Como surgiu o casco da tartaruga

Por , em 10.07.2013

Entre os vertebrados, existem dois tipos de esqueleto (“endo”, interno, e “exo”, externo), e por muito tempo acreditou-se que a carapaça das tartarugas teria evoluído a partir de ambos. Contudo, estudo divulgado recentemente na revista Nature Communications mostrou a verdadeira origem do casco.

A equipe responsável observou embriões de tartarugas chinesas de casco mole, galinhas e jacarés, comparando a carapaça das primeiras com as costelas das galinhas e com os nódulos ósseos dos jacarés (logo você entenderá o porquê da escolha desses dois últimos animais). A análise revelou que grande parte do casco das tartarugas é feito de vértebras e costelas hipertrofiadas, ou seja, apenas de tecido de endoesqueleto.

Características de fósseis de antigas tartarugas Odontochelys e de répteis Sinosaurosphargis confirmam os resultados encontrados pelos pesquisadores.

“Recentemente, análises genômicas nos deram evidências de que tartarugas evoluíram a partir de répteis próximos a jacarés e dinossauros, e não de répteis primitivos, como se pensava”, explica o líder do grupo, Tatsuya Hirasawa. “Nossos resultados batem com a história evolutiva revelada por essas análises, e estamos perto de descobrir quando e como o casco da tartaruga evoluiu”.

Futuramente, a equipe pretende investigar como as aves evoluíram a partir dos dinossauros.[ScienceDaily, Nature Communications]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 4,50 de 5)

1 comentário

Deixe seu comentário!