Porque você sempre esquece o que ia fazer

Publicado em 20.11.2011

Você já entrou em uma sala e esqueceu o que ia fazer lá? Sim, você e todo mundo. Pelo menos agora a ciência explica o porquê: o problema é a entrada.

“Quando você passa de um local para outro, seu cérebro identifica cada um como um novo evento, e prepara a memória para capturá-lo”, afirma o autor do estudo e professor de psicologia da Universidade de Notre Dame, Gabriel Radvansky.

Como os capítulos de um livro, cada entrada marca o fim de um episódio e o começo de outro, pelo menos para o seu cérebro. “Isso torna difícil reviver memórias anteriores porque elas já foram arquivadas”, afirma o autor.

Radvansky sugere levar um lembrete com você. “Por exemplo, se você vai da sala para a cozinha pegar um lanche, você talvez esqueça o que ia fazer quando chegar lá, já que é um novo evento. Mas, facilita se você levar algo que o lembre do que queria, como um pote”.

Mas quem deixa potes na sala?

Você pode fazer um pote com suas mãos quando estiver indo para a cozinha. Se você vai pegar uma tesoura, faça com os dedos. Assim você ajuda seu cérebro a não ser tão esquecido.[MSN]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

28 Comentários

  1. Risos quem esquece que vai fazer um lanche? o mecanismo só pode ser uma disfunção bioquímica dos neurotransmissores. risos
    A artigo foi bom, a analogia questionável!

    Thumb up 2
  2. Não tem ninguem mais esquecida do que eu. Este ano ja tive que trocar de celular umas 4 vezes, pq esqueci onde coloquei, ou perdi, ou deixei cair por ter esquecido num lugar sem ver e mexi desajeitadamente, caiu e quebrou… constantemente meu esposo liga pra ele pra eu descobrir em que parte da casa está… esqueci até o dia do aniver do meu unico filho… que tem só dois anos… alias confundi com outro dia… as pessoas me julgam muito por ser tao esquecida, mas nem sabem quanta gente no mundo tb é assim! eu queria ter a memoria bem melhor, o que me ajuda é anotar quase todos os compromissos do dia, da semana… e tem coisas que eu esqueço a ponto de nunca mais lembrar, como se fossem eventos que nunca tivessem acontecido, isso me assusta as vezes… pq normalmente a gente lembra mais tarde das coisas, mas e quando nao se lembra nunca mais?

    Thumb up 2
  3. Quando eu chego em algum lugar e esqueço o que ia fazer,eu volto pro lugar onde eu tava e é pá púm! Lembro na hora!
    Ou quando ia dizer uma coisa e esqueço o que ia dizer,eu volto todos os pensamentos que eu tava tendo antes de pensar em falar algo,repito os gestos e lembro de tudo no final!

    Thumb up 8
  4. Matheus me desculpe mas eu nao me lembro da conversa mesmo, mas é serio eu procurei tanto o telefone, atras do alarme e entao eu desconfiei do barulho que saia de dentro da geladeira, e elhe que ele ja estava gelado.
    Em 2007 foi pior, eu tinha que entregar uns documentos no correio, e fui vendo as vitrines ate chegar ao meu destino, só que eu tinha que virar a esquina do farol, mas eu acabei passando direto…um pensamento estranho tipo… onde eu estava indo…ai meu Deus e agora…ha vou continuar andando.E quando me lembrei eu ja estava dobrando a outra esquina, eu sei que ela nao se dobra neh gente..rsrs foi que eu me lembrei, entao eu dei a volta no quarteirão, e acabei andando em dobro, e olha que eu só tinha 27 anos imagina quando tiver uns 60 rsrs

    Thumb up 0
  5. outro dia eu estava falando ao telefone na cozinha, preparando o almoço e quando abri a geladeira pra pegar legumes o papo foi encerrado, entao larguei o telefone na geladeira e peguei os vegetais, e só o achei quando liguei o alarme dele, e saé atráz do barulhinho pela casa toda ate q chequei as gavetas e enfim a geladeira rsrsr

    Thumb up 6
  6. Gente, não é o fato de isso acontecer com todos nós que a explicação de fato seja esta. Muitas vezes esqueço o que ia fazer ou a ideia que tive sem sequer me levantar da frente do computador. Neste casa não houve ambiente novo.

