Os 10 mitos mais populares da medicina

Publicado em 2.08.2010

Quando se trata de saúde e doença, as pessoas já ouviram falar de tudo; consequentemente, devem acreditar em muitas coisas que não são verdade. Eis aqui uma lista de mitos médicos que não passam de balela. Confira e surpreenda-se:

10) Lente de contato desaparecida

A maioria de nós provavelmente já conheceu pelo menos uma ou duas pessoas que dizem andar por aí com uma lente de contato permanentemente presa atrás de seus olhos. Aqui está a boa notícia para aqueles que vocês pensam estar sofrendo deste desagradável efeito colateral do uso da lente de contato: é impossível que ela fique presa atrás de seu olho. Não há nem cavidade por trás do olho para onde ela possa ir. Então, se você acha que perdeu sua lente, os locais com maior probabilidade de encontrá-la são em sua pálpebra, embolada, ou no chão do banheiro onde você tentou removê-la em um dia que tinha bebido demais.

9) Absorventes internos desaparecidos

Esta é para as mulheres (e talvez alguns homens). É bastante comum mulheres visitarem a sala de emergência porque não conseguem encontrar seus tampões. Em quase todos os casos, o médico investiga e não encontra nada dentro da vagina. A razão para isso? Não há nenhum lugar para ele ir. As paredes da vagina são fechadas até que alguma coisa seja colocada entre elas (no caso de um tampão). A parte superior do espaço potencial criado na vagina para um objeto é o colo do útero. Se não consegue encontrar seu absorvente, provavelmente é porque você esqueceu que já o removeu.

8 ) Vacina pra gripe

Rumores dizem que você pode pegar a gripe a partir de uma vacina contra a gripe. Bem, o boato que se dane, você não pode. Vacinas contra a gripe são feitas de vírus desativados ou mortos. Apesar de o vírus não estar vivo, seu corpo ainda é capaz de reconhecê-lo e pode criar anticorpos para lhe proteger contra ele. Dito isto, recentemente houve um caso de enormes quantidades de vacina da gripe suína voltando para o laboratório porque se esqueceram de desativar o vírus. Oops.

7) Injetar substâncias no coração

“Pulp Fiction” é um filme brilhante, mas infelizmente perpetua um mito: de que você pode dar uma injeção em uma pessoa diretamente no coração, a fim de fornecê-la medicamentos o mais rapidamente possível. No caso do filme é uma injeção de adrenalina após uma overdose de drogas. Infelizmente, é inteiramente mítica. Os médicos nunca, jamais, injetam substâncias diretamente no coração. A adrenalina é injetada em caso de ataque cardíaco, mas ela é entregue diretamente na veia. Além disso, a adrenalina não é usada para tratar overdose de heroína, e sim Narcan. O mais próximo do seu coração que os médicos podem colocar uma agulha é quando eles inserem um saco para remover o excesso de líquidos.

6) Sono em pessoas idosas

O mito é assim: quanto mais velho você é, de menos sono você precisa. Mas é apenas isso: um mito. De fato, a taxa de sono necessária é relativamente constante ao longo de nossa vida adulta, mas uma vez que temos cerca de sessenta e cinco anos nós precisamos dormir um pouco mais. A razão mais provável para este mito é de que os idosos possam ter mais dificuldade para dormir e isso reduz a quantidade de tempo que passam dormindo. Mas é a incapacidade de dormir que é o problema aqui – e não a falta de necessidade.

5) Espinhas por comer chocolate

Muitas são as crianças que se assustam com as advertências contra comer muito chocolate ou alimentos gordurosos: “Você vai ter acne!”. Na verdade, foram feitos muitos estudos científicos que mostram uma probabilidade extremamente baixa da acne ser causada por qualquer uma destas coisas. Um desses testes com dois grupos, um de controle sem chocolate, e outro grupo que comeu chocolate dez vezes mais que o habitual, descobriu que nenhuma mudança ocorreu em ambos os grupos. Mas não se esqueça: com ou sem acne, comer muito chocolate vai te deixar gordo.

