8 lugares estranhos para aterrissar um avião

Por , em 30.01.2014

Não é tão espantoso que alguns pilotos tenham que fazer manobras inacreditáveis para devolver seus passageiros – e a si mesmo – em segurança à terra firme. Confira algumas loucuras que já foram feitas para chegar ao chão.

8. Aterrissagem no aeroporto errado (com uma pista muito mais curta)

8
Quando as rodas do avião de Scott Schieffer tocaram o solo de seu destino, algo não parecia certo.

O voo 4013 da Southwest Airlines que deixou o aeroporto Midway, de Chicago, nos Estados Unidos, estava originalmente programado para voar para Dallas com uma parada em Branson (BKG), no estado do Missouri. Em vez disso, a aeronave aterrissou no Taney County Airport (PLK), que fica a 8,6 quilômetros de distância de sua parada intermediária.

A pista do PLK tem cerca de metade do comprimento do BKG – 1,1 km contra 2,1 km. O piloto mais tarde disse que não percebeu que estava no aeroporto errado até aterrissar. O deslize exigiu uma travagem de emergência para fazer com que o Boeing 737-700 com 124 passageiros a bordo parasse na pista mais curta do que o esperado.

Após o desembarque no aeroporto errado, os passageiros foram levados por transporte terrestre até o aeroporto correto e, em seguida, voaram para Dallas mais tarde naquele dia em outro avião.

7. Pousar em uma estrada de Nova York

7
Logo nos primeiros dias de janeiro de 2014, um pequeno avião que estava viajando para o estado norte-americano de Connecticut fez um pouso de emergência em uma estrada interestadual de Nova York. A manobra assustou os motoristas, porém tudo ocorreu com segurança, sem ferimentos graves a qualquer pessoa a bordo ou em terra.

A aeronave, um Piper PA-28, pousou por volta das 15h20 no lado norte da autoestrada Major Deegan, no Bronx, em uma área onde a pista passa pelo Parque Van Cortlandt. Três pessoas estavam a bordo.

A polícia e os bombeiros disseram que nem o piloto nem as duas passageiras pareciam ter sido gravemente feridas. Todos foram levados para um hospital do Bronx para cuidar dos machucados.

6. Aterrissar em cima de outro avião

6

Ninguém ficou ferido no acidente no aeroporto Northwest Regional em Roanoke, no estado do Texas, em 2008, apesar de ambas aeronaves terem sido seriamente danificadas. Os relatórios sugerem que os pilotos da aeronave estavam se falando no rádio pouco antes do acidente.

Parece que ambos estavam sob a impressão de que o outro daria lugar antes de os aviões colidirem dramaticamente na pista. Com o impacto, o trem de pouso do avião que estava chegando, dirigido por um piloto estudante, acabou ficando preso na parte superior da asa do outro avião.

As hélices dos aviões foram esmagadas juntas no momento da colisão, causando danos consideráveis ​​para ambas as aeronaves.

5. Desembarque no meio de uma estrada do Alasca

5
Um piloto que fez um pouso de emergência seguro em uma rua principal na maior cidade do Alasca, Anchorage, disse que, ao observar que a aeronave tinha parado de funcionar, esperou por uma pausa no tráfego e, em seguida, desceu em direção à via coberta de neve.

De acordo com Armon Tabrizi, ele não estava imediatamente certo de onde pousar antes de decidir colocar o Cessna 172RG Cutlass no meio da Boniface Parkway em uma tarde fria de janeiro de 2014. O jovem piloto, de 27 anos, desviou de carros e sinais de trânsito e ninguém no avião ou no chão ficou ferido.

Duas outras pessoas estavam com Tabrizi na aeronave, que é de propriedade da Land and Sea Aviation, uma escola de voo com base na cidade de Merrill Field.

Os três homens a bordo discutiram a possibilidade de pousar no aeroporto Campbell Airstrip, mas temiam que o avião aitingisse árvores. Tabrizi disse que também considerou o desembarque na Base Militar Elmendorf-Richardson.

