10 métodos antigos – e bizarros – de contracepção

Por , em 1.12.2010

Nesse ano comemoramos o aniversário de 50 anos da pílula anticoncepcional – o que possibilitou as mulheres a se libertarem de conceitos antigos e causou uma verdadeira revolução. No entanto, as moças já tinham “controle” sobre uma possível gravidez muito antes disso – apesar de alguns métodos não parecerem lá muito seguros e alguns soarem aterrorizantes.

Para aparecerem nessa lista os métodos anticoncepcionais tinham que ser, minimamente, plausíveis. Há registros de mulheres da antiguidade que usavam danças e amuletos para prevenir a gravidez, mas isso não é nada confiável. Além disso, aqui estão listados tanto métodos contraceptivos – que impedem a fecundação do óvulo – quanto métodos abortivos.

Lembramos que essa lista serve a propósitos de curiosidade e que nenhum desses métodos deve ser tentado em casa.

Confira:

1. Limões

Dizem que a acidez dos limões é espermicida – mata os espermatozóides. As mulheres da antiguidade costumavam ensopar esponjas em suco de limão e depois inseri-las na vagina. O método é mencionado no Talmud e era o “preferido” em comunidades judaicas antigas. Dizem que o famoso Casanova usava casca de limão como uma espécie de diafragma em suas amantes. Também se usavam “banhos” de limão após o coito – mas esse método é menos eficiente, já que o esperma pode demorar pouquíssimo tempo para chegar ao seu “destino”.

2. Renda da rainha

A erva conhecida como “Renda da Rainha” ou, sugestivamente, cenoura selvagem, produz sementes que, há muito tempo, foram usadas como anticoncepcionais. Hipócrates descreveu seu uso há dois milênios atrás. Basicamente, as sementes bloqueiam a síntese de progesterona, funcionando como uma espécie de pílula do dia seguinte, que podem ser ingeridas até 8 horas após o contato com o esperma. Ingerir as sementes não produzia quase nenhum efeito colateral (apenas uma leve prisão de ventre) e moças que fizessem o uso dela poderiam conceber filhos saudáveis posteriormente.

3. Poejo

Uma planta do mesmo gênero da menta, os antigos gregos e romanos temperavam seus alimentos e seu vinho com ela. O chá de poejo induzia o aborto e a menstruação. Ingerir muito do chá, no entanto, pode ser tóxico, levando à falência múltipla dos órgãos.

4. Cohosh azul

Essa planta foi usada pelos americanos nativos como forma de controle de natalidade. Ela contém pelo menos duas substâncias que induzem o aborto, que causam contrações uterinas. Parteiras também usavam a substância no último mês de gravidez das clientes para “prepará-las” para o parto.

5. Dong Quai

Também conhecida como Angélica Chinesa, a erva é conhecida há muito tempo pelos seus efeitos no ciclo menstrual das mulheres. As moças bebiam o chá das raízes da planta para aliviar cólicas e regular o ciclo menstrual. Se tomado durante a gravidez, no entanto, causa contração do útero e aborto.

6. Arruda

A arruda que você usa para afastar mau-olhado no seu jardim foi descrita por Sorannus, um médico grego do século II como abortificante. Moças em diversas regiões da América Latina comiam verdadeiras saladas de Arruda para prevenir a gravidez e, quando queriam induzir um aborto, tomavam chá da planta.

7. Algodão

Acreditava-se que passar uma pasta de acácia e casca de árvores em um tufo de algodão e usá-lo como pessário, inserido dentro da vagina, impedia a gravidez. Tanto o algodão como a acácia têm propriedades espermicidas. A acácia fermenta e se transforma em ácido lático, enquanto o algodão servia de barreira entre o sêmen e o útero. Durante os tempos de escravidão, as escravas mastigavam raízes de algodão para prevenir a gravidez. A raiz de algodão contém a produção de progesterona – um hormônio que é necessário para a gravidez.

8. Mamão

Na parte sul da Ásia o mamão ainda verde, não maduro, era usado para prevenir a gravidez ou para induzir um aborto. As próprias sementes do mamão podem ser usadas como um “anticoncepcional masculino”. Se você comer sementes todos os dias, a contagem de espermatozóides no sêmen pode chegar a zero. E, se você para de comer as sementes, a produção de espermatozóides volta ao normal.