    Como já mencionei em outro post esse rapaz é psicólogo e não possui formação em neurocognição mesmo possuindo algumas publicações na área.

    http://www.nd.edu/~gradvans/Radvansky%20VITA.pdf

    Precisaríamos de provas mais concretas sobre este evento para começar a concluir isso.

    Abraços

    Thumb up 7
    • Rafael acho sinceramente que o que está precisando é de procurar
      relaxar um pouco, você se estressa com muita facilidade.
      O rapaz é psicólogo e você o que é? será que tem gabarito para debater realmente com ele? a teoria dele é obvia que não tem alguns estudos específicos mas a experiência conta e eu mesma tive em um período que apresentar um trabalho na faculdade e sei que para memorização, temos que fazer gestos que nos farão lembrar de coisas que normalmente esqueceremos.
      Parabenizo não só a ele como a todos que com carinho e sabedoria dá sugestões ou orienta com experiências que teve.
      Devemos ajudar e não criticar a quem tenta ajudar a alguém, faça sua parte e siga sua vida em um caminho mais leve.

      Thumb up 7
    • Marcia, sem dúvida alguma, qualquer gesto ou atitude atípica que crie um vínculo mnemônico com a tarefa principal vai te ajudar a lembrar dela. Ou seja, toda vez que você mudar de ambiente dando cambalhotas, pulando num pé só ou carregando aquele índio de barro que alguém te deu de presente isto certamente te ajudará a lembrar da tarefa que veio antes se você atribuir a estas coisas um significado.

      Quanto à minha formação, já que pergunta, sou matemático e venho de uma tradição onde achismo ou observações limitadas e infundadas não são aceitas pela comunidade, pelo contrário, são ignoradas e muitas vezes retalhadas.

      Quanto àqueles que dão sugestões e/ou orientam com as experiências que tiveram, podem cometer um sério risco de tirar conclusões baseadas num espaço amostral restrito e limitado.

      Para aqueles que atravessaram alguma porta agora e esqueceram de uns detalhes, seguem algumas outras situações onde o “branco” nada tem a ver com mudança de ambiente.

      http://www.catalogs.com/info/bestof/top-10-reasons-my-mind-goes-blank

      Por fim, Marcia, desculpe se pareci grosseiro, mas ratifico minha dúvida quanto à seriedade da “pesquisa” e deixo a dica para quem acha que não se faz pesquisa séria sobre o funcionamento do cérebro que procure mais informação em centros de excelência pelo brasil e pelo mundo. Neste próprio site mesmo já vi matérias fantásticas sobre o assunto.

      Grande beijo,
      desculpe pela sinceridade, não estou atacando você.

      De qualquer forma cuidado pois caminhos leves não fazem ciência.

      bjos
      Rafael

      Thumb up 8
    • Rafael, tive um enorme prazer em obter sua resposta, pois quero deixar claro que quando li sobre o que disse anteriormente, tive a impressão que estava desfazendo do rapaz, mas vejo que você tem realmente um grande interesse em estudos não só em sua área como em outras e só quis ajudar.
      Peço desculpas, entendo perfeitamente o que disse.

      Thumb up 2
  7. Minha mãe me pediu para pagar uma conta, hum esquecir.
    Meus amigos me convidaram para uma festa, nossa me lembrei é hoje!
    Jamais esqueço das coisas que me dá prazer.

    Thumb up 6
    • Cara…. como assim até que enfim!?

      Todo dia tem uma galera violenta pesquisando mais e mais sobre o funcionamento do cérebro. E sinceramente esta é uma das pesquisas que não classifico como “séria”.

      Esse Radvansky é psicólogo:
      http://www.nd.edu/~gradvans/Radvansky%20VITA.pdf

      Não é psiquiatra, neurologista, neurocientista ou qualquer outra profissão em que se faça ciência e não achismo.

      Thumb up 4
    • Só se for mesmo uma ‘galera violenta’ pesquisando sôbre o cérebro.
      Aqui no Hype tem várias matérias que falam sobre ‘cérebro’, ‘mente’, ‘memória’ e até ‘consciência’.
      A maior parte é tudo achismo e o resto é nada conclusivo.
      Aquí:
      http://hypescience.com/pessoas-que-afirmam-terem-sido-abduzidas-por-alienigenas-podem-ter-tido-sonhos-vividos/comment-page-1/#comment-160184

      ‘falam que as pessoas podem ter sonhos lúcidos.’ O que são sonhos lúcidos?

