10 coisas que você não sabia sobre o chá

Considerando-se que o chá é uma das bebidas mais populares do mundo, é bastante provável que muitos de vocês desfrutem dele com certa regularidade. Em muitos países, esta bebida é uma parte de rituais diários ou uma marca de status e luxo. No entanto, o chá começou como muito mais do que apenas uma bebida agradável. Enquanto ninguém tem certeza de suas origens, alguns acreditam que ele começou como um tônico medicinal na China antiga e tem lentamente se espalhado pelo mundo desde então. Coloque a chaleira no fogo e junte-se a nós para explorar esta bebida maravilhosa.

10. Tisanas

10
Grande parte do tempo, quando as pessoas dizem que estão tomando chá, elas estão na verdade bebendo tisana. Veja, para que algo seja considerado chá, precisa conter efetivamente as folhas da planta Camellia sinensis, também conhecida como a planta do chá. No entanto, muitas das misturas que você encontra nas lojas são simplesmente uma combinação de ervas destinadas a todos os tipos de fins diferentes e não contêm nenhum traço de folhas de chá.

Antigamente, as pessoas já tinham percebido que muitas ervas diferentes tinham propriedades maravilhosas de cura e o objetivo principal dessas infusões era melhorar a saúde. A camomila, por exemplo, pode ajudá-lo a dormir, e o gengibre é frequentemente usado para ajudar as pessoas que sofrem com dor de estômago. Como tisanas não incluem folhas de chá, elas são naturalmente descafeinadas, assim você pode bebê-las a qualquer hora do dia.

9. Cerimônia do chá japonesa

9
A cerimônia do chá é uma parte importante da cultura japonesa e envolve o consumo de um delicioso chá verde pulverizado conhecido como Matcha. No entanto, enquanto a cerimônia parece centrar-se o chá, ela é mais a respeito do ritual social do que qualquer outra coisa.

A cerimônia do chá começou originalmente como uma forma de arte praticada pela elite da sociedade japonesa como uma maneira de se relacionar socialmente e promover o seu status. Toda ação está focada em como o convidado iria ver as coisas. A cerimônia geralmente envolve apenas quatro ou cinco pessoas de cada vez. O chá é servido com aperitivos doces. Enquanto a cerimônia é considerada muito importante na cultura japonesa, é preciso um tempo muito longo para conseguir seu domínio completo.

8. Descafeinando o chá

8

Às vezes, quando você quer uma xícara de chá, você não quer que cafeína, mas tudo que você tem ao redor é chá preto ou verde cafeinados. Muitas pessoas vão dizer-lhe que há uma solução simples – descafeiná-lo sozinho. Embora alguns dizem que é possível macerar seu chá por cerca de 30 segundos, jogar fora a primeira lavagem e fervê-lo novamente para alcançar esse objetivo, não é assim tão fácil.

Pesquisadores estudaram quanto tempo leva para remover a cafeína de um saquinho de chá. Eles descobriram que você vai precisar de uns bons 10 minutos ou mais para preparar o seu primeiro lote, se você quiser se livrar de cerca de 90% da cafeína.

7. Lecitina de soja

7
Celestial Seasonings – uma das marcas de chá mais conhecidas do mundo – tem recebido diversas críticas recentemente por causa da inclusão de lecitina de soja em muitos de seus produtos. A empresa afirma usar soja não geneticamente modificada e apenas com o objetivo de melhor misturar os ingredientes. Isso é um problema para pessoas alérgicas a soja, porém, para o resto de nós, realmente não é tão ruim assim.

Lecitina em si foi analisada em diversos estudos e embora alguns resultados não sejam conclusivos, acredita-se, na verdade, que ela tenha efeitos benéficos para a saúde. Em pequenos estudos, foi descoberto que a lecitina é eficaz na luta contra a colite ulcerosa, também conhecida como doença inflamatória do intestino. A substância tem sido sugerida como um possível tratamento para uma série de outros problemas, como doença de Alzheimer, Parkinson e até mesmo transtorno bipolar.

6. L-teanina

6

A cafeína no chá pode ter um efeito muito estimulante, mas, geralmente, a sentimos de forma muito mais suave do que quando consumimos café. A razão para isto é que o chá também contém algo chamado L-teanina, que tem um efeito muito interessante sobre o cérebro.

Muitos estudos têm sido feitos e todos mostram a L-teanina como tendo efeitos benéficos no cérebro. Ela é valorizada pela sua capacidade de ajudar a induzir estados de meditação, ao ajudar a relaxar sem realmente fazer você querer dormir. Pesquisas descobriram, ainda, que ela pode ajudar a melhorar a memória e até mesmo tornar as pessoas mais conscientes do que acontece ao seu redor. Também foi descoberto que ela é capaz de diminuir a ansiedade e é boa para lidar com o estresse em geral.

