pauta.

      Thumb up 3
    • Por favor, não vamos fanatizar as coisas com esta de religiosidade. Duas coisas existem: Lógica e razão, daí,somente com uma boa perícia, um bom profissional de física, é quem pode esclarecer as causas evitando suposições levianas.

      Thumb up 3
  19. As pessoas precisam se conscientizar que a execução de qualquer obra precisa ter o acompanhamento do CREA, principalmente se tratando de edifício.
    Constam relatos de pessoas, que o andar em reforma estava inclusive sem as paredes…
    Perderam-se muitas vidas devido a imperícia de algumas pessoas… Que isso sirva de alerta!

    Thumb up 2
  20. Comenta-se varias teses sobre esse caso. Até mesmo os entendidos em engenharia se atrapalham em comentar sobre o assunto. Sera que ainda não pensaram que pode ser um atentado? Esse é o ano de 2012, e à varias previsões de catástrofes previstas para esse ano, que é um ano de grandes expectativas pelas mudanças que a de ocorrer segundo vários fatos já ocorridos. Vocês podem pensar que é uma loucura isso, mas é loucura em não pensar e continuar enganando a população com as mesmas teorias desencontradas. Até quando iremos engolir as mentiras que o sistema nos empurra por goela abaixo? No meu ponto de vista, até que aconteça com um de nossos familiares e amigos. Acordem futuros eliminados do GRANDE BIG BROTHER MUNDIAL QUE JÁ SE INICIOU, ACOREDEMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

    Thumb up 0
  21. Eu faria uma pergunta, caso fosse permitido: No caso de uma obra/reforma executada de forma ilegal, quem seria competente ou responsável para que houvesse fiscalização e uma situação como essa fosse evitada?

    Thumb up 5
    • A fiscalização pode ser feita pela poder público ou pelo CREA, porém ambos órgãos não tem capacidade para visitar todos prédios da cidade 1x por ano. Assim, construções ou reformas irregulares deveriam ser denunciadas por aqueles que as identificaram. Além disto, se você sabe que algo errado está ocorrendo e não denuncia ao órgão responsável, além da conivência moral, ainda pode ser corresponsabilizado.

      Thumb up 2
    • Imagino que deve ser o município. Mas é impossível monitorar todos os prédios. Eu imagino que deveriam haver normas em que os condomínios (síndicos, conselho, etc.) devem exigir toda a documentação legal aprovada pelas autoridades para que obras sejam efetuadas em edifícios. Se o edifício mais alto ruiu a partir do 9º andar mesmo o efeito dominó da destruição pode ser explicado de maneira plausível. Foi assim que caíram as torres do World Trade Center: Os aviões e o fogo destruíram as estruturas de andares superiores e os edifícios implodiram.

      Thumb up 5
    • Acredito q seja a secretaria de obras do município, o CREA e a defesa civil.

      Thumb up 0
    • Na realidade, TODA E QUALQUER OBRA precisa ser sancionada pelo poder público, geralmente a Prefeitura da cidade.

      Isso garantiria, pelo menos em teoria, que houvesse verificação da planta das alterações, para evitar coisas absurdas, como remoção de vigas e colunas, que são parte ESTRUTURAL da construção.

      Já as janelas abertas irregularmente, como mostradas em fotos antigas, não foram feitas pela remoçaõ de estrutura, apenas de paredes. Embora irregulares, pois avançavam sobre terreno vizinho, não teriam maior impacto no prédio.
      .

      Thumb up 1
    • Boa tarde JFR. Uma obra/reforma ou seja lá ao que se referir a construção jamais deverá ser executada sem uma responsabilidade técnica apoiada por licenças dos órgãos competentes nesta área. Todos indistintamente são responsáveis pela falta de atenção, conhecimento e principalmente respeito a vida.Toda construção requer conhecimento de causa para que não venham a existir efeitos como este lastimável. Carlos Barros.

      Thumb up 0
  22. SEM COMENTÁRIOS,SÓ PODEMOS PEDIR AO PAI CELESTIAL QUE DÊ FORÇA E SAÚDE A FAMÍLIA DESTES IRMÃOS QUE VOLTARAM A SUA PÁTRIA DE ORIGEM QUE É O MUNDO ESPIRITUAL!VIVA JESUS EM NOSSOS CORAÇÕES PARA SEMPRE.

    Thumb up 8
    • Respeito as crenças, mas sou da seguinte opinião:

      Dar forças pras familias?
      Onde ele estava quando aconteceu?
      :(

      Thumb up 0
    • Os edifícios caíram por causa de uma falta total de profissionalismo. Ou quer dizer – o famoso “jeitinho” brasileiro.

      Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
Augmented_Reality
Cinco tendências tecnológicas para acompanhar em 2012

2012 promete ser um ...

Fechar