9. Sílfio

O sílfio é uma planta da família do funcho que cresce nas praias da Líbia. Ela era tão importante para a economia da região que aparecia gravada nas moedas. Se sua tintura fosse tomada pelo menos uma vez ao mês ela funcionava como método contraceptivo. Também poderia ser usada como método abortivo, sendo aplicada oralmente ou através da vagina. No entanto, no século II d.C, a planta foi extinta completamente extinta por causa da coleta.

10. Mercúrio

Várias civilizações, incluindo Romanos, Gregos e Egípcios eram fascinadas por mercúrio e o usavam para tratar tudo – desde uma alergia à sífilis. Na China antiga, as moças bebiam mercúrio para prevenir a gravidez. No entanto, hoje sabemos que o Mercúrio é extremamente tóxico, causando problemas de rins, nos pulmões e no cérebro, sendo um caminho certo para a morte. Se você chegar a esse ponto, estar grávida ou não é a menor das suas preocupações. [Listverse]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,00 de 5)

37 comentários

  • Pat:

    Estes métodos previnem a gravidez , mais nao garante proteção contra DSTs, eai como fica.
    Nao engravido, mais posso pegar HIV, HPV ou sei lá mais o que.

  • Jhon:

    Caro Altevir,
    Caso vc não saiba, seria incorreto dizer “fazem dois mil anos”, pois o verbo “fazer”, neste caso, não varia em número. Qualquer gramática ensina isso.

  • Altevir:

    Prezados,

    2. Renda da Rainha – “há dois milênios atrás” está errado. O verbo haver tem o sentido de “faz”, portando …

    • Bruno da Silva:

      Negativo. O verbo Haver neste caso é impessoal, então ele permanece no singular. Ou você imaginar um plural para esse caso?

  • Marcelo Fernandes:

    Fiquei em dúvidas com as fotos da arruda, que é muito diferente da que eu conheço desde criança, peço confirmação e retificação da foto de acordo com o fato….

  • Daia:

    Ai meu Deus imagina depois do rala e rola ficar la espremendo limão que nojo…e que dor..afff
    Ai prefiro o Anticoncpcional mesmo rsss

  • CristianoR:

    resposta para o Wilson…….esqueceu que eles tinham uma câmera digital????? kkkkkkkkkkkkkk

  • Welington Luis de Sousa:

    Me parece que a medicina atual ainda conhece pouco sobre as propriedades naturais das plantas, em especial nesta área de abortivos ou contraceptivos.

  • fran:

    Isso não é prevenção, isso é aborto! Tomar esses negocios não impedia de engravidar, mas sim de abortar , que horror!

    • Luciano Corcelli:

      nem todos são abortivos!!!!!

  • SENAM:

    Pesquisem, já em 196… foi publicada uma matéria dando conta que nossos irmãos índios..os donos do BRASIL, de quem as terras foram tomadas na marra.. tinham e usam até hoje um chá que é anti-concepcional com validade para 2 anos e outro com validade para 5 anos, este porém tem um antídoto se a índia quiser engravidar. Aliás vocês já notaram que os índios tem poucos filhos e não usam camisinha.

    • Rodrigo Bertotti:

      Você pode me passar essa matéria?

  • clarice:

    ainda bem que inventaram os contraceptivos..

  • gabriel suster:

    na verdade metanol e benzeno sao usados pra extrair a substancia, mas o mesmo pode ser feito usado co2 e agua no estado super-critico o qual seria o mesmo metodo para se extrair a cafeina do cafe e fazer cafe descafeinado, no caso d concentraçao seria dificil é ter sementes suficiente pra conseguir a dosagem mas ao mesmo tempo se pode pesquisar um equivalente sintetico para tal

  • Filippe:

    Ok, então admito que o mamão pode conter tais substâncias, realmente não tinha conhecimento disso. Mas segundo o artigo eles precisaram extrair as substâncias e concentrá-las(ao que parece, metanol, que é tóxico, e benzeno), ou seja, não há como ocorrer o cessamento da produção de gametas apenas comendo uma fruta 😉

  • Professor Sabe Tudo:

    Tem também a maneira da mulher usar tamancos novos, não engravida. Mas não pode cortar a cordinha que vem amarrado os tamancos, no ato usa-se os tamancos e as pernas ficam juntinha.