4) Ataque de espirro

Este é um mito que pelo menos tem alguma base em observações reais. A crença de que o coração pára quando se espirra é falsa – totalmente falsa, mas a razão por que esse mito surgiu é que, em alguns casos, um espirro pode fazer com o que coração bata um pouco irregularmente. Isto é apenas devido a uma mudança de pressão no peito.

3) Chupar uma ferida

Aposto que todos que lerem esta lista vão se lembrar de, pelo menos uma vez na vida, ter cortado o dedo e o enfiado diretamente em sua boca. Isso é péssimo, pessoas. A boca está cheia de bactérias, não é um ambiente limpo de maneira alguma. Colocar um dedo em sua boca após cortá-lo é um convite aberto à infecção. De onde surgiu esse comportamento estranho eu não sei, mas espero que todos se lembrem dessa informação quando cortarem o dedo novamente.

2) Entrar em coma depois de uma concussão

Para este mito novamente podemos culpar um filme. Adormecer depois de ter uma concussão não põe nossas vidas em risco (na maioria dos casos), e você não precisa dar tapas na cara de seus filhos várias vezes para mantê-los acordados se eles baterem a cabeça (a não ser que tenham sido desobedientes). Concussão quase nunca leva a um coma. Mas lembre-se: se você ou alguém que você conhece bater gravemente a cabeça, vá ao médico para ter certeza de que está tudo ok.

1) Úlceras contagiosas

Úlceras na boca não são contagiosas, ao contrário do que muitas pessoas erroneamente pensam. Até agora, a causa de úlceras na boca não é totalmente certa – mas os vírus e as bactérias foram descartados. O mais provável é que ela seja causada por distúrbios no sistema imunológico. Mas outras doenças na boca, como o sapinho e a herpes, são transmissíveis, então tome cuidado! [Listverse]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

42 Comentários

  1. Quanto a chamada injeção intrapericárdica (ou diretamente sobre o músculo cardíaco é uma prática em desuso nos dias atuais, mas tem suas indicações, em casos de cirurgia cardíaca onde o coração está exposto, ela é útil caso este entre em PCR, outra situação é a dificuldade extrema de obtenção de acesso venoso durante uma PCR, como medida desesperadora o médico pode lançar mão desta medida, porém é prefencial que em uma PCR, nos casos de extrema dificuldade de obtenção de acesso venoso.

    Thumb up 1
  2. Quem escreveu essa reportagem nunca usou lentes de contato na vida. Pois saiba vc que acabei de retirar uma lente de contato que ficou “ATRÁS” do meu olho por dois dias!!! Eu a senti perfeitamente roçando meu olho por trás. Procure se informar, caro colega. Se isso é mito, eu devo ser um ser de outro planeta.

    Thumb up 13
  3. Eu sou a prova que o chocolate e alimentos açucarados provocam acne sim. Já não sou adolescente e sempre que abuso no dia seguinte advinhem só…
    E em relação a chupar as feridas sempre faço isso porque alivia a dor e cicatriza muito mais rápido.
    Just saying…

    Thumb up 8
    • O bom mesmo para curar erupção cutânea é chupar aqueles tumores purulentos que não vem “à furo e o carnegão está colado bem na raiz” (entre aspas é como diziam os antigos). Depois de uma sucção bem feita é só lavar com água oxigenada, colocar metiolat e por um ban-aid por cima.
      Lamber fermentos é coisa pros felinos. E cura também. Deixe-os fazerem isto nos ferimentos!

      Thumb up 2
    • Só porque você fica com espinhas quando começa chocolate, não prova nada. Pode ser efeito psicológico, sendo que, como você acredita nisso, pode ficar preocupada, tensa e isso sim pode causar espinhas.

