Robô militar poderá devorar corpos

Por , em 17.07.2009

Apesar da manchete soar como a trama de um filme de terror/ficção científica, não se engane. Duas visões do Robô Tático Energeticamente Autônomo (tradução para a sigla EATR, que em inglês corresponde a Energetically Autonomous Tactical Robot – EATR) estão sendo desenvolvidas com fundos do exército dos EUA.

Um robô movido a vapor está sendo projetado para se auto-abastecer consumindo material orgânico, de grama a mobília, ou mesmo cadáveres, segundo reportado pela Fox News.

Mas fala sério, poderia mesmo o exército americano implantar algo para fazer isso sem uma reclamação global? O robô, da Robotic Technology Inc., é chamado de Robô Tático Energeticamente Autônomo. Ele pode “encontrar, digerir e extrair energia de biomassa.”

De acordo com o site da empresa, o objetivo do EART é:

“Desenvolver e demonstrar uma plataforma robótica autônoma capaz de cumprir missões de longo alcance e resistência sem a necessidade de re-abastecimento manual ou convencional, o que, de outra forma, prejudicaria a habilidade do robô cumprir tais missões. O sistema obtém energia por meio de forrageamento – usando um comportamento biologicamente inspirado, semelhante a um organismo e coletor de energia, o que seria equivalente a comer. Ele pode encontrar, ingerir e extrair energia de biomassa no ambiente (e outras fontes de energia de base orgânica), assim como usar combustíveis convencionais ou alternativos (como gasolina, querosene, diesel, propano, carvão, óleo de cozinha e energia solar) quando apropriado.”

Cerca de 680 quilos de vegetação poderiam fornecer energia para percorrer 160 quilômetros.

A pesquisa é patrocinada pela DARPA (Agência de Projetos de Pesquisa em Defesa Avançada). [Live Science]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)

10 comentários

  • Rodrigo Paim:

    O pessoal está realmente achando que o robô vai comer gente viva…

    Nossa….

    • paulomendes127:

      É óbvio que é mais uma obra do sadismo belico saxonico (raça americana). Eles querem matar mas sem deixar provas (corpos de mulheres, crianças, velhos destroçados) para o mundo ver. Parece que aprenderam com a guerra do Iraque.

  • Edinei Júnior:

    Ah, outra coisa, como ocorreu em outros artigos, fomos iludidos aqui pelo sensacionalismo, os robôs não serão “programados para comer corpos”, mas terão essa capacidade. Tipo, se o governo dos EUA quisesse, ele faria com que seu próprio exército (humano, claro) comesse os oponentes derrotados, ão havendo assim necessidade de usar robôs para isso.

  • Marcos:

    Naaliel, hahahahaha
    Vixe, ia ser uma verdadeira carnificina, mas pelo menos, o país ficaria limpinho hehehehe …
    Abraços

  • Edinei Júnior:

    Creio que seria bem mais útil criar um robô que usasse energia atômica ou uma energia mais durável,, já que a desculpa deles é a de que os robôs precisam de uma fonte de energia que não precise ser reabastecida com a ajuda humana…

    Levando em conta que a maioria das máquinas que usam combustíveis desses tipos (gasolina, álcool, vapor, propano, carvão, bosta e pêlos de rato) não costumam realizar trabalhos de alta precisão, pelo menos ao meu ver, creio que seriam robôs bem “estúpidos” os que usariam esse método…

    Qualquer coisa, tô aqui:

    edicat_junigato@hotmail.com ^^

  • Naaliel:

    Deviam fazer robôs que devorassem políticos desonestos.

  • Rosana Miranda:

    Uau!O EXTERMINADOR DO FUTURO no PRESENTE. Imaginem comigo como ficará o meio ambiente. Eles podem comer corpos vivos?Se isso pode acontecer… parem esses DRÁCULOS. São mentes pervertidas a serviço do mal. Esse não é um momento para brincadeiras.

  • stuv:

    O quê?!!
    Isso é a Matrix!!! Mas muito mais aterrorizante, pois poderá se “alimentar dos inimigos”, e não apenas extrair sua energia…
    Acho melhor começar a usar uma roupa de chumbo, já que ele se alimenta de material orgânico…
    Mas isso ainda vai gerar muita discussão, principalmente com a ONU, porque matar milhares de soldados de outros paises PODE, mas talvez até devoralos para conseguir energia NÃO PODE!

  • JP:

    POSSA SER QUE EXISTA ESTE TAL PROJETO DE ROBO, POREM É ALGO QUE VAI CONTRA AS NORMAS E CONVENÇÕES INTERNACIONAIS.

  • Luiz Francisco Guimarães:

    Se esse robô for utilizado em guerras ele poderá “comer” os soldados inimigos mortos? Creio que sim. Teria alguma coisa nas Leis que regem as guerras, prisioneiros, feridos e mortos que poderia bloquear já essa intenção. Depois esses americanos ficam procurando armas de destruição em massa nos outros países. êta militares.

Deixe seu comentário!