Curry mata células do câncer

Por , em 5.11.2009

curry, caril
Curry, também conhecido como caril

Uma molécula encontrada em um ingrediente do caril mais conhecida pela tradução em inglês “curry”,  pode matar células cancerosas do esôfago em testes no laboratório. O estudo sugere que é possível ser desenvolvido um tratamento anticancerígeno à base da iguaria.

Os pesquisadores do Cork Cancer Research Center, na Irlanda, trataram células cancerosas esofágicas com a curcuma – um produto químico encontrada na especiaria, responsável pela cor amarela bem forte – por ela matar células cancerosas dentro de 24 horas.

As células começam a se digerir – afirma um estudo publicado no jornal britânico do câncer.

Os estudos científicos anteriores sugeriam que a curcuma pudesse suprimir os tumores e que as pessoas que consumiam uma grande porção de caril pudessem ser menos inclinadas à doença, embora a curcuma perdesse seus atributos anticancerígenos rapidamente quando ingerido.

Mas Sharon McKenna, autora do estudo irlandês, disse que seu estudo sugeriu um potencial para que os cientistas desenvolvam a curcuma como uma droga anticancerígena para tratar o câncer esofágico.

Os cânceres do esôfago matam mais de 500.000 pessoas no mundo todos os anos. Os tumores são especialmente mortais, com taxas de sobrevivência de cinco anos de apenas 12 a 31 por cento.

McKenna disse o estudo mostrou o curcumin fez com que as células cancerosas morressem “usar um sistema inesperado de mensagens para a célula.”

Normalmente, as células defeituosas morrem cometendo o suicídio programado, ou a apoptose, que ocorre quando as proteínas chamadas caspases “são ligadas” nas células, afirma a pesquisadora.

Mas estas células não mostraram nenhuma evidência do suicídio e que as capases acionadas não está comprovadamente relacionada com as células que morreram, sugerindo que a curcuma atacou as células cancerosas que usam um sistema de sinalização alternativo.

Pesquisadores americanos afirmaram em 2007 que tinham descoberto que a curcuma pode ajudar a estimular células do sistema imunológico na doença de Alzheimer. [Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

6 comentários

  • maria jona costa:

    coma açafrão e use curry(caril), porque a pimenta potencia o efeito benéfico do açafrão.a pimenta do reino que está associada na mistura do curry faz aumentar o tempo em que a curcumina ( substância que existe na curcuma/açafrão) fica no sangue e actua sobre os tumores. e se tomar 1 colher de mel com açafrão como um bocadinho de gordura( margarina ou manteiga) para que a absorção da curcumina seja feita pelo nosso organismo

  • Felipe:

    é um produto quimico sim..nao é pq é natural que nao é quimica. As pessoas têm mania de achar que nao tem química se for produzido naturalmente. As reações ocorrem, mesmo que na natureza. Continua sendo feita de átomos e moléculas. Viva a quimica!

  • Dr. Gilberto Dornelas:

    Quero fazer uma correção no estudo apresentado:

    “Os pesquisadores do Cork Cancer Research Center, na Irlanda, trataram células cancerosas esofágicas com a curcuma – um produto químico encontrada na especiaria, responsável pela cor amarela bem forte – por ela matar células cancerosas dentro de 24 horas.”

    A curcuma NÃO É UM PRODUTO QUIMICO. É uma planta e 100% natural.
    Curcuma é o nome científico do que nós conhecemos, no Brasil, com o nome de AÇAFRÃO.
    O curry é um tepero fabricado à base da curcuma que contém a curcumina é essa substância a responsável para matar as células cancerígenas. Existe aproximadamente 800 estudos científica comprovando a eficácia da curcuma e nenhum estudo científico sobre o curry que comprova sua eficácia.
    Por tanto, se queres se beneficiar da curcumina é só consumir o AÇAFRÃO (curcuma) regularmente na alimentação, melhor ainda, seria consultar um FITOTERAPEUTA que irá prescrever as cápsulas de Curcuma.
    Ontem, no Fantástico, apresentaram uma matéria semelhante ao estudo aqui apresentado.
    Fico muito preocupado ao ver um grande meio de comunicação, REDE GLOBO DE TELEVISÃO, apresentar uma matéria e incentivar o uso do CURRY que contém na sua mistura ervas cancerígenas, SE A ÚNICA SUBSTÃNCIA BENÉFICA QUE EXISTE NO CURRY É A CURCUMINA, DEVERIA, SIM, INCENTIVAR O USO DA CURCUMA (açafrão) e nunca do curry.
    Na prática Clínica eu proibo o uso do curry e prescrevo as cápsulas da curcuma e seu uso, puro, como tempero.

    Por tanto se queres um concelho não use curry e sim a curcuma pura (açafrão).

    Este é o comentário de um PÓS-GRADUADO EM NUTRIÇÃO HUMANA E SAÚDE e em FITOTERAPIA dentre outras.

    Aproveito para parabenizar os organizadores deste site, pelo espaço cedido para os comentários.

    SAÚDE É SABEDORIA !!!

  • Clement:

    Não somente câncer e Alzheimer podem ser tratados com a curcuma.
    Esta planta tem reconhecidamente ação anti-oxidante.

    Quanto às doenças crônicas em geral, ao nível individual, deve ser feita sempre uma avaliação energética específica para se saber qual a planta responde melhor ao tratamento, pois existem mais de 120 plantas para cada caso, e variável para cada situação…

    Quanto a incidência de câncer em geral, seja pelos hábitos, seja pelo estilo de vida, o fato é que a incidência vem aumentando, até por conta de fatos simples, pois tradicionalmente usávamos muito mais temperos naturais, como a curcuma, numa época em que a incidência de doenças crônicas era bem menor.

  • wilson:

    Sou um apaixonado por curry e agora vou unir o útil ao agradável e saudável!

  • Dinho Caril:

    Muito interessante a matéria pois sou um forte candidato a cancêr no esôfago já que tenho esofagite a muito tempo, então, estou indo agora no supermercado comprar curry!!!!

Comentários fechados

Os comentários deste post foram encerrados.