Os 10 cogumelos mais incríveis

Por , em 12.01.2011

Já mostramos uma boa quantidade de fungos incríveis nesse artigo, mas acreditamos que, quando se trata de cogumelos, não dá para deixar de se surpreender com estruturas e cores incríveis. Confira outros fungos impressionantes na lista abaixo. Se quiser contribuir com a nossa lista, deixe sua sugestão de cogumelo nos comentários.

1. Cogumelo – cérebro

O apelido do Gyromitra esculenta já diz tudo sobre a estrutura desse fungo. Ele aparece pela Europa e por partes dos Estados Unidos e pode chegar a 10cm de altura e 15cm de largura. Apesar de ser fatal se for ingerido cru, ele é vendido como uma iguaria em partes da Escandinávia e na Finlândia, onde vem acompanhado de instruções para preparo. É usado em omeletes e sopas. Apesar disso, pesquisas recentes apontam que seu consumo não é seguro nem quando o cogumelo é cozido.

2. O dente sangrento

Hydnellum peckii, como você pode ver, deve sua aparência peculiar às gotas de “sangue” que aparecem em sua superfície. É encontrado comumente na América do Norte, na Europa e já foi visto em partes da Ásia. O sangue é uma espécie de seiva que sai dos poros do próprio cogumelo.

3. A bola gigante

Esse cogumelo, Calvatia gigantea, é facilmente reconhecido por seu formato e por seu tamanho. Normalmente ele chega ao tamanho de uma bola de futebol, mas dificilmente é perfeitamente redondo.

4. O charuto do demônio

Esse é um dos fungos mais raros do mundo – tem a forma de uma estrela e seu nome científico é Chorioactis geaster. Ele aparece com a forma de um charuto e depois se abre e fica na forma de estrela, por isso ganhou o apelido de charuto do demônio. E, para ficar ainda mais estranho, quando está liberando esporos o fungo literalmente produz um som parecido com um assobio.

5. O rabo de peru

Trametes versicolor é o nome científico do rabo de peru, porém seu apelido é mais descritivo. Ele aparece em florestas, acoplados a árvores e sempre em grupos.

6. Cogumelo anil

O Entoloma hochstetteri é encontrado na Índia e na Nova Zelândia e eles são facilmente identificáveis por sua belíssima cor. O Entoloma não é comestível, mas não se sabe se é fatal para nós. A espécie é tão famosa na Nova Zelândia que aparece nos selos e no dinheiro do país.

7. Cogumelo barbado

Uma peruca mal-feita? Um monte de macarrão instantâneo esparramado? Nada disso, é o Hericum erinaceus! Acredite ou não, apesar de sua aparência exótica ele é comestível. Costuma aparecer na América do Norte, especialmente durante o verão, sempre acoplados em troncos.

8. Chifres de cachorro

De onde as pessoas tiraram a idéia de um chifre de cachorro nós não sabemos, afinal o formato dele é bem mais sugestivo, mas o nome científico desse cogumelo é Mutinus caninus. Aparece na Europa e na América do Norte.

9. Fungos bioluminescentes

O Mycena chlorophos aparece aqui no Brasil, assim como no Japão. Como você pode ver, ele irradia um brilho verde incrível. Normalmente aparecem na base de florestas no vale da Ribeira.

10. Amanita – o cogumelo mais famoso do mundo

Aquela imagem que todos nós temos do cogumelo, com o topo vermelho com manchinhas brancas, é o retrato do Amanita muscaria, o cogumelo mais famoso do mundo. Apesar de ser muito bonito ele é venenoso e pode provocar vício por suas propriedades psicoativas. Há várias espécies de Amanita e, apesar da mais famosa ser a vermelha, há outras com diferentes cores de “chapéu”.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votos, média: 4,40 de 5)

34 comentários

  • André Bellon:

    Pode causar vício? Imaginei nóias de cogumelo abandonando suas famílias e perambulando pelas florestas procurando fungos. O princípio ativo do Amanita é a muscarina, cujos receptores no organismo têm importante função fisiológica.

  • Thiago Skapata:

    “Eu pareço um cérebro!” Hahahah!

  • miriãn maria martins oliveira:

    um amigo fotografou uma espécie de cogumelo que se parece com uma tela muito lindo nunca tinha visto à noite exala um cheiro horrível não consigo achar nada sobre o mesmo achei uma única foto igual na internet no site panoramio mas sem nenhuma informação sobre o mesmo, grata pela atenção

    • Higor Andrade Corrêa e Silva:

      Gostaria de saber informações sobre esse cogumelo citado por você, apareceu um com essas mesmas características aqui em casa e queria saber mais a respeito!