      Thumb up 5
    • espinhas sao causadas devido a uma micro infeccao na pele caudadas por bacterias, normalmente em poros devivo a excesso de oleosidade na pele que se acumula nos poros. comendo chocolate voce pode aumentar o nivel de gorduras em seu corpo, se aumentar o junto a oleosidade da pele (que seria a fonte de alimento facil para bacterias) suas chances de espinhas sao maiores. mas uma coisa nao esta diretamente ligada a outra.

      Thumb up 3
    • Jeann, concordo com você que as chances aumentam de maneira indireta, devido ao aumento da oleosidade. Só não concordo com as pessoas que colocam a culpa toda no chocolate, como se chocolate fosse O causador de espinhas quando na realidade há várias outras verdadeiras causas e muito mais fortes.
      O chocolate é um pequeno fator. Problemas hormonais, dermatológicos, são causas fortes.

      Thumb up 1
  4. Vcs falam de mito (vcs sabem o conceito de mito???) mas a intervenção intracardíaca mas pode ser feita em casos extremos, embora hoje não seja aconselhável já que é operação de alto risco. Claro que o filme dramatiza e romanceia o ato, mas é possível a injeção intracardíaca na tentativa de ressucitação do paciente embora seja desaconselhável o ato.

    Se uma injeção no coração fosse letal não teríamos intervenções onde células tronco são injetadas diretamente no coração de pacientes que já infartaram.

    Talvez fosse melhor consultar um médico antes de querer informar as pessoas.

    “Injeção intracardíaca ou via intracardíaca é uma via de administração reservada ao ventrículo esquerdo onde aplica-se adrenalina. Por ser um procedimento de alto risco (riscos de perfuração pulmonar com pneumotórax, injeção na própria parede cardíaca e distribuição de vasos coronarianos) só é indicada em casos extremos, como uma ressuscitação”.

    “Via intracardíaca

    Uso exclusivo para manobras de reanimação cardíaca (injeção direta de adrenalina). Há riscos de perfuração pulmonar com pneumotórax, injeção na própria parede cardíaca e distribuição de vasos coronarianos”

    Fonte: farmaco.ufcspa.edu.br/farmaco…/vias%20de%20administracao.doc

    Thumb up 11
  5. Após uma concussão é muito necessário manter a pessoa acordada, pois com isso saberemos se há algum sintoma, como enjôo, visão turva, náusea, dores, toda informação é bem vinda. Por este motivo, se solicita que a pessoa não durma, pos com ela dormindo seria impossível obter essas informações.
    Galera para um site que trata de ciência e medicina, vocês deveriam se atualizar mais!!!

    Thumb up 13
  6. Ah, quero onde minha lente ficou durante quatro meses, enrolada na palpebra,mas como? se minha lente é rígida?
    Isso é real, durante 4 meses minha lente ficou dentro do meu olho, escondida, estive até na praia e depois de 4 meses durante uma aula de biologia elea resolveu se ajustar e dai então que percebi sua volta.
    alguém explica onde ela andava??

    Thumb up 3
    • Por trás do olho que não era. Não falo isso pelo site, mas sim pelas aulas de anatomia na faculdade.
      Seu olhudo. A lente viveu “Lost” por 4 meses. =P

      Thumb up 1
    • Rosana, faça mais residência. Aulas não vão te ensinar tudo. Existe sim cavidade para onde a lente pode ir. Essa de ficar presa na pálpebra é querer explicar que a fonte de calor do sol se dá pela queima de carvão no seu interior. Quem usa sabe a diferença entra ficar preso na pálpebra e atrás de fato do olho. Procure se iformar.

      Thumb up 2
  7. Juliana você está absolutamente certa quanto a concussão. Quanto a dar tapas na realidade não é espancar ninguém, por favor não levem tão ao pé da letra.
    Uso lentes de contato e é exatamente isso, e não foi porque eu bebi demais (lol),o método que uso para tira-las faz com que elas às vezes “pulem”, aí é um Deus nos acuda para encontrar.
    Cheers Natasha!