Em vez disso, ele decidiu pousar na rua depois de ver uma quebra no tráfego.

4. Desembarque em uma praia em Auckland

4
Também em janeiro deste ano, um piloto azarado de Auckland, a maior e mais populosa cidade da Nova Zelândia, teve seu quinhão de problemas depois de não só fazer um pouso de emergência em uma praia lotada, mas também se chocar com ondas arrebentando quando tentava decolar novamente.

Centenas de pessoas estavam na praia no momento, contudo o fato de que ninguém, incluindo as duas pessoas a bordo da aeronave, ficaram feridas deixaram a Autoridade de Aviação Civil impressionada com as habilidades do piloto.

O drama se desenrolou na praia Martins Bay, perto de Warkworth, quando problemas no motor atingiram o ultraleve a cerca de 3 km da costa.

Um grupo de aproximadamente 500 pessoas se reunia na praia para uma competição de construção de castelos de areia antes da aeronave deslizar sobre suas cabeças e pousar mais ao longo da costa.

3. Pousar em uma estrada em Madhya Pradesh

3
Um avião privado de quatro lugares, com apenas o piloto a bordo, fez um pouso de emergência em uma estrada do estado de Madhya Pradesh, na região central da Índia, por causa do mau tempo. Felizmente, o piloto saiu ileso. Mas o espetáculo da pequena aeronave pousando na estrada nas primeiras horas da manhã assustou motoristas e chegou a parar o tráfego.

A pequena aeronave seria um Piper PA-30 pertencente à indústria NRI Sam Verma, e estava em uma manobra regular quando foi pega por ventos fortes e forçada a pousar na rodovia de quatro pistas, a cerca de 180 km da capital estadual, Bhopal. Imagens de TV mostraram a dramática descida da aeronave no local arborizado e cheio de postes elétricos à medida que o tráfego foi induzido a parar para um pouso seguro. O avião, com a insígnia VT-EUC, pousou em segurança e a metros de distância de filas de caminhões que estavam estacionados na beira da estrada.

2. Aterrissar em uma pick-up

2
Um um vídeo que circula na internet parecia ser uma notícia sobre o pouso milagroso de um avião de passageiros. À medida que o avião desce na pista com um trem de pouso quebrado, um motorista em uma pick-up manobra o veículo logo abaixo dele para auxiliar a aeronave e impedir que haja um acidente.

O vídeo é incrível. No entanto, não foi uma verdadeira emergência, mas sim uma produzida para um anúncio de televisão da Nissan Frontier. No entanto, o feito ainda é impressionante.

1. A aterrissagem em uma velha pista de corrida

1
Também em 2014, um piloto pousou em segurança um avião no condado texano de Parker depois de perder uma hélice pleno voo. A ocorrência faria com que a maioria das pessoas entrasse em pânico, mas para o piloto de 79 anos, ficar sem aquele apoio não era problema. Jack Barnett trouxe o avião para baixo com segurança.

Barnett disse que o seu primeiro pensamento foi apenas encontrar um lugar para pousar, que não envolvesse carros ou casas. Seu alvo, então, tornou-se a pista de corrida.

Para pousar com segurança, Barnett diz que simplesmente manteve a velocidade do ar e deslizou diretamente para seu alvo. Ele machucou apenas dois dedos, e disse que o avião estava em pior situação. [Oddee]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,50 de 5)

2 comentários

  • Oliveira Robério:

    Estatisticamente falando, o avião é sim o meio de transporte mais seguro do mundo, perdendo apenas para o elevador.

    • levipt:

      Vim aos comentários para falar exatamente o que o Oliveira falou. Expressões como essa (“voar ainda não é exatamente o meio de transporte mais seguro do mundo”) me fazem crer que o “Hype” está cada vez mais enfatizado aqui neste site, em detrimento do “Science”.

Deixe seu comentário!