6 coisas corriqueiras que ficam estranhas no espaço

Por , em 10.03.2011

Você já imaginou como é ir ao banheiro no espaço? Ou realizar qualquer uma de suas tarefas diárias? Confira essa lista incrível com seis fatos que acontecem todos os dias, mas que no espaço são de um jeito diferente.

1. Água fervendo

A água na Terra ferve e produz várias bolhas. No espaço apenas uma bolha gigante é produzida. A dinâmica dos fluidos é tão complexa, que cientistas não sabiam como a água fervia no espaço até 1992, quando um astronauta fez a experiência em uma nave.

2. Chamas ficam esféricas

Na Terra a chama de uma vela, por exemplo, é vertical. No espaço ela fica abaulada. É por causa da diferença de pressão – quando não há gravidade, o fogo encontra resistência igual em todas as direções, então se expande de forma esférica ao redor da sua fonte.

3. As bactérias se multiplicam mais e ficam mais perigosas

Trinta anos de experiências mostraram que as bactérias ficam mais velozes e furiosas no espaço. E. coli, por exemplo, cresce com uma velocidade duas vezes maior e a salmonela, que sofre alterações genéticas no espaço, fica três vezes mais perigosa, causando doença com freqüência maior.

4. Arrotar refrigerante é impossível

Como não há gravidade, as bolhas de bebidas como refrigerante e cerveja ficam estagnadas na garrafa ou na barriga do astronauta, sem subir. Mas não veja isso como uma coisa boa. Como as bolhas ficam dentro do sujeito, tomar refri no espaço é algo extremamente desconfortável.

5. Flores têm perfumes diferentes

As flores produzem componentes aromáticos diferentes no espaço, logo seu cheiro não é o mesmo. Isso porque os óleos essenciais produzidos pelas plantas são afetados por fatores externos, como a temperatura e a umidade. Se você quer sentir aroma espacial, compre o perfume Zen, da Shishieido, que analisou rosas criadas no espaço e replicou seu perfume.

6. As pessoas suam mais

Como não há convecção natural, a água não evapora e o calor não sai do seu corpo de forma tão fácil. Pior: o suor se acumula na sua pele e tudo vai ficando cada vez mais úmido e pegajoso.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

24 comentários

  • Navathumini:

    e como fica uma tranza? segredo da nasa? hein!

    • Murilo Mazzolo:

      Pior que não fica… pela falta de gravidade, o corpo do não consegue levar uma quantidade significativa de sangue pro Pênis do astronauta, assim ele nunca fica ereto… Segundo os astronautas a gravidade interrompe tanto na corrente sanguínea que eles sentem náuseas, dores de cabeça e tonturas diariamente por excesso de sangue…
      No minimo intrigante a falta de gravidade né?

    • Keli Alexandre:

      Tenho pena dessa cultura que faz homens quererem o tempo todo reafirmar o quanto gostam de sexo só para se sentirem especiais.

  • kaian:

    Lokomelo, no espaço do lado externo da nave é vacuo, mas não dentro, estas experiencias foram realziadas dentro da estação espacial internacional

  • claudemir da silva:

    interesante pesquisa

  • Mario:

    só besteirol vai ver que foi aquele brazuca que diga-se de passagem gastou-se milhões pra ele dar um rolé na lua(no mundo da lua) pra nada, ou foi estas as discobertas que ele fez?
    como o brasil entrou na crise se a crise daqui é eterna, e ainda dizem fomos os 1ºs a sair, tenho certza que vc acreditou nisso até agora.

    • Murilo Mazzolo:

      Cara, primeiro que o Brasil não gastou nada com a viagem do Marcos Pontes, ele não foi pra nada, ele era da equipe de manutenção da Estação Espacial Internacional. E você não tá sabendo das 9 experiências que ele realizou em nome do Brasil, é por falta de interesse dos meios de comunicação brasileira, pois teve experimentos que até os EUA elogiou. Teve experiência até sobre DNA, e muitos outros. Cara tente se informar um pouco antes de falar mau!!! Uma dica: assista a entrevista dele no programa Agora é Tarde da Band pelo youtube.

  • Don:

    LokoMello, é claro que a chama foi acendida DENTRO da nave e nao do lado de fora

  • Reynaldo Andrade:

    È interessante, meu espaço aqui, é melhor do que o de lá, e luto pelo meu espaço, e também quero meu espaço de lá de outra forma .O espaço com DEUS.

  • LoKoMeLLo:

    Corrijam-me se estiver errado, mas como pode uma chama ficar “abaulada” no espaço, pelo que saiba no espaço não ha oxigênio, então como eles acenderiam uma vela com a ausência do oxigênio!?

    • Murilo Mazzolo:

      Como você acha que eles respiram dentro da ISS??? Ou você acha que a NASA modifica o DNA dos Astronautas pra que não precisem de Oxigênio pra sobreviver?????

  • Pedro Vaz_De_Angola:

    E será que transar no espaço é + gostoso?

    • Murilo Mazzolo:

      Pior que nem da certo, pela falta de gravidade, o corpo não consegue levar quantidades significativa de sangue pro pênis… ou seja ele não fica ereto!!! então Sem sexo lá encima!! Se não me engano um casal Russo tentou isso uma vez e… já sabe né! kkk

  • serginhos:

    E fazer amorrrr ??? Só a nasa sabe!!! hehehehe

  • Renata:

    *Shiseido

  • Rudolf:

    E peidar, como fica no espaço?

  • lol:

    Ter uma diarréia no espaço deve ser muito desagradável.

  • André:

    “chama de uma vela”, no espaço ?

  • eduardo:

    Interessante mesmo… o mais intrigante é sobre as bactérias… como elas sofrem essa mutações só por estarem no espaço?

    • Jefferson Elias:

      Provavelmente devido a dois fatores:
      1- altas doses de radiação
      2 – menor concorrência com outras bactérias

  • jair pirce:

    Faltou a fonte de onde esse texto foi kibado

  • BiiaCX:

    Olhos perfumados kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Muito interessante mesmo, imagine o desconforto do número 4!! E o das flores eu não tinha nem idéia…Será que fica pior, melhor, ou só diferente? Esse “Zen” vale uma experimentada.

  • fafnir:

    Show a matéria, muito interessante, mas corrijam o item 5 onde esta escrito: “porque os olhos perfumados ” creio eu que sejam óleos.

    At,

  • Rafa Rhoads:

    Ótimo post, muito interessante mesmo! Mas acredito que aqui “Isso porque os olhos perfumados produzidos pelas plantas” você quis dizer óleos, não?

Deixe seu comentário!