    Thumb up 0
  8. Sobre a caxumba, existe a lenda que a caxumba “desce” ao testículo pq a doença pode tanto acometer a glândula parótida (+- do lado da bochecha) e também o testículo.

    Sobre a parte de ficar acordado após um trauma, é solicitado para o paciente manter geralmente a criança acordada pois caso a criança tenha alguma alteração é facilmente notada pelos pais e eles podem ir ao hospital imediatamente. Não é necessário ficar acordado a noite inteira, mas sim costuma-se solitar que se acorde a pessoa de tempos e tempos para verificar se ele está bem, mas essa conduta varia de cada médico.
    É possível sim em um trauma a pessoa estar bem, sem nenhum sinal neurológico e apresentar alterações dentro de algumas horas, então esse é o perigo se as alterações forem mascaradas pelo sono…

    Thumb up 3
  9. Infelizmente tem algumas aí que não são verdade [ao menos comigo e com minha familia].
    Agora David Quirino – adorei sua experiência! Vou fazer aqui!
    Vaselina, quem diria…….o problema é que ela vem do petroleo …hummmmmm
    Bom, veremos.
    Obrigada

    Thumb up 0
  10. Desejo fazer uma contribuição relatando uma experiência levada a efeito por mim, na qual obtive resultados positivos: Lendo, certa vez, sobre o sujeito que criou a vaselina… era um químico da indústria do petróleo… baseado na observação do uso de determinado resíduo, pelos trabalhadores, como cicatrizante… e pela conclusão à qual chegou um importante laboratório da indústria química farmacêutica, na qual afirma que a vaselina impede que as bactérias proliferem, imaginei que se isto fosse mesmo verdade, muitos dos medicamentos de uso tópico que utilizam como veículo a vaselina, em alguns casos não fariam diferença; ficando por conta desta a cicatrização, simplesmente por que as bactérias, de vida curtíssima, morreriam antes de se multiplicar, dando assim ao organismo condições de recompor-se e sarar. Como provar isso para mim mesmo? Bem… imaginei… se o mau cheiro… aca… exalado das axilas, em certas situações, deve-se à decomposição de certas bactérias que ali se instalaram, a vaselina deverá resolver o problema, pois uma vez que as mesmas não consigam multiplicar-se, bastará remove-las e continuar aplicando a mesma vaselina para garantir que nenhuma que tenha ficado tenha a chance de por sua vez multiplicar-se, ou de que outras que aí se instalarem venham a faze-lo. Desde então nunca mais usei qualquer outro produto, como desodorantes e afins. Fui, porém, um pouco além e passei a usá-la nas virilhas… nunca mais sofri com assaduras… e nos pés, após lavá-los e secá-los antes de vesti-los com meias e calçá-los com sapatos… nunca mais tive chulé, nem qualquer tipo de frieiras (pé-de-atleta). Quero deixar isto aquí registrado, pois poderá ser de utilidade para muitas pessoas que sofrem com bodum, assaduras e frieiras. Grato.

    Thumb up 0
  11. Ingerimos por via oral, constantemente, tal quantidade de bactérias; juntas com nossa alimentação, que só mesmo graças a nossa saliva; que as mata, neutraliza, é que não morremos toda vez quando comemos. Quando sugamos um ferimento, além de extrair dele substâncias morbosas, banhamo-lo com nossa saliva… que irá funcionar como o mais primário e eficiente de todos os antissépticos usado, pelo menos; pelo que sei, pelos mamíferos.

    Thumb up 1
    • o que mata as bacterias de vem junto com nossa alimentacao sao os chamados “macrofagos fagocitarios”

      Thumb up 0
    • estao presentes em todos os tecidos vascularizados. Outra coisa, o acido cloridrico de nosso estomago tambem degrada as bacterias de nossa alimentacao, sendo o segundo acido mais formte conhecido, so perdendo para o acido sulfurico.