5. Masala chai

5
Nos Estados Unidos, há uma bebida emprestada da cultura indiana que é chama de chai latte. Esta bebida é feita através da mistura de chá preto com especiarias como cardamomo, canela, gengibre, cravo, anis estrelado, pimenta preta e baunilha. A bebida é geralmente servida com leite, adoçada com mel, e consumida quente ou fria.

No entanto, você pode receber alguns olhares muito engraçados se pedir um chá chai na maioria dos países asiáticos. Na Índia, Rússia e muitos outros lugares, “chai” na verdade significa apenas “chá”. Você estaria literalmente pedindo um “chá chá”, o que soa muito bobo se você dizer isso em português. Se você quiser pedir a bebida corretamente na Índia, você deve pedir um masala chai, que se traduz como “chá com especiarias”.

4. Chá em conserva

4
A maioria das pessoas pensa em chá como apenas algo que você bebe, e na maior parte do mundo, é este o caso. Na Birmânia, no entanto, eles sempre tiveram uma maneira completamente diferente de desfrutar do chá. Os birmaneses consomem um chá em conserva que eles chamam lephet. Para fazer o lephet, folhas de chá são primeiro suavizadas, em seguida, deixadas de lado até que esfriem, enroladas firmemente, e colocadas no subsolo para maturar.

O lephet é considerado uma iguaria na Birmânia e é absolutamente obrigatório para ocasiões sociais importantes. Os birmaneses geralmente o servem em uma bandeja, cercado por várias outras guarnições. Estas podem incluir camarão, sementes de gergelim, alho, amendoim e ervilhas secas. Enquanto os birmaneses podem ser a única cultura que dá importância em comer o chá como um alimento, eles também o consomem como bebida, em uma base regular.

3. Chá poluído

3
Estudos têm sido realizados no chá para garantir que nada de perigoso é capturado nas suas folhas, e os resultados têm sido pouco reconfortantes. Um estudo realizado no Brasil com vários chás descobriu que o chá verde e o preto tinham uma grande quantidade de alumínio e flúor. De acordo com o estudo, a quantidade de alumínio é bastante segura – no entanto, a quantidade de flúor é alta o suficiente para que contribuir para fluorose dentária, especialmente em crianças. Claro que, para sofrer qualquer risco, uma criança teria de beber uma enorme quantidade de chá.

Estes compostos entram no chá através do solo. Alguns pesquisadores têm sugerido que o teor de alumínio é uma preocupação e pode contribuir para a doença de Alzheimer. Encontrar soluções para minimizar a quantidade destes compostos no chá é claramente muito importante.

2. Tasseomancia

2
O chá pode ser uma bebida popular, entretanto muitas culturas veem outros usos para estas plantas. Dentre eles, um dos mais estranhos é uma forma de adivinhação chamado “tasseomancia”. Esta forma de adivinhação pode ter suas raízes traçadas até a China antiga, embora seja provável que tenha se espalhado mais por ciganos do que qualquer outro povo. Já que as ferramentas necessárias para a prática da tasseomancia quase não eram consideradas suspeitas, ela foi um forma popular de adivinhação durante os dias em que as pessoas eram caçadas pela prática de bruxaria.

Para realizar uma leitura, você precisa preparar o seu chá com folhas soltas e permitir que a pessoa que recebe a leitura o beba. Uma vez que o chá tenha sido terminado, o leitor vai rodar o que resta dele três vezes no sentido anti-horário – garantindo que a alça da xícara esteja virada para ele, já que a direção é importante – e, em seguida, começar a interpretar os padrões para adivinhar o futuro.

1. Considerações sobre a saúde

1
O chá era originalmente um tônico medicinal, então talvez não seja surpreendente que muitos pesquisadores concentrem seus estudos nos possíveis efeitos medicinais da bebida. Infelizmente, os resultados têm sido constantemente contraditórios.

Um estudo que acompanhou milhares de homens ao longo de 37 anos descobriu que aqueles que bebiam uma grande quantidade de chá por dia tinham mais chances de desenvolver câncer de próstata. No entanto, outros estudos encontraram quase exatamente o oposto. Um estudo duplo-cego, utilizando um grupo de controle de precisão, testou catequinas do chá verde em homens que tinham um precursor para o câncer de próstata. O estudo descobriu que as catequinas do chá verde tiveram, na verdade, um efeito benéfico. No entanto, muito mais pesquisas são necessárias antes que possamos realmente entender as implicações medicinais dos chás. [Listverse]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

2 respostas para “10 coisas que você não sabia sobre o chá”

Deixe uma resposta