Futebol reduz o risco de fraturas e de quedas

Por , em 10.03.2010

Incrivelmente, uma pesquisa que analisou as habilidades físicas de atletas de futebol, mostrou que praticar o esporte reduz o risco de quedas e de fraturas – não porque as pessoas estejam expostas a menos riscos, mas sim por que os praticantes possuem maior densidade nos ossos e maior força muscular. Esses fatores reduziriam o desequilíbrio e o risco de fraturas.

Um estudo de 14 semanas em mulheres de 20 a 47 anos mostrou que a prática de futebol aumentava a resistência de sua tíbia. O treinamento de futebol nas mulheres que estavam em uma fase pré-menopausa também aumentou a quantidade de minerais em seu organismo inteiro (e isso é especialmente importante para mulheres mais velhas, que correm risco de desenvolver osteoporose).

A pesquisa nos homens mostrou que mesmo treinos de uma semana com pouco mais de uma hora já aumentam a resistência muscular e a densidade óssea.

Também foram abordados homens com mais de 60 anos que treinaram futebol durante todas suas vidas. A comparação com homens que nunca jogaram futebol frequentemente mostrou que o esporte aumentou tanto a sua resistência muscular que eles tinham até duas vezes menos quedas do que aqueles que nunca jogaram. [Science Daily, Foto]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

Deixe seu comentário!