      Thumb up 0
  12. creio eu ,que pasra o ferimento, o ideal e lavar e colocar um produto antisseptico ao qual não se tenha alergia. Caso este seja profundo deve se procurar um pronto socorro para as providencias necessarias. Quanto ao. chocolate , para mim o inconveniente é a insonia ,em virtude da cafeina nele contida

    Thumb up 0
  13. Realmente fica difícil aceitar que a medicina é exercida por imbecis que nos dizem, invariávelmente, para procurarmos manter em estado de alerta; conscientes; despertas, pessoas que tenham sido vítimas de concussões; traumas; contusões; pancadas violentas, para evitar que entrem em estado de letargia, no qual ficam menos acessíveis a estímulos externos, podendo chegar ao estado de inacessibilidade a que chamamos COMA. Desta vez, devo dizer que prefiro ficar com os imbecis que, não sei por que cargas d’agua, preocupam-se tanto em dar-nos esta orientação.

    Thumb up 0
  14. Tem muitas coisas que se diz neste site HypeScience, que ñ tem consistência ou seja são falsas. Lamentavel……

    Thumb up 3
  15. Por instinto os animais lambem as feridas e o sentido natural disso é para cicatrizá-la. Nós, animais racionais, não diferenciamos deles.
    Quanto ao chocolate qualquer história pode ser inventada para mudar alguns hábitos ou vícios. Me lembrei do Chupa-Cabra que o FHC criou com a Rede Globo na época da privataria.

    Thumb up 3
  16. Engraçada a programação “científica” que este blog faz respeito à gripe.
    Não cita o mercúrio e outras partes de ADN que são adicionadas ao coquetel.
    Mais imagino que não vão publicar este mensagem também.
    Assim que vai curto e grosso.
    Quanto lhes pagam para falar dessa “ciência”?

    Thumb up 0
  17. “Adormecer depois de ter uma concussão não põe nossas vidas em risco (na maioria dos casos), e você não precisa dar tapas na cara de seus filhos várias vezes para mantê-los acordados se eles baterem a cabeça (a não ser que tenham sido desobedientes).”
    ISSO É UM ABSURDO!!!!!!!!
    Bater nos filhos, é um ato de pura cueldade!A conversa é o melhor remédio!!! Tenho 2 filhos, e nunca batí neles!!! NUNCA!!!!

    Thumb up 0
    • patricia o texto fala isso num tom de brincadeira, nao leve ao pé da letra.

      Thumb up 0
  18. chocolate em excesso além de te deixar gordo, te deixa com uma enorme dor de barriga

    Thumb up 0
  19. Então, o mito de “chupar” uma ferida vem do fato da saliva ser rica em Leucócitos, o que facilitaria o fechamento do corte.
    É uma reação natural e instintiva.

    Thumb up 0
  20. Sei não… já ouvi vários médicos dizerem que não é para deixar o paciente dormir depois de levar uma pancada na cabeça. Então tem tanto médico que não sabe de nada???

    Thumb up 0
  21. Pra mim tbem chocolate dá espinha, com excessão de chocolates amargos e meio amargos. Então a questão deve ser a gordura usada, chocolates amargos e lights por possuirem menos gorduras não dão espinha, acho que essas pesquisas usam chocolates de ótima qualidade e em uma quantidade pequena.

    Thumb up 0
  22. Injetar adrenalina diretamente no miocárdio (músculo do coração)existe sim, e esse método só é usado em condições de extrema necessidade, e somente por quem é bem treinado na área da saúde, e em casos imediatamente após parada cardíaca e após uso de outros métodos de ressuscitação modernos(desfirbilador, etc.)ou em locais onde não exista esses equipamentos de resssuscitação.

    Thumb up 2
  23. Bom para min chocolate me dá espinhas sim.
    é só comer um pedacinho e já era aparecem três.

    Thumb up 0
  24. Chocolate pode causar espinhas, mas é reação anormal do corpo da pessoa. Por exemplo, eu não tenho problema com chocolate, mas mortadela SEMPRE me dá espinhas!

    Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
pato
Para os patos, o comprimento do pênis depende de outros machos

Novos estudos descob...

Fechar