      Aqui:
      http://hypescience.com/como-controlar-seus-sonhos/

      ‘Os especialistas dizem que, de fato, os seres humanos têm conhecimento sobre o sonho lúcido durante séculos. Os budistas tibetanos começaram a praticar “yoga dos sonhos” mais de 1.000 anos atrás, como um meio de alcançar uma forma mais pura de consciência através da consciência em sonhos.’
      Os budistas tibetanos parecem saber bem mais.

      Aqui:
      http://hypescience.com/experiencia-de-quase-morte-e-produto-da-mente/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29

      ‘dizem que o cérebro faz uma ‘tentativa’ de dar sentido a situações estranhas…….’
      Cérebro não faz tentativa nenhuma. Cérebro não tem inteligência. Cérebro arquiva memórias, processa pensamentos e controla todas as funções fisiológicas.

      Aqui:
      http://hypescience.com/26362-consciencia-cerebro/

      ‘confessam que há controvérsias sobre onde fica a consciência’
      Mas não falam nada sobre o que é ‘consciência’. E que não se faça confusão entre ‘Consciência’ e o fato da pessoa estar ‘consciente’. São coisas completamente diferentes.

      Aqui:
      http://hypescience.com/imagens-capturam-pela-primeira-vez-momento-em-que-cerebro-fica-inconsciente/

      ‘Embora as regiões do cérebro pareçam estar se comunicando conforme a “consciência desaparece”, o professor Brian Pollard adverte que ainda é cedo para que ele e sua equipe entendam o que está realmente acontecendo. Muitas varreduras do cérebro ainda têm que ser analisadas antes de poderem dizer algo conclusivo.’
      Novamente nada de conclusivo.

      Thumb up 2
    • Oi Guivas,

      Concordo com você! A Maioria destas coisas não passa de achismo. Algumas experiências realmente podem ser observadas e até pode haver uma suspeita de que estejam certas. PORÉM COMO VOCÊ MESMO DISSE: Muitas são inconclusivas.

      A maior parte dos resultados sérios são divulgados em revistas específicas e de difícil acesso. Além disso, a grande maioria dos artigos é de difícil entendimento para pessoas que não são da área.

      Temos que identificar dois tipos básicos de escritores de artigos: Aqueles que divulgam o que pensam e aqueles que divulgam o que pesquisam.

      E principalmente: quanto mais afastados da área nós somos mais devemos correr atrás da fonte da informação pois, caso contrário, corremos um sério risco de sermos enganados.

      Thumb up 3
  8. Gostei da matéria, pois comigo esse fato acontece algumas vezes e isso me deixava preocupado. Já posso ficar mais tranquilo, mas é bom não se acomodar se isso acontecer com frequência, se for o caso, devemos procurar um médico pois esquecimento de mais não é normal.

    Thumb up 2
  9. matéria muito interessante e verdadeira
    como tem pessoas ignorantes neste mundo!!!!!!!!!!!!!!!

    Thumb up 2
  10. Sensacional essa matéria!!! Qdo bati o olho no título, me indentifiquei imediatamente. Seria então porque a pessoa é totalmente despreocupada com as coisas? Porque se o cérebro “descarta” o evento anterior e se prepara para receber um novo evento, porque existem pessoas que não são tão esquecidas? Isso acontece comigo o tempo TODO!! As vezes fico até com raiva de mim mesmo, entrar numa sala e esquecer oq ia fazer. VÁRIAS VEZES NUM DIA SÓ. Gostaria de alguma técnica para reverter esse esquecimento, mas não como da matéria, pois gostaria de não esquecer e ter mais concentração. Bem, pelo menos sabendo oq ocorre comigo fico mais aliviado, melhor q não ter explicação pra isso.

    Thumb up 2
    • Você deveria ter segurado uma caneta imaginária…

      Thumb up 12
  11. Pra quem gosta de aprender coisas novas. Esquecer é tão fácil quanto aprender. Uma triste verdade que agora eu sei.

    Thumb up 10
  12. Pera ai que eu esqueci o que eu ia escrever…………………………………

    Thumb up 4
  13. que interessante, agora eu entendo o porque esqueço tão facil das coisas que estava pretendendo fazer…

    Thumb up 8

Envie um comentário

Leia o post anterior:
AL
Destros não gostam de música diferente

Você usa sua mão par...

Fechar