A nebulosa Medusa

Por , em 28.10.2012

A nebulosa Medusa, vista aqui em uma foto feita por Ken Crawford, do Observatório Rancho del Sol, é uma nebulosa planetária com filamentos trançados de gás brilhante que deram a ela seu nome.

Também conhecida como Abell 21, a nebulosa tem aproximadamente 4 anos-luz de diâmetro e está a cerca de 1.500 anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação Gêmeos.

Como toda nebulosa planetária, ela representa a fase final da evolução de estrelas de pouca massa, como o nosso sol, à medida que elas se transformam de gigantes vermelhas para anãs brancas. A nebulosa é formada pelas camadas externas da estrela, expulsas por um forte vento estelar.

O brilho da nebulosa é gerado pela reação de seu gás a luz ultra-violeta emitida pela estrela, que está perto do centro da imagem de “lua crescente” brilhante. Nesta outra imagem, os filamentos podem ser vistos se espalhando claramente abaixo e à esquerda da região do crescente brilhante. [APOD]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Joaquim Guedes Batista:

    Nada poderia fazer a inteligência futura, mudar de planeta deste nosso sol, continuaria na mesma galáxia, onde poderia haver milhares de gerações até o momento da colisão, bactérias e outros elementos, destruirá sem dúvidas a vida humana. A verdade de tudo isso: viva hoje com tudo que tenha direito, sem prejudicar o seu semelhante, com ele você poderá viver melhor, um cara falou isso a 2000 anos atras,

  • José Filho:

    O ser humano continua com os pés fincado no chão materialista,
    por mais que a ciência explique, poucos chega a discutir a grande transformações que o universo sepre passou e vem passando. A tecnologia humana, pelo pouco que evolui-o, já poderia arregimentar mais pessoas pa as devidas discurções.
    As grandes fotos do huniverso, pouco pode explicar, servindo apenas a poucos e a outros uma foto de pano de fundo. Precisamos apenas meditar ou seja usar com cautela a nossa mente, que energia bastante forte e de maior alcançe.

    • José Filho:

      Desculpe-me os erros de digitação.

  • Andre Luis:

    É uma bela imagem!

Deixe seu comentário!