10 coisas estranhas que já enviamos para o espaço

Por , em 11.10.2014

Pouco tempo depois dos primeiros humanos entrarem em órbita, em 1961, já começamos a querer levar coisas para o espaço conosco.

Em 1965, o astronauta John Young contrabandeou um sanduíche de carne enlatada a bordo da Gemini III. Alguns anos mais tarde, quando Apollo 12 estava indo para a lua, a tripulação levou imagens da revista adulta Playboy. Em uma nota mais sentimental, a astronauta Shannon Walker levou para o espaço o relógio de Amelia Earhart, em 2010.

Outros itens que viajaram para a estratosfera incluem o sabre de luz de Luke Skywalker de Star Wars e um boneco de Buzz Lightyear, que passou mais de um ano flutuando em torno da Estação Espacial Internacional.

Sem mencionar que já mandados cães, macacos, chimpanzés e até gatos para fazer uma visita ao ambiente espacial.

Não é preciso ser um astronauta para enviar bizarrices ao espaço, no entanto. Tudo o que você precisa é de um kit de balão de alta altitude, notificar as autoridades de aviação e escolher uma coisa bem idiota para lançar quilômetros acima de sua cabeça.

Confira dez coisas esquisitas que as pessoas já enviaram para o espaço:

Hambúrguer


Em 2012, cinco estudantes da Universidade Harvard (EUA) lançaram um hambúrguer velho 28.171 metros acima do chão. Ele desceu de volta à Terra e pousou no alto de uma árvore 208 quilômetros de distância do local de lançamento. Os estudantes tentaram acertar o hambúrguer com um arco e flecha e não conseguiram, então tiveram que esperar por uma tempestade para libertá-lo do alto da árvore, dias mais tarde.

Avião de rádio controle

espaco aviao
Na Suécia, David Windestål enviou um avião de rádio controle para a estratosfera. O avião atingiu cerca de 30 mil metros antes do balão de hélio estourar. Depois de permitir uma queda livre por quatro minutos, Windestål liberou o avião do balão, mas o brinquedo perdeu uma de suas antenas. Vinte minutos depois, Windestål recuperou o controle do avião e usou a câmera de vídeo acoplada para pousá-lo – não direto a seus pés, mas bem perto.

Robô de brinquedo


No Reino Unido, James Troshy lançou um robô de brinquedo 28 mil metros para o alto em 2010. Imagens desse acontecimento aparecem no vídeo da música “Edgar”, de Lucky Elephant. O robô pousou 17 km do local de lançamento, intacto.

Hello Kitty


A aluna americana da sétima série Lauren Rojas resolveu lançar um foguete ao espaço para seu projeto de feira de ciências. Originalmente, o foguete ia passear na estratosfera sozinho, mas ela queria ter uma mascote, e uma borracha da Hello Kitty que seu pai tinha acabado de lhe dar se encaixou perfeitamente dentro do brinquedo. A viagem de Kitty alcançou 28.536 metros antes de descer para a Terra e pousar em uma árvore. Depois de três horas, a garotinha encontrou seu foguete novamente. Lançado em Livermore, ele pousou em San Jose, a 76 km de distância.

Poltrona


Em um esforço para promover uma nova TV de tela plana, a empresa Toshiba contratou a JP Aerospace para lançar e filmar uma poltrona no espaço. Enquanto chegou a quase 30 mil metros de altura, a cadeira quebrou na descida. Felizmente, o equipamento fotográfico sobreviveu e desceu de paraquedas de volta à Terra, pousando dentro de 19 km do local de lançamento.

Paintballs

espaco paintball
Em 2013, na Universidade Estadual Bemidji, em Minnesota (EUA), alunos prepararam o lançamento de um balão meteorológico e convidaram adolescentes do ensino médio para enviar alguma coisa junto. Enquanto os jovens universitários mandaram ao espaço equipamentos para medir radiação e aceleração, os adolescentes enviaram paintballs. O balão chegou a 30 mil metros, mas as bolas de tinta nunca estouraram. Continuamos sem saber como a arte do respingo se parece no espaço.

LEGO


Jon Chippindall e Ian Cunningham lançaram uma sonda caseira com duas minifiguras LEGO de astronautas afixadas a ele. A sonda chegou a 27 mil metros antes de voltar para a Terra. Também, dois adolescentes canadenses já enviaram um minifigura patriótica a cerca de 24 mil metros no espaço, em 2012. Além disso, figuras LEGO já visitaram a Estação Espacial Internacional como parte de missões oficiais da NASA. Por fim, três minifiguras de alumínio feitas sob medida estão no caminho para Júpiter a bordo da sonda Juno da NASA.

Grilos

espaco grilos

Em 2012, uma turma de ciências da oitava série na escola Indian Valley High (EUA) enviou grilos, uvas e balões de água ao espaço. Os objetos chegaram a 19.117 metros. As uvas não se transformaram em passas e os balões de água não estouraram, mas todos os grilos morreram, inclusive os grilos do grupo de controle que ficaram na Terra. Macabro, não?

Cerveja


Rich Toma e Danny Burns ficaram inspirados quando viram um vídeo de um iPhone lançado ao espaço em um balão de hélio. Como eles estavam bebendo uma cerveja da marca Natty Light no momento em que assistiram a façanha, resolveram enviar uma para o espaço também. Em 2011, eles compraram uma caixa de isopor e a embalaram com GPS, uma câmara, e uma lata fechada de cerveja. Colocaram a caixa em um balão, e a cerveja subiu cerca de 27 mil metros acima da Terra.

Bacon


No início de 2013, alguns homens do Reino Unido enviaram uma receita conhecida como “explosão de bacon” crua para os céus, a bordo de uma sonda caseira, a Pigasus I. Depois de subir a uma altura de cerca de 30 mil metros, a preciosa carga retornou à Terra de paraquedas, onde foi recuperada, cozinhada e comida. [SmithsonianMag]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)

Deixe seu comentário!