  • Peter Limer:

    Só como mamão maduro.Mulherada que se cuidem

    • Luciano Corcelli:

      semente de mamão, parece que vcs não lêem direito!

  • gabriel suster:

    caro felippe apesar de parecer estranho as sementes de mamao possuem sim efeitos farmacologicos constatados na reduçao da motilidade do espermatozoide sem alterar a produçao de testosterona como pode ser constatado nestes artigos cientificos

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19914367

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18097528

  • R.:

    Sem dúvida a 2 é muito melhor.

  • Augusto Nogueira Cavalcante:

    Quando o casal quer só fazer de conta,que que está fazendo
    menino, o melhor método é a famosa camisinha, que aliás, quebrou um paradigma de que dois corpos não ocupam o mesmo espaço.
    Mas CHICO ANÍZIO disse que é bom suco de laranja, ao invés de!

  • wilson:

    SE A PLANTA SÍLFIO FOI EXTINTA NO SECULO II DC COMO ESTA FOTO FOI PARAR NESTE SITE ????

  • claudemir da silva:

    esse metódo do limão é interesante pq no tempo de meus pais ele se colocava na cabeça do pênis quandoia pra zona era para saber se a mulher tinha alguma enfermidade se na relação a mulher diverse minha ardência ela estava com doença venéria. mas para matar esperma talvez não mate

  • Filippe:

    Gente… por favor… a do mamão é simplesmente ridícula… o mamão não tem nenhuma propriedade química que afete a hipófise a ponto de parar, ou mesmo diminuir a espermatogênese, por favor…
    .
    Salvo o mercúrio, não achei nada muito bizarro, mas gostei muito da matéria.

    • Luciano Corcelli:

      semente de mamão!!! não é a fruta

  • vanilda:

    A sete é interessante.Mas com certeza deveria ter uma cordinha pra puxar o algodao de dentro né.Será que as sementes do mamao funciona? mulheres da antiguidade ,bem espertas.

  • Raquel:

    E pensar que hoje muita gente não usa camisinha que é tão mais simples…

  • Manuel Bravo:

    Ufa… ainda bem que foi inventada a “camisinha” que acho ser
    o método mais prático e seguro. Sempre associei os espermicidas ao aparecimento de seres anormais.
    Imagina que o espermicida não elimina o espermatozóide
    e transforma-o em um elemento nocivo que consegue fertilizar
    o óvulo, o que é que daí sairá? um ser anormal de certeza.

  • tatiana:

    NO SECULOS QUE ESTAMOS É UMA IGNORANCIA,USAR ESSES METODOS O MELHOR AINDA É A CAMISINHA,OU NA DUVIDA NÃO FAZA,

  • livramento:

    pense antes de fazer para não se arrepender depois- vale para tudo na vida

  • luciana:

    Abortos cladestinos continuam sendo feitos, por médicos e curiosas. Mas quem tem complicações e óbito são as mulheres de baixa renda. Uma vasectomia tem um custo baixissimo mas é dificilimo conseguir fazer pelo SUS.

  • gloria:

    Pra fazer efeito mesmo o bom é usar qualquer um destes metodos e o camisinha! Aí sim eu confio!Caso contrario eu ñ me arrisco ñ.

  • Leônidas Loureiro:

    O MELHOR PARA EVITAR FILHOS, SEM CONTRAINDICAÇÕES, É TRANSAR COM A CUNHADA: SÓ NASCEM SOBRINHOS. RSRSRS

  • Guilherme Euripedes:

    Pensei na mesma coisa sobre o mamão!!!

    Acho que vou dar uma pesquisada…Será que é fato mesmo???

    • Luciano Corcelli:

      semente de mamão!!!!

  • Joner Vonus Yantufocker:

    Sexo ja é bom, agora imagine se der uma temperadinha com limão…

  • big bang:

    Gostei da semente de mamão! rs…

Deixe seu comentário!