  • taissa:

    pra min o 1 luga é o dente sangrento 2 rabo de peru 3 Fungos bioluminescentes o dente sangrnto elindo né

  • taissa:

    preferi o dente sangrento

  • Victória:

    este site e otima por q n~fala só bobagem como outros e adorei a materia super legal!o cocumelo azul,a amanita e o dente sangrento são magnificos!

  • pata podre:

    hauahauahauahaua
    o 15 e o melhor comentario

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    A vida imita a arte. Ou a arte imita a vida? No caso desses cogumelos, Deus-Pai Todo-Poderoso misturou arte e vida em deslumbrantes quadros da Natureza.

  • lonibanac:

    faltou o psilocybe cubensis: o mais amigo do “homem” x)

  • Mariobros:

    O que o douglas disse sobre o mario, tipo talvez seja pelo cogumelo alucinógeno que tudo começou XD Porque um encanador pular em tartarugas, soltar bolinhas laranjas e voar só pra matar um uma tartaruga enorme com espinhos e cara de dragão só mesmo estando alucianado xD

  • Brenda:

    São todos lindos… Mais o Anil supera!

  • Dias:

    O 2° E O 6° SÃO OS MELHORES!!

  • Renata:

    O 10 é o melhor ! *-*

  • Bernardo:

    Me mostre por favor um viciado em Amanitas Muscaria que não o Mario Bros…

    Fora isso a matéria é interessante.

  • Renê A.:

    ahA! agora a galera do cigarrinho do demonio achou alguma coisa mais forte : Charuto do demonio

    rsrsr

  • Andreya:

    Quem disse que o criador do Mário não sabia que o cogumelo é alucinógeno? No mínimo já deve ter experimentado um e sabe que a alucinação o faz crescer… assim como acontece com seu personagem. Mensagem subliminar, galera!

  • luciana:

    Deixam de ser interessantes quando resolvem nascer embaixo das unhas.

  • clarice:

    são lindos…..eita “chazinho” perigoso!!!!kkkkk

  • Douglas:

    A maioria das pessoas sempre que vê um cogumelo sente uma grande vontade de chuta-lo, mas não precisa ficar bravo com seu amigo por ele ter mandado uma bicuda num belo cogumelo pois o cara sem sarber esta comtribuindo para a disperção desse fungo, o cogumelo é apenas o “fruto” do micobionte a parte vegetativa dele, o micélio, fica imerso no substrado e quando as condições climáticas se tornam favoraveis ele volta a produzir um novo cogumelo.

    • rossicleide:

      eu achei cogumelo no tronco de uma planta da minha casa ele é branquinho será que posso comer??o que devo fazer pra saber se é comestível…

  • lucas:

    então se o amanita não é comestivel… o mario morre.
    dica:
    plante amanita atrás do seu armário

  • Pat:

    São as fotos mais interesantes que ja vi neste site!!!
    Parabens.

  • claudi:

    já conhecia o amanita e tem algumas “orelhas de pau” que se parecem com o rabo de peru, mas ainda digo: eu morro e não vejo tudo.

  • Paulo Dias:

    E o cogumelo de zebu? que os malucos fazem chá? hahaha

  • holiday:

    apesar de ter a informação que o primeiro, “congumelo cérebro” q aparece pela Europa e por partes dos Estados Unidos, apareceu um no meu jardim.
    Putzzzzzz não pode comer??? já era!

  • Manuel Bravo:

    Cada um deles tem sua utilidade, mamãe natureza sabe
    por que os criou, venenosos ou não, são lindos.

  • Deep:

    Reino Fungi…
    Essas formas de vida são interessantíssimas!
    Pra mim, em especial as q possuem a característica de bioluminescência!

    Agora, interessate mesmo é saber q essas formas de vida – por sua genética – têm mais em comum com animais do que com plantas.

  • Vianoll:

    Eu não gosto de cogumelos!

  • cybergirl:

    E o penúltimo é de Pandora

  • Felipe2:

    O ultimo é o cogumelo do Super Mário Bros 😀

  • Ale:

    Poxa, que saudade dos Smurfs!! =)

  • big bang:

    Todo cogumelo e comestivel, uns apenas uma vez…
    como diz o ventania… “Muito louco louco melo muito louco louco melo… cogumelo de zebu…”

  • Biakuia:

    O segundo parece aquelas pipocas cobertas com groselha que se vende nas pracinas ou em frente das igrejas do interior:)

Deixe